ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

sábado, 1 de maio de 2010

QUE PASSE A CARAVANA


( imagem google - blogdodito.com.br )
As coisas mudam.
De um momento para outro. Daqui para ali.
Hoje a caravana passa e os cães não estão nem aí.
Estou com eles. Entendo a razão deles.
A caravana às vezes passava metida, exibida.
Tudo bem, é um fato, os cães às vezes são chatos.
Mas e se eles latem apenas para pedir atenção?
Oh, caravana. Amacie seu coração.
Não se finja despercebida
Não pise nos cães só porque estão na margem
cabem todos nessa viagem... a viagem da vida.
De que adianta passar nessa velocidade
sem apreciar a beleza embutida na simplicidade?
Só tem quem a antena da sensibilidade pode ver.
Passa despercebida os olhos de quem vive a correr.
Se for assim, pra quê viver?
De que adianta um coração se não para amar?
De que adianta existir se não se pode tocar?
Sem amor tudo é inútil, fútil.
O poeta já dizia:
Quem faz barulho é carroça vazia,
eu pelo menos tenho poesia.
Com ela faço barulho silencioso aos corações.
Jogue poeira à beca,
não tenho pressa, fico com minhas emoções.
Oh, caravana. Ainda que jogue poeira em meus olhos
tenho coisas lindas a contemplar.
Por isso não crio revolta,
pois olho à minha volta
e vejo outras caravanas pra me levar.

27 comentários:

Felina Mulher disse...

Maravilhaaaaaaaa....tuas palavras me emocionam amigo, que bela poesia.Me faço a maioria dessas perguntas, pra que serve a vida senão para vive-la e de que vale um coração senão para amar....sem amor tudo é inutil, nos sentimos inutil.
Linda demais. Quero fazer um pedido.Amanhã domingo, vai ser um dia especial, por um monte de razoes especiais e terei muitas pessoas queridas reunidas comigo em uma missa em ação de graças.Posso imprimir essa tua poesia ( com teus direitos é claro) e dar à cada um deles como forma de agradecimento?

Um beijo grande e um excelente feriado.

Elaine Barnes disse...

A vida com amor é bem mais bonita.No mais é carroça vazia.Cão que ladra não morde,apenas avisa que a alguém está passando. Levanta poeira,limpe os olhos e veja melhor o caminho do amor! Adorei amigo. Muito bom e emocionante! Montão de bjs e abraços trabalhador das letras

Anita "Menina Flor" disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Everson Russo disse...

"Quem faz barulho é carroça vazia", gostei disso,,, que essa caravana passe com seus latidos,,grunidos,,,uivos de amor,,,saudades,,,chame a atenção, leve ao longe a poesia que tanto se fez prender no peito, a vida passa correndo,,,escorre entre os dedos feito agua, e que esse coração que tanto bate no peito meu amigo,,,enfim encontre o amor,,,um belo final de semana pra ti...um sabado de muita paz....abraços fraternos...ass.Clarisse....rs..rs..rs...deu pra entender quem é a Clarisse,,,ou melhor,,,se esconde nela,,,se mira nela.....rs..rs...

Pelos caminhos da vida. disse...

Bravo amigo, me surpreendeu mais uma vez, sua palavras tocam, emocionam...

Bom sabado pra vc Carlos.

beijooo.

Sandra Botelho disse...

Viver sem amar sem ser voc~e sem ser intenso, é como plantar uma arvore em solo arido eseco onde nunca chove...
Bjos achocolatados

Louise Oliveira disse...

Gostei, muito bonitinho. E esse caozinho é tao fofo. rs
Bjs! Lu

Solange Maia disse...

deixe passar mesmo Carlos... à caravana que vale nos aproximamos naturalmente, outras tantas vem e vão e nada acrescentam, só fazem barulho...

beijo grande poeta...

Majoli disse...

Ah que peninha, acabou a semana da seresta, mas que foi marcante, foi.

"Que passe a caravana", nossa que maravilha, amei este pedacinho:

De que adianta um coração se não para amar?
De que adianta existir se não se pode tocar?
Sem amor tudo é inútil, fútil.
O poeta já dizia:
Quem faz barulho é carroça vazia,
eu pelo menos tenho poesia.
Com ela faço barulho silencioso aos corações.

Esse barulho silencioso aos corações é algo indescritível, e você o faz muito bem.

Beijos meu querido amigo e uma tarde de muita paz no teu ♥

Glória Müller disse...

Oi Carlos, adorei! Gostei da sua criatividade.
Beijos
Glória

Glória Müller disse...

Ahhh amigo, a foto do cachorrinho está demaissss, eu já ia me esquecendo de comentar.rsss

Bjos

Marliborges disse...

Você é mesmo fora de série, e essas palavras então? Gente é tudo de bom.
"Por isso não crio revolta,
pois olho à minha volta
e vejo outras caravanas pra me levar."
Parabéns, poema maravilhoso!!!
bjs

Anne Lieri disse...

Carlos,uma beleza de texto!Adorei do começo ao fim!Não vale a pena se chatear com os que nos criticam,temos que viver nossa vida com amor e desprendimento!Abraços,

claudete disse...

Eita resposta elegante e de alvo certo...com poesia ficou demais!
abraços.

Amor feito Poesia disse...

Amar é uma mistura de alegria e medo;
de paz por um lado e ameaça de guerra pelo outro.
É pensar que a felicidade tem nome e endereço.
É temer não estar à altura. É sofrer tanto quanto querer.

Bruno Campel

Beijos & Flores.........Feliz Domingo!!

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Bom Dia, Carlos! Ótima e Linda postagem! Parabéns!
E, não por acaso, é o meu caso agora. Retirei o que havia publicado porque não acreditam em mim. Então, aquela postagem, em que estou suspensa vai ficar por tempo indeterminado. Estive, estou aqui. Sei que me entende.
Beijosssssssssssssss


Eu nunca guardei rebanhos,
Mas é como se os guardasse.
Minha alma é como um pastor,
Conhece o vento e o sol
E anda pela mão das Estações
A seguir e a olhar.
Toda a paz da Natureza sem gente
Vem sentar-se a meu lado.
Mas eu fico triste como um pôr de Sol
Para a nossa imaginação,
Quando esfria no fundo da planície
E se sente a noite entrada
Como uma borboleta pela janela.

Alberto Caeiro

Em o guardador de rebanhos


Felicidades
Até não sei quando.
Renata

"Cantinho Poético" disse...

“Se a Beleza sonhada é maior que a vivente,
dizei-me: não quereis ou não sabeis ser sonho?
Eu sou essa pessoa a quem o vento rasga”.

Cecília Meireles

Te desejo um Domingo de amor e paz!Beijos mil!

Paoli disse...

"Oh, caravana. Amacie seu coração.
Não se finja despercebida
Não pise nos cães só porque estão na margem
cabem todos nessa viagem... a viagem da vida.
De que adianta passar nessa velocidade"
Lindo isso!
É preciso ter sensibilidade e perceber que a vida é rara e a pressa nos impede de sentir essa essência...E a viagem da vida é tão curta e tão fugaz
que só vale vivê-la se não deixarmos escorrê-la pelas nossas mãos...

Sueli disse...

Nossa! Que lindo! Vai chegar o dia em que as caravanas sentirão falta dos cães ...Abração!

Guto Oliveira disse...

Carlos, parabéns pelos versos. Gosto da positividade de seu poema. Que bom que as coisas mudam, que existem opções (outras caravanas). Boa semana. Abs.

http://quasepoema.zip.net

Pelos caminhos da vida. disse...

Hoje à partir das 18 hrs, meu blog está concorrendo mais uma votação da Copa Blog, conto com seu voto amigo.Essa votação termina dia 05/05 e, depois aguardar a semi- final.

Meu blog é:

http://anamgs.blogspot.com

O site para a votação é esse aqui:

http://dado.pag.zip.net/

Caso não consiga acessar por aqui, o link está no final do post atual meu.

Desde já fico-lhe grata.

Uma semana de muita luz.

beijooo.

Anita "Menina Flor" disse...

Meu benzinho, suas palavras me deixam muito feliz, com você do meu lado já me sinto tranquila. Beijossssssss. Olha seu orkut kkkk, será que exagerei?? kkk

T I N I N disse...

Carlos
Simplesmente lindo , encantador, mexeu com meu coraçãozinho aqui, que tanto ama os cães.
Mesmo assim compreendi a que se refere com tanto amor, mas os cães usados como simbolismo de distancia , de insensibilidade humana , ah isto foi demais.
Carlos, voce é um poeta maravilhoso!
Beijos
T I N I N

Vida*** disse...

Em sua face caminho...entre linhas e curvas...que o tempo...graciosamente escreveu!! Nos caminhos espalho flores e folhas ao vento.Para que saibas que jamais te esqueço!!Ès a flor mais béla...brilhando com a luz do sol. Discretamente se curva ao tocar dos ventos.Qdo a brisa por fim te deixa respirar é Amor que transpira por tdos os poros. Transcendendo em suave sentimento e emoção de Agradecimento. Por tdos os momentos que compartilhamos na alegria e na tristeza. Abço carinhoso de luz.

Luciano Braz disse...

Menino, que maravilha é essa ?
Não ouso se quer opinar, apenas acompanho as passarelas com o lhar de expectador entusiasmado com a leitura.

Abraço amigo poeta. Parabéns.

Luciano

Faces de Mulher disse...

Essa caravana é especial...
São bobos os que permitem que ela passe e não percebem...
Sempre permite para mim mesmo que nunca deixaria passar nada por mim sem que eu percebesse...
Mesmo na escuridão pode-se iluminas...
Sempre vencemos...
Realmente cabem todos nesta viagem...
É um poeta que nos transmite emoções...
Uma caravana repleta de sinos que fazem barulhos despertando o amor que há em cada um...
Sou sua fã...
Sabe disso...
Uma cabeça inteligente em um amigo que nunca será vazio...
Seu encanto me encanta...
Seu lado poético deserta em nós emoções profundas...
Quem esta vazio e passa por aqui renova a alma e coração...
Poeta grandioso e humilde de coração...
Às vezes criança as vezes gente grande...
Intelectual aguçado...
Às vezes chega ser engraçado...
Nó s traz sorriso nos lábios com seus contos admiráveis...
Mineiro intenso...
Que tem orgulho de sua terra...
Assim como eu...
Frases limpas e divertidas expõem uma alma colorida...
O cinza e o preto não existem em sua vida...
Por vezes cria cores novas embelezando mais ainda o ser HUMANO que em ti habita...
Gosto-te de montão AMIGO poeta...
Uma linda semana!!!
Saudadesssssssss...
BJKS...
Chrys
;)
Sai um pouco do texto, mas escrevi a ti o que senti

Lou Alma disse...

Carlos, selo no viciadaemloucura.blogspot.com
é só ir buscar =), boa semana, beijo