ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

MEUS RECITAIS

Recitando no BAR MANACÁ- Infelizmente não existe mais
GOSTO DEMAIS DESSA FOTO
AMIGOS POETAS
Esse foi um PROJETO POESIA NA ESCOLA em 2009. Fui convidado a levar poesias para uma escola de crianças carentes. A poesia onde ela deve estar. Me eomcionei muito.


BLITZ LITERÁRIA. A gente parava pessoas nas ruas, nos semáforos, nos bares e recitava para eles. Muito divertido. Dia 14 de março de 2009. Dia Nacional da Poesia.
 


RECEBENDO A MEDALHA DE 8º LUGAR, entre poetas de mais de 70 cidades.
AGRADECENDO APLAUSOS

RECITANDO  " UM ANJO SEM ROSTO "


 Ansioso, cheguei cedo demais, ainda não havia quase ninguém.




Um comentário:

Fernanda Oliveira disse...

Nossa que legal! Eu gostaria de ir a um evento assim... Poesias sendo recitadas, deve ser algo lindo, emocionante... Espero ainda poder ter essa alegria.

Beijos de sua amiga Fernanda Oliveira