ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

sexta-feira, 30 de abril de 2010

SEMANA DA SERESTA- "MOÇA CRIANÇA "


AGEPÊ. Outro sambista romântico, cujas músicas caem bem numa seresta. Entre seus grandes sucessos destaco “Moro onde não mora ninguém”, “Deixa eu te amar”, “Menina dos cabelos longos”, “Sete domingos” ( essa é linda demais – “na semana eu criei sete domingos pra te namorar”... e ainda “Lá vem o trem”, que eu exigia nas rodas de violão( “dizem que o trem vai chegar e levar para um mundo melhor, quem merece. A passagem do trem vai ser o amor no coração, mas do jeito que esse mundo tá, muita gente vai ficar...”).
//////////////////////////////
“O disco Mistura Brasileira, que continha esta canção (Deixa eu te amar), foi o primeiro disco de samba a ultrapassar a marca de um milhão de cópias vendidas (vendeu um milhão e meio de cópias). A carreira destacou-se por um estilo mais romântico, sensual e comercial, em que fez escola.
Foi integrante da ala dos compositores da Portela, contendo um repertório eclético, composto principalmente por baião e teve no compositor Canário o mais frequente parceiro. Na sua voz tornaram-se consagradas inúmeras composições da autoria, como Menina dos cabelos longos, Cheiro de primavera, Me leva, Moça criança dentre outras”.
Fonte ( wikipédia )
///////////////////////////
Eu gostava muito do estilo sensual dele cantar e sambar, com voz lamentosa e ao mesmo tempo provocante. Minha preferida fez parte da trilha sonora da primeira versão da novela “A viagem”, original da TV Tupi, depois regravada pela Globo. Êta memória. É uma música meio triste, mas tem a ternura de uma moça criança, inocente, de trança no cabelo que ainda não largou a boneca e não descobriu o amor. Ou finge. As mulheres são danadas pra fingir isso.
Com vocês...

Moça Criança
Letra- Canário e Agepê
O seu andar tem jeito de moça criança

A sua trança negra tem fita amarela

Me amarro nela, pelo seu olhar

Me ligo no sorriso dela

Que faz a minha tristeza ter fim

Me amarro nela, pelo seu olhar

Me ligo no sorriso dela

Que faz a minha tristeza ter fim

Ai! Quem me dera se ela gostasse de mim

Eu seria seu, dando o meu melhor amor

Por toda vida milhões de alegrias teriam de ser

Diferente a gente iria viver

Mas pra quê sonhar, viver no mundo de esperança

Se ela é que nem criança, usa trança

E não quer me amar

19 comentários:

Edna Lima disse...

Muito bela sua semana de seresta.
Ganhei muitas serenatas quando morei em Governador Valadares.kkkk
Grande bj .Sua conterrânea. Edna.

Luciana P. disse...

Oi, Carlos, eu adorava o Agepê, não só pela voz dele, mas por aquele jeito moleque de se impor ao palco, sempre passando uma energia muito boa, cheia de vida. Ele era fantástico. Adorei relembrar desse cantor.

Beijos pra ti e um ótimo final de semana (bem musical, espero)

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Olá, Carlos.
Linda *moda criança*
Desejo-lhe tudo de bom a si e aos seus, porque estou saindo, adoentada.

*Se eu pudesse não ter o ser que tenho
Seria feliz aqui...
Que grande sonho
Ser quem não sabe quem é e sorri!
Mas eu sou estranho
Se em sonho me vi
Tal qual no tamanho
O que nunca vi...

Fernando Pessoa

Beijos
Renata

Ana Cristina Cattete Quevedo disse...

Cada dia, uma surpresa melhor que a outra!
Ouvia muito AGEPE, nas tardes de Raul Gil e Chacrinha!

Bons tempos!

Beijo

o mar e a brisa do prazer de aprender disse...

Obrigada pelas belas palavras. Poeta e assim canta, encanta e ama a vida.
Abraços criativos

Everson Russo disse...

Não era esse Agepe que cantava aquela musica mais ou menos assim,,,"deixa eu te amar,,,faz de conta que sou o primeiro" eu gostava dessa...achava legal,,,mas não tenho certeza....abraços amigo tenha um belissimo final de semana.

Lianara **Lia** disse...

Oi Carlos!

Que delícia recordar, e esta música é linda!!

Parabéns pela semana de seresta!

Abraços

Lia

Blog Reticências...

claudete disse...

Agepê faz falta viu? realmente você mexeu no que tem de bom no Baú da Saudade,nesta década. Abraços.

Felina Mulher disse...

Quem não sentiu saudades agora?...nossa eu adorava ouvi-lo...boas lembranças vc nos trouxe.
Um grande beijo meu amigo e um excelente feriado....apesar de ser o dia do trabalho, descanse!

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Obrigado a todos pelos gentis comentários. Boa noite a todos

Mineira... disse...

Adoro música, tenho um gosto eclético mas em se tratando de seresta entendo pouco... mas gosto muito da música "Deixa eu te Amar". Tenha um ótimo fim de semana.

Wanderley Elian Lima disse...

Está sua semana trouxe nomes que a maioria não conheceu. Valeu pela recordação. Amei
Abração

Majoli disse...

Mas não é que você acertou em cheio quando disse que eu ia gostar de sua postagem de hoje?

AMEI, eita bom gosto que esse mineiro tem meu Deus do céu.

Agepê cantava e encantava, como eu cantei e dancei as melodias dele, ah que delícia que foi esse tempo.

Estou cantarolando aqui uma das melodias dele que eu mais gosto...
"Deixa eu te amar,
Faz de conta que sou o primeiro,
Na beleza desse seu olhar
Eu quero estar o tempo inteiro..
Quero saciar a minha sede
No desejo da paixão que me
alucina...

Lindo né meu amigo?

Estás de parabéns
Com sua semana de seresta
Estou curtindo,
Curtindo a beça

rsrs

Beijos meu amigo querido.
Obrigada por nos presentear dessa forma deliciosa.

Pelos caminhos da vida. disse...

Adorei a sua semana da seresta, nos fez recordar.
Recordar é viver.
Obrigada pela partilha, por essa semana linda.

Fim de semana de muita luz, paz e amor amigo.

beijooo.

IT. disse...

Infinito amor
Agepe
Composição: Agepe, Canário e Galhardo
Ela é a lua
Que clareia lá em casa
Diz sempre
Que o amor tudo supera
Vai pra janela
Pra me ver sumir na esquina
Se faz menina
Pra cuidar da obrigação
À noite quando eu largo do trabalho
Eu tomo um trago
Penso até na formação
Me sinto como um ser realizado
Volto pra casa
Pra manter a relação
Nosso amor é tão bonito
Foi Deus quem abençoou,
Ele invade o infinito
É um sonho que ficou.

Carlos,,,que semana heim?!
Foram tantas emoções!
flash Bach de serestas,lua cheia etc.etc.

Grande abraço!

patricia disse...

qué bonito!
he disfrutado pasar a visitarte.
un beso.

♥*♥(franciete)♥*♥ disse...

Todos nós temos recordações de algo bom que passou em nossa vida, mas eu recordo sempre com mais vivacidade as amargas, talvez porque essas me marcaram no mais profundo de mim.
Tenha um lindo fim de semana amigo, beijinhos de luz e paz

Paoli disse...

Nó! Cantava muito Agepê
É bom D+ recordar...
Recordar é viver!
Beijos no seu coração.

Sueli disse...

Carlos, eu tinha todos os LP's dele. Sempre foi meu favorito no samba. Agora quero completar a coleção em CD's. Não me conformo com sua morte prematura até hoje. Adorei ver essa homenagem aqui. Amodoro AGEPÊ!!! Abração!