ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

sexta-feira, 7 de maio de 2010

QUANDO EU PENETRAR


Quando eu penetrar na sua vida de vez
vai se sentir possuída, envolvida.
em louca lucidez.
Estarei devidamente encaixado, teso,
coeso aos seus prazeres
aceso aos seus dizeres.
Vou olhar no seu olhar tão vivo
estarei com ele ativo
num tobogã de subidas e descidas
de variações de sensações.
Uma montanha russa de vibrações.
Quando eu penetrar na sua vida de vez
vamos atingir asensato é não amar.
E quando o topo da montanha russa chegar,
juntos, a gente desce... e recomeça... e faz tudo outra vez
Na mais pura lucidez... a lucidez de quem sabe gozar...
gozar a vida
fazer de quatro paredes nossa prisão preferida.
Você vai gostar,
vai ser muito bom quando eu penetrar.

22 comentários:

Felina Mulher disse...

Ah coração de menino-homem apaixonado, lendo-te senti uma invasão de amor.
Tuas palavras casaram direitinho, eu, morrendo de inveja de vocês namorados reais, vou levando e pedindo, desejando que ele, o meu amor,logo se torne efetivamente real, senão vou continuar só.
Um beijo, ou dois, né ?

jefhcardoso disse...

Oi Carlos! Venho lhe fazer um convite. Pode parecer meio pretensioso, mas é isso que tenho feito. Todos os dias eu convido algumas pessoas para lerem os meus textos. Eu escrevo é para quem lê mesmo. Bem, na verdade, primeiro eu escrevo pra mim, mas logo depois é para quem for ler. (sorrio). Assim cheguei até você e até todas as pessoas que estão fazendo do meu blog um organismo vivo e cheio de energia.

Abraço do Jefhcardoso do http://jefhcardoso.blogspot.com

JoeFather disse...

Sublime versar o amigo nos trás!

Eis que o romantismo é um dom que o amigo tem de sobra!

Abraços renovados!

Everson Russo disse...

Muito bom o duplo sentido,,,,o caminhar junto de uma vida,,,o aconchegar,,,o seguir junto,,,fazer parte,,,entrar pra ficar, possuir todos os sentidos,,,todos os sentimentos....abraços meu amigo e um belissimo final de semana pra ti...


p.s. realmente eu não tinha visto o reboluxa..rs..rs..depois que voce falou eu vi, é muita boiolagem...rs..rs...ouvi tambem o Perrella dizer no final dos jogos de quarta feira que a sala de trofeus deles chama se Sala Guarapari...só tem mineiro...rs..rs...rs...boa essa...

Pelos caminhos da vida. disse...

Desejo a Você

Desejo a você... Fruto do mato cheiro de jardim
Namoro no portão
Domingo sem chuva, segunda sem mau humor, sábado com seu amor
Filme do Carlitos
Chope com amigos
Crônica de Rubem Braga Viver sem inimigos
Filme antigo na TV
Ter uma pessoa especial e que ela goste de você
Música de Tom com letra de Chico
Frango caipira em pensão do interior
Ouvir uma palavra amável Ter uma surpresa agradável
Ver a Banda passar
Noite de lua cheia
Rever uma velha amizade
Ter fé em Deus
Não ter que ouvir a palavra não Nem nunca, nem jamais e adeus.
Rir como criança
Ouvir canto de passarinho
Sarar de resfriado
Escrever um poema de Amor que nunca será rasgado
Formar um par ideal
Tomar banho de cachoeira Pegar um bronzeado legal
Aprender uma nova canção, esperar alguém na estação
Queijo com goiabada Pôr-do-Sol na roça
Uma festa
Um violão Uma seresta
Recordar um amor antigo ter um ombro sempre amigo
Bater palmas de alegria
Uma tarde amena
Calçar um velho chinelo
Sentar numa velha poltrona
Tocar violão para alguém
Ouvir a chuva no telhado
Vinho branco
Bolero de Ravel... E muito carinho meu.

(texto da net).

beijooo.

Faces de Mulher disse...

Bom dia Carlos!!!
Quem sabe você É O CARA LEGAL!?!
Rsrsrs...
Amei o “menina Leila”...
Nossa que montanha russa de prazeres é essa meu lindo AMIGO?
Conseguiu colocar o prazer de uma forma infantilizada e totalmente gostoso de ser lido...
Você e seu poemas extra ordinários e inteligentes...
Sinto orgulho de você ser mineiro como eu...
Temos um acervo de poetas magníficos em Minas...
Não me incluo nesta frase...
Pois, sou mera aprendiz...
Um lindo fim de semana!!!
Chrys
;)

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Meu amigo Everson. Elas nos divertem sempre. Um abraço
///
Oi,Leila.Toda as as pessoas queridas de mim, eu chamo assim: menina, menino. Um jeito carinho de chamar. E você está sim entre os que escrevem muito bem. E não somos só mneiros,somos até da mesma cidade, né? Beijos
///
Oi,Ana(Pelos caminhos). Tudo que está no texto, eu gosto. Então muito obrigado. Beijão

Luciana P. disse...

Muito legal a sua poesia, e também as metáforas inseridas nela. Bom sentir as coisas assim, em versos, numa profusão de sentimentos e emoções.

Beijos pra ti!

Ótimo final de semana.

Denise disse...

Vindo colocar em pratica a campanha que lancei (rs)

enchendo você de cafunes afagos e bem querer.

grata pelo carinho e visita

Michelle Crístal disse...

Não notas que ainda te quero!
Eu te amo e pronto!
Lindos versos, que consuma o ato!

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Tenha calma amiga Felina que tudo se resolve. Beijos e obrigado pela gentileza.
///
Meu amigo Joe. Obrigadão
///
Olá´,Jeff. Passarei com prazer. Um abraço

Majoli disse...

Oi meu querido Carlos.
Sua poesia pode ser interpretada de várias formas, depende de quem as lê.

Mas é pura emoção, este tal de "Quando eu penetrar", amei por demais da conta.

Ulálá....rsrs.

Beijos com carinho meu amigo.

Fatima disse...

Cê tá danadinho heim!
Bjs.

Wanderley Elian Lima disse...

Belo poema de amor e prazer, ambos se completam plenamente.
Grande abraço

Elaine Barnes disse...

Uauhh! Que sensual heim! Gostei bastante desse aconchego com o amor,entrando em todas as frestas,penetrando em todos os espaços...Isso é amor apaixonado! Lindo! Montão de bjs e abraços

Amor feito Poesia disse...

Atrevo-me ainda,
A escrever sonhos na areia,
Sei o mar os vai levar,
Mas vai que um dia
Alguém os encontre!

Santaroza

Feliz FDS.....Beijos poéticos!!

Gilson disse...

Meu amigo, quanta animação...rs.rs..
Ficou perfeito esta mistura entre real e irreal, esse duplo sentido que faz a poesia ficar mais interessante.

Abs

Sandra Botelho disse...

Uaul!!!
belissima descrição do amor em chamas e desejos...Lindo demais.
Bjos achocolatados

claudete disse...

Belicosa, sensual e ao mesmo tempo cheia de segundas intenções, rs, imbutidas no duplo sentido. Magia pura menino beija-flor, adorei!

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Todo mundo entendeu o recadinho he he.

Faces de Mulher disse...

Sem sono...
Siga mesmo...
BJKS...
Chrys
;)

IT. disse...

As palavras "invasivas" do poeta,
é o excesso da concretização visível da ausência. Cabem aos que lêem
perceber o que de fato,já os traziam
dentro de si.
Palavras se devoram e se alimentam; nos permitindo sonhar e delirar,,, cada qual descobre o que deseja ver.
"A poesia é pra comer"

Sono ALPHA ao Poeta.