ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

sexta-feira, 2 de abril de 2010

UM DOCE EGOÍSMO


( imagem ipt.olhares.com )
EU SOU EGOÍSTA ( RAUL SEIXAS)

Se você acha que tem pouca sorte
Se lhe preocupa a doença ou a morte
Se você sente receio do inferno
Do fogo eterno, de Deus, do mal
Eu sou estrela no abismo do espaço
O que eu quero é o que eu penso e o que eu faço
Onde eu tô não há bicho papão não
Eu vou sempre avante no nada infinito
Flamejando meu rock, o meu grito
Minha espada é a guitarra na mão
Se o que você quer em sua vida é só paz
Muitas doçuras, seu nome em cartaz
E fica arretado se o açúcar demora
E você chora, você reza, você pede, implora
Enquanto eu provo sempre o vinagre e o vinho
Eu quero é ter tentação no caminho
Pois o homem é o exercício que faz
Eu sei, sei que o mais puro gosto do mel
É apenas defeito do fel
E que a guerra é produto da paz .

O que eu como a prato pleno
Bem pode ser o seu veneno
Mas como vai você saber... sem tentar?

Se você acha o que eu digo fascista
Mista, simplista ou antissocialista
Eu admito, você tá na pista ... eu sou egoísta.

Letra forte. Raul seixas gravou essa música originalmente em 75. Antes de conhecer a música eu já praticava meu doce egoísmo. Regravou, acho que em 85 já na sua fase decadente de saúde. Mesmo muito doente, reafirmando seu egoísmo, não o egoísmo material, esse é feio, e sim o amor próprio, o “faça você mesmo, seja você mesmo”. Na regravação, no final, ele cantarola um trecho de música do Bob Dylan “hey mr tambourine man the answer blowing in the wind”, afirmando ‘que a resposta está flutuando no ar ‘. Só é preciso ter a antena da sensibilidade. Embora Raul parecesse, e era mesmo, irreverente, sarcástico, de gênio difícil, chato, as pessoas que conviviam com ele dizem que tinha momentos de ternura que nem parecia o próprio. Quando se deprimia corria para a casa da mãe. Mais abaixo explico porque estou dizendo isso
Ontem eu estava no meu dia de Renato Russo. Que poeta maluco é esse que ontem fez um post falando de amor próprio e hoje fala que quase entrou em depressão? Explico. Antes quero dizer porque os blogueiros me salvaram. Me salvaram com seus comentários sempre muito cordiais e generosos. Aí pensei. “Como vou ficar deprimido com toda essa gente me lendo e tecendo só elogios ao texto, e principalmente à minha pessoa?”. Seria no mínimo incoerente e injusto para com eles. E por que quase entrei em depressão? Narcisismo é uma coisa perigosa. O personagem da mitologia se afogou de tanto que se admirou no espelho dás águas. Eu doso meu narcisismo com inteligência desde criança. É o Carlos homem manipulando o Carlos poeta. Ou seria o inverso? Reparem que todos os artistas narcisistas ou até mesmo não artistas, são pessoas quase sempre tristes, introvertidas, complicadas. Vou frisar no artista porque acho que como eu, praticam a forma doce de egoísmo. O meu egoísmo consiste nada mais em estar rodeado de pessoas, de estar sempre útil, gosto de fazer as pessoas rirem. Quero que falem de mim quando viro as costas. “Ali vai um cara bacana”. Consiste em falar de mim, adoro falar de mim, pode perguntar qualquer coisa que eu respondo. Não gosto de hipocrisia.. A hipocrisia é a mãe da mentira. E onde entra o perigo aí? Quando decepciono uma pessoa, fico muito mal e sei que não faço por querer. Apenas não atendi as expectativas daquela pessoa. As pessoas criam expectativas sobre a gente. No meu caso, algumas pensam que sou perfeito e quando veem que sou um simples mortal, a coisa desaba. E as pessoas não poupam, já repararam isso? Por isso eu digo que é perigoso, mesmo sabendo que a culpa é toda minha por fazer com que as pessoas tenham essas expectativas. Quando o praticante do doce egoísmo não atinge seus objetivos, ele se deprime. E assim, artistas narcisistas do bem, como os citados aqui, gênios em sua arte, que tentam passar sua mensagem, tentando melhorar o mundo de alguma forma e a arte é uma delas, e talvez vendo tudo na mesmice, acabam ficando melancólicos. Ambos morreram solitários. Mas não se preocupem, minha depressão passa rápido. É igual meu salário e menstruação... só dura três dias. Afinal continuo me amando. Mas ontem, se desse ia pra Vitória, para a casa de mamãe , pois quando fico assim, também preciso de colo.

Em tempo. Pensando bem, não sou tão egoísta assim. Se fosse, no caso de decepcionar alguém, eu não estava nem aí. E fiquei muito preocupado. Aproveitando... como a lua está linda!

18 comentários:

Chica disse...

Essas coisas de deprê acontecem em nossas vidas. Mas assim como chegam, se vão, não as acolhemos... Isso é bom! Eu estou sempre chutando as nuvens negras e olha, tenho uma mãe que é a própria nuvem negra e quer nublar os dias das 4 filhas. Mas, ainda resistimos e estamos fortes..Se fôssemos dar bola pra tudo, estaríamos no chão literalmente. Uma FELIZ PÁSCOA e tudo de bom...(falei do caso da minha mãe ,pra te fazer ver que tu, tens em quem te abrigar, tens uma mãe carinhosa e que dá colo...)chica

Sandra Botelho disse...

Pois é amigo, o poeta tem o poder de enganar seus leitores.
As vezes queiramos enganar a nós mesmos.
Eu sempre tive e tenho uma alto estima lá no chão. Talvez eu precise de terapia como alguns me dizem. Aprender a me gostar, a ver em mim coisas que acho bonitas. Sinceramente as vezes até tento ,mas ainda não consegui melhorar essa bendita auto estima. Ando meio baixo astral mas sei que vai passar, sempre passa. Não gosto de divulgar minha dor, sinto a dor como erva daninha, se espalha com tanta rapidez, e submete todos os outros sentimentos. Então evito falar do que sinto. E procuro me mostrar sempre bem. Prefiro chorar minha lagrimas no chuveiro, onde ninguem me ve e nem me ouve.
Enfim, somos humanos e temos direito a chorar de vez enquando. Não tenho mãe nem pai desde os 5 anos, mas te digo que sinto tanta falta de um colo pra chorar, de alguem que simplesmente me diga que tudo vai passar, que as coisas serão melhores e que me deixe desabar em seusa braços sem me cobrar nada em troca.
Desculpa o desabafo, e vc nem é psicanalista rsrsrs.
Bjos no coração e tenha dias lindos!

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Não sou psicanalista,Sandra,mas pra quê servem os ombros amigos,né? Gostei de seu desabafo. Dentro do possível deve falar sim,pra exorcizar essas mareés ruins. Beijos.Feliz páscoa
///
Lamento por você, Chica.É dose mesmo.Mas sou feliz sim por ter quem me acolher. Feliz páscoa.Beijos

Lou Alma disse...

Já desejei uma boa Páscoa? se não então desejo agora, tudo bom ;)

Lou Alma disse...

Oh Carlos que bom que passa rápido é como eu . Beijinhos de alegria dessa fã que adora o que escreve o poeta menino ( e é tão bom esse doce egoísmo, faz-nos sentir bem, e é tão bom quando somos queridos, também nos faz sentir bem =))

Solange Maia disse...

"O poeta é um fingidor.
Finge tão completamente.
Que chega a fingir que é dor.
A dor que deveras sente..."
F.Pessoa

Carlos,

Sei da tua poesia...
das tuas palavras...
e, através delas "vejo" um homem especial,, sensível, mágico... mas deve-se lembrar, que, tal qual todos nós, abriga também as suas dúvidas, as hesitações, as ausências...

somos feitos disso... dessa fusão... dessa fragilidade...

e, TUDO passa...

desejo-te ALEGRIAS !
amores !
e paz...

beijo carinhoso

IT. disse...

C arlos Soares
A amigo de fé, irmão camarada
R azão, emoção que ama e fala
L amenta, chora, clama e levanta
O brigação, dom ou gratidão
S oares sente,sofre e chora.

S urgirá sempre novos colibris
O menino "Beija-Flor" declama
A inda que renove as forças
R aríssimo! és colibri.
E stará cá, novamente a saltitar
S erenatas, poesias seu canto será.

Acróstico parece coisas de criança, mas não é, sai do coração.
Pensando bem é sim!
Pois são palavras inocentes, inspiradas do coração.

Carinhosamente,
carinhos de beija flores pra vc.

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Olá, Carlos! Adorei! Simplesmente, me identifiquei*************
Feliz Páscoa!

BEIJO ROSA, BEIJO AZUL

Théophile Gautier (1811-1872)

À mesa, noutro dia, a rede de guipura,
Qual fios brancos sobre o mármore lançados,
Do teu colo, deixando o teu primor vedado,
Mostrava sob a neve, a neve tão mais pura.

Reinavas entre nós, deslumbrante figura,
E o beijo vesperal, levemente azulado,
Como ao redor de um fruto a flor do aveludado,
No teu ombro escorria em esguias ranhuras.

Misturando-se ao jogo, a luz incandescente
Dava um beijo rosa ao beijo azul fulgente:
Como brilha ao luar um fogo alabastrino.

Pensava, em sonhos, ante o quadro esplendoroso,
Invejando o reflexo azul e o nacarino:
“Se cada qual soubesse, o quão, como é ditoso!”
Trad. da Renata Cordeiro

+ Beijos
Renata

Majoli disse...

Meu querido amigo, tens muitos ombros pra te acolher, reais e virtuais, então nada de depre, você é uma pessoa linda, forte, que sempre nos encoraja quando precisamos, então saiba que sempre estaremos aqui pro que der e vier.

Ao ler o comentário de Sandra Botelho, pôxa me vi dentro dele, é a minha cara.

Deixo beijos com carinho e sinceridade.

Ficarás bem, quero dizer, já estás bem, não é mesmo?

Fique com Deus.
Que a Ressurreição de Cristo aconteça em sua vida de forma intensa, hoje e sempre.

Gosto muito de você meu amigo.

Beijos no ♥

Pelos caminhos da vida. disse...

Já tive depressão passei por um tratamento, o que posso dizer qdo perceber que ela está querendo te pegar reuna todas as suas forças e corra dela,rs, chega até a ser hilário, mas é sério mesmo, hoje graças a Deus ela se foi e estou bem.

Feliz Páscoa amigo.

beijooo.

Elaine Barnes disse...

Li seu texto ontem e não deu pra comentar,gostei demais!Falar com espelho é um excelente exercício para a auto-estima e quando acreditamos de verdade a vida flue melhor,deslisa. Sorri.Sem auto estima é muito difícil né?!Parabéns pelo texto.
O de Hoje faz parte, dentro da felicidade também existe altos e baixos e acho que isso que faz o ser humano encantador.Saber que a responsabilidade,o compromisso com a vida e porque não a saudades de algo ou alguém nos faz mortais.Saber que somos impotentes diante das forças que nos movem...O estado depressivo é normal né?! Um colinho,sentirmos pequenos diante da imensidão também é bom,só assim podemos nos aninhar na vida tão bem representada por um colo de mãe. Feliz daquele que se ama e é amado e se reconhece com humildade de príncipe,pois é filho do Rei!Uma Feliz Páscoa e Renascimento,agradeço o carinho a ternura que me trata e a humildade com que doa sua amizade. Que Deus "Rei" nosso Pai continue te olhando e te abençoando com esse dom de levar as pessoas,a nós,a mim um sorriso ou uma lágrima,fazendo da sua poesia um elo entre o conturbado cotidiano emocional com a pureza do amor mais sagrado.
Montão de bjs e abraços de admiração por ser igual a todos nós.

Everson Russo disse...

Acho que faz parte da vida esse doce egoismo, temos mesmo que fazer, ser, sonhar, ninguem o faz por nós, existem poucos anjos no mundo pra isso e se não acreditarmos e corrermos contra o tempo,,,,,não deixamos marcada nossa historia,,,como deixou grande Raul, abraços fraternos amigo e uma pascoa cheia de paz a ti e toda sua familia.

paula barros disse...

Carlos, penso que quando nos olhamos no espelho e precisamos tantos nos ver de forma tão positiva, por vezes estamos precisando é nos ver assim. Assim li seu texto ontem, e estes altos e baixos na auto estima é normal, e no humor também, claro que é normal. Assim eu não seria normal rsrs

Que pena que não pode correr para o colo da mamãe, e ainda aproveitar os encantos do Espírito Santo.

boa páscoa, bons dias!

Ana Cristina Cattete Quevedo disse...

Carlos, faz um favor?
Vira de costas.
“Ali vai um cara bacana”

Menino, como chorei lendo esse post.
Também ando numa fase braaabas. Quero colo, quero minha mãe de volta, quero que me ame.

Quero que isso passe logo, mas ao mesmo tempo, sei que é o que preciso para crescer.
E quem disse que seria fácil, né?

Beijo

Felina Mulher disse...

Sabe carlos, eu não acho que vc tenha exagerado.s vezes escrevemos algo e não imaginamos como as pessoas que vão ler irão interpretar.Nem sempre qdo escrevemos coisas tristes,estamos tristes, mas as vezes estamos na maior depre mesmo.E isso acaba gerando conflitos.Não sei pq temos sempre que agradar. Ontem aconteceu uma coisa mt desagradável cmg na postagem.Uma pessoa leu e comentou que eu estava me achando uma "boa de cama", e não foi o caso,mesmo pq eu não tenho que me achar, foi apenas uma forma de agradecer a Ana, pelo premio recebido.Mas a pessoa insistiu com insultos à minha pessoa, e por pouco eu não deletei o post.Fiquei mal, mal mesmo....hj to aki, no mato, isolada, refletindo...em depre mesmo e sem medo nenhum em dizer isso.
Boa Sexta feira santa....beijinhos.

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Solange, e assim a gente faz poesia dessa fusão,né?Beijos. Obrigado!
///
Sim,Lou..É muito bom sim.Beijos e feliz páscoa também.
///
OI,It. Vocêe pensa rápido.Fez algo bonito rapidinho pra mim.Imaginação férttil. Obrigado.Beijos
///
Oi,Rê.Sempre me brindando com texto belo abaixo. Obrigado.Feliz páscoa
///
Estou sim, Majoli.Graças a Deus. Até esqueci de dizer. Quem tem Anita, nao fica muito tempo triste. Ela nãoo deixa. Ô ombrinho bom de deitar. Beijos e feliz páscoa com o Cristo ressuscitado
///
Que bomm, Ana. Em mim é rápido felizmente.Beijos
///
Elaine, você sempre comovente.Obrigado,amiga.Feliz páscoa no melhor sentido da palavra. Beijos
///
Valeu Everson. Seique também tem seus momentos e que também pratica o doce egoísmo. O egoismo de querer todos perto,de querer colo,apesar da timidez. Uma páscoa excelente, no melhor sentido da palavra. Um abração
///
Pois é,Paula. Deu vontade sim de ir pra lá.Minha mãe mora na Serra e uma de minhas irmãs em Camburi. Ô vontade. Obrigado pelo comentário.Beijos
///
Ana Cristina. Você sempre criativa até pra comentar. Gostei do "vira de costas". Você também é igual manteiga,né? Mas isso não é defeito,é bonito. Eu também sou. Beijão

Anne Lieri disse...

Carlos,aplausos pra vc por tão belo texto e por conseguir vencer a depressão!É muito dificil e,sei como se sente,pois tb fico péssima quando magoo alguem!Quero morrer,fico dramática comigo mesma...um horror,nem queira me ver nesses dias!No final,é bom saber que temos essa humanidade em comum,não?E todos nós,internautas,não somos virtuais,somos de carne e osso!Adorei sua autenticidade de sempre ter coragem de se colocar sem reservas!Abraços,

Impulsiva disse...

Entendi e senti cada linha que escreveste. É bom ler quando alguém fala o que nos remete a nós mesmos...
Tenho estes meus momentos e de fato o blog ajuda muito...as pessoas, o próprio ato de escrever, pôr pra fora!
Agente se cria e se recria, assim convivemos com a nossa intensidade, não é isso?

Sua sinceridade foi tão bela quanto tuas poesias.

Feliz Páscoa, beijos poeta!