ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

segunda-feira, 19 de abril de 2010

ADEUS...





! imgagem regressaami.blogs.sapo.pt )
UM ABRAÇO A TODOS. LAMENTO INFORMAR QUE ESTOU SUMINDO. POR FAVOR NÃO PERGUNTEM POR QUÊ. GOSTARIA DE PODER DIZER, EU EXPLÍCITO QUE SOU. MAS DESTA VEZ NÃO VAI DAR. FOI MUITO BOM ESTAR POR AQUI. FOI UMA GOSTOSA AVENTURA. AQUI EU BRINQUEI,CONTEI MEUS CASOS,CHOREI TAMBÉM, MOSTREI UM POUQUINHO DO QUE EU SOU NAS MINHA POESIAS. SIM SÓ UM POQUINHO, PORQUE EU SOU MUITO MAIS QUE ISSO QUE VOCÊS VIRAM. EMBORA TENHA GENTE QUE ME ACHE DE BAIXO GÊNERO, DE BAIXO NÍVEL. SENTIREI SAUDADES DE TODOS. NÃO CITAREI NOMES, PRA NÃO COMETER INJUSTIÇAS, MAS TODOS SÃO BONS AMIGOS. NADA AQUI FOI VIRTUAL, POIS SENTI O CALOR DE TODOS. DESCULPEM ALGUMA COISA, SE FALEI ALGO UM DIA QUE NÃO AGRADASSE, MAS GUARDEM NA MEMÓRIA O CARLOS DOS CONTOS. VOU DEIXAR ESTE PEQUENO TEXTO AQUI POR DOIS DIAS, PARA QUE OS AMIGOS)AS) VEJAM PARA DEPOIS EXCLUIR DEFINITIVAMENTE. FIQUEM TODOS COM DEUS. SIGO MEU CAMINHO...

34 comentários:

IT. disse...

Caríssimo!!!
CARLOS SOARES....

POR FAVOR!?
POETAS SÃO GUERREIROS...
GUERREIROS DE EMOÇÃO...
VAI PARAR DE ESCREVER
SUA HISTÓRIA?! QUE ISSO?!
POR FAVOR.
UM DIA A GENTE CHORA O OUTRO RIR.
SINCERAMENTE, CARINHOSAMENTE...

UMA LEITORA, FÃ DE CARTEIRINHA.

Edna Lima disse...

Que pena é um amigo que eu tenho dos lugares onde vivi e nasci.Mas dignidade é assim mesmo, até pra sair de cena. Grande bjs Já estou com saudades...E eu que, encontrei seu blog fazendo pesquisa. bjaummm garoto conterrâneo.Edna Campos Lima

Everson Russo disse...

Meu amigo, respeito sua opinião, sua decisão, mas acrescento apenas uma coisa, se voce está saindo por algum problema pessoal, ai tudo bem, mas se voce está deixando esse espaço por alguma opinião maldosa, alguma pessoa que só pode ter inveja, disse alguma coisa que lhe desagradou, ai não, eu tenho comigo que nossos blogs são espaços abertos as nossas ideias, e aos comentarios dos amigos, temos que respeitar a todas opinioes, sei que isso voce faz sempre, o que não se pode ter é ofensas pessoais, para atingir o escritor e não sua obra, espero de coração amigo, que repense sua decisão, seu blog, sua amizade fará muita falta, como voce disse, não somos virtuais, somos reais,,,e muito reais,,,,abraços fraternos, fique com Deus.

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Osho- Escuta.

*Meu amor é simplesmente amor - nem mais nem menos. Não posso conceber como amar menos. Eu tentei! Porém, envergonho-me de dizer-lhes que fracassei continuamente por toda a minha vida. Não fui capaz de amar menos, e nem posso amar mais. "Mais" e "menos" são palavras que não pertencem ao reino espiritual. Elas pertencem ao mundo da matéria.


A palavra "matéria" vem de uma raiz sânscrita, matra. Significa "aquilo que pode ser medido". Aquillo que pode ser medido não é o meu amor. Aquilo que não pode ser medido, aquilo que não pode ser mais ou menos, aquilo que é para você compartilhar...


Porque toda esta existência é feita da substância chamada amor. Quando você compreende sua realidade, você compreende em miniatura a realidade de toda a existência - ela é feita da matéria chamada amor. Estamos vivendo num oceano de amor, sem nos dar conta.*

Bons Dias para o amigo***********
Renata

Elaine Barnes disse...

Olá amigo! Estou afastada da net desde domigo retrasado por motivos particulares,nada a ver com os amigos blogueiros.Sentei para almoçar e resolvi dar uma olhada no painel quando vi esse seu post. Não acredito amigo!Faz isso não!É um dos melhores amigos virtuais o qual adoro e respeito como se fizesse parte da minha vida pessoal. Fiquei preocupada com saúde sabe? Você está bem?Pois tenho certeza que você não se afastaria daqui por aborrecimentos causados por poucos. Creio que isso nem aconteceu,pois, você é um dos mais queridos.Dê um tempo só. Não nos abandone,pois, sua contribuição é especial e ajuda tanta gente!O blog é um filho da gente.Se estiver com alguma raiva(não creio) deixa ela passar,se for saúde conte comigo sempre. Vou respeitar sua decisão seja ela qual for e por qual motivo for, desde que não seja por causa de poucos. As pessoas tem a importância que damos a elas.Espero não perder contato com você,nem que seja por e'mail para um "oi",afinal, amigos de verdade vão além do blog,ao menos eu o considero. Montão de bjs e abraços de afeto

Priscila disse...

seja qual for o seu caminho, que seja o da felicidade.....

rosa-branca disse...

Não se brinca com o adeus
Nem tão pouco com felicidade
Há que encarar a realidade
P'ra viver dos sonhos seus

Se adeus me está a dizer
Pense bem porque eu diria
Isso amigo é cobardia
O que nos está a fazer

Sabe bem que estamos aqui
Sempre prontos a escutá-lo
E que é sempre um regalo
O que escreveu, o que li

Por isso ó meu amigo
Não dite assim um fim
Escreva lá o artigo
Pois ser amigo é assim.

Beijos amigo

Rosane Oliveira disse...

Não posso dizer que entendo...mas posso dizer que sentirei saudade...e tb posso gritar....FICAAAAAAAAAAAA...NAO VÀ EMBORAAAAAAAAA....É CEDO DEMAIS!!!!

Porém se meu grito naão bastar pra lhe fazer ficar, então vá poeta...procure o seu caminho, encontre-se, renove-se e volte...estarei aqui a esperar-te!
Ha...leve o meu carinho pra te aquecer quando precisares....
És importante pra mim!

Ana Cristina Cattete Quevedo disse...

Só posso desejar que voce seja feliz.
Uma das pessoas mais merecedoras que conheço.

Beijo e fica bem

Ná! disse...

Só posso dizer que sentirei muitas saudades, porque como você mesmo disse, houve calor real e não virtual. Meu amigo, cada um sabe o seu momento, mas estou nuito triste com a sua partida. Só posso desejar boa sorte, e se um dia resolver voltar, estarei contigo novamente.

* Que Deus o abençoe onde esteja.

Beijos!!!

marliborges disse...

Ô Carlos, não faça isso!
Mas, se for para o teu bem, que seja feito.
Beijão e boa sorte!

Felina Mulher disse...

Olha, hj não é 1 de Abril....faz isso não vai, por favor, vc não pode sumir assim do nada. Me manda um email, por favor, eu sei que pode parecer ridículo,mas vc é importante pra mim e eu não gostaria de perder a tua amizade, tenho sonhos de te conehcer um dia menino, de conversar pessoalmente contigo e de um abraço dar e receber.
Faz isso?
distackp@hotmail.com....

Priscila Lima disse...

puxa amigo, vou sentir saudades das suas poesias... saudades desde já!
As Pérolas...
"Depois de muitas experiências vividas, Ternura sentia-se cada vez mais sensível.
Para poder se alimentar precisava abrir-se completamente. Assim os nutrientes presentes na água tornavam suas refeições um belo banquete com sabores deliciosos e sublimes.
Para um ser tão pequeno saborear era sobreviver e viver cada detalhe.
Saborear a vida.
Sentia prazer no seu delicado tato, o encanto ao mergulhar em águas refrescantes, e depois se aquecer com o calor aconchegante do sol à tardinha.
Sentir o perfume da vida com seu apuradíssimo olfato ao respirar fundo aquele ar puro que vem com a brisa da manhã.
Ouvir a Vida com som do vento soprando as árvores, o canto dos pássaros, o balanço das águas e até a incrível orquestra das baleias.
Todos os elementos da natureza podia ela sentir.
Aconteceu que num momento sublime desses ao abrir para se nutrir, engoliu junto com o alimento um corpo estranho.
(Ai, ai, ai... Já imaginou um ser tão delicado com algo rasgando, arranhando, ferindo, causando danos internos em sua estrutura?)
Mas mesmo assim, os movimentos de se abrir e fechar são necessários para sua sobrevivência, ao contrário ela poderia desfalecer.
O Criador ao ver suas lágrimas de dor, transformou-as em uma substância lustrosa chamada “Nácar”. Essa cobriu aquele pedaço de sujeira com muitas camadas, para proteger seu corpinho indefeso.
Suas cicatrizes foram transformadas em pérolas e depois expelidas.
Poderia ela deixar o tempo passar e continuar sentindo dor, mas sua opção foi outra.
Transformou todos seus dias e suas dores em camadas de amor.
Ela sofria às vezes, pois era muito sensível. Suas dores, ao ver a natureza se degenerando, sua tristeza ao saber que o ser humano não se respeitava mais era transformada em prece ao Criador.
Mesmo com tantos amigos ao redor, às vezes se sentia sozinha, sabia que tinha de enfrentar os obstáculos, superar seus desafios e erguer-se para continuar a nadar e viver.
Não podia desistir. Não na metade de seu caminho.
Seu desafio, compreender mais sentimentos, e espalhar um pouco de sua sensibilidade.
Afinal seu nome é Ternura!
Decidiu com toda sua força dar mais frutos, de si mesma e de sua força.
Um molusco aparentemente frágil, mas forte capaz de transformar seu medo em coragem pra viver..."
saudades amigo e um grande abraço!
Priscila Lima

└─── яo ♥ disse...

:(

Vai naum...

Fatima disse...

Ah Carlos!
Não vai não so!
Vou sentir tanta saudades de vc.
Bjs e que Deus abençoe sempre sua vida.
Bjs.

Carlos Soares disse...

Olá, Senhor Carlos Soares. O senhor me criou e agora diz que vai embora? E como eu faço? Quem vai me contar estorinhas do Mickey e Pateta? Quem vai brincar comigo de Peter Pan? De amigo invisível? De Debby&Loyd? Quem vai me ensinar a gostar da professora? Quem vai me ensinar a gostar de poesia? Quem vai contar os casos engraçados? E os casos de luta, de lição de vida? Quem vai me contar? Quem vai me ensinar a valorizar a infância? A mãe, o pai, os amigos? Quem vai me falar de saudade? De Deus. Quem vai continuar me dizendo que temos que ser heróis de nós mesmos? Que devemos buscar a força interior. Quem vai me ensinar a brincar de passarinho? Entender as fases da lua e das pessoas? Respeitar a natureza, os bichos? Quem vai me ensinar sobre felicidade, sobre utopia, sobre realidade? Brincar de ciranda? Quem vai me dizer que amanhã é um novo dia? E agora... como vou poder viajar na poesilândia se o senhor se for?
Pôxa, o senhor mesmo disse... “eu nunca digo adeus”. Cadê a Fênix que o senhor tinha no peito? Ah, senhor Carlos, não sou mais um menino feliz. Se o senhor não está mais aqui, eu também vou me embora, porque o senhor está me fazendo chorar e a gente não combinou isso. Parei de brincar. Adeus também.

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Obrigado a todos. Estou sem palavras, mas não forte o bastante para voltar. Fico satisfeito co mas manifestações de carinho, que não me deixam parar de chorar.mas não ligue, chorar é comigo mesmo.
///
Oi,Irlene. Você tem mesmo a aantena ligada.Gostei de sua frase, sobre o gelo da dor. Eu inverteria, poria a dor do gelo. Beijos,amiga
///
Oi,Edna. Conterrâanea.Foi a partir do seu podt sobre mineirice que postei esse sobre Dimantina e ia dedicar uma semana inteira a Minas gerais, ainda mais aproximando o dia de Tiradentes.Mas deu errado. Feliz de saber que encotnrou meu blog fazendo pesquisa. Beijos e obrigado por tudo.
///
Meu bom amigo Everso,poeta dos melhores. Como disse no email, até esperava sua força, como de fato veio. Um abração e continuie encantando a blogosfera.
///
Oi,Glória.Palavras doces como sempre. obrigado.Beijão
///
Oi,Rê. Vou sentir falta.Beijos
///
Oi, Elaine.Vendo sua foto de braços abertos, me deu até vontade de ganhar um abração agora. Não se preocupe, não é saúde, apesar que esou mesmo precisando me cuidar um pouco. Se der, um dia eu falo. É que estou muito triste, como raras vezes fico, e quando estou assim, fico irreconhecível. Beijos e saúde especialmente ao Davi
///
Oi,Pri.Obrigado.beijos
///
Oi,Rosane. Você também me é muito importante.Beijos
///
Oi,Ná.Lembrarei de você sempre.Beijos
///
Oi,Marli. Vai dar tudo certo sim.Obrigado. Beijos
///
Hummm... senti cheiro de uma rosa branca aqui. Beijos. Obrigado
///
Oi,Ana Cristina. Grnade amiga também você. Beijão, sentirei falta
///

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Oi,Felina. Quer me fazer chorar mais? Não tem nada que me faz chorar mais, do que quando alguém me diz que sou impoortante, que precisa de miinha presença.Ah,será um prazer.Peguei seu email sim. Você disse cidade de Mantena, passa aqui dentro sim, é pertinho só 136kms.Gostei dessa. Beijão. Você também é muito importante para mim.
///
Oi,Rô.Obrigado, garota.Beijos
///
Grande, Fátima. A menina que fala com Drummond. Saudades também.
///

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

OI,MENINO FELIZ.Até você veio me abraçar? Fica triste não, menino.



Claro que esse MENINO FELIZ, que assina também CARLOS SOARES, sou eu mesmo, tentando me consolar e até mesmo me cobrar umaatitude.Mas não agora. Obrigado a todos

Felina Mulher disse...

Amigooooo....sério....não sou de fazer chantagem, até respeito o que tu estás sentindo mesmo sem saber o que é, mas olha, não agora, agora eu e o Everson precisamos de ti, mas eu até do que ele. Volta pelo amor de Deus e nos dê uma força...precisamos de ti....manda quem te magoou catar coquinhos....eu prometo que se tu voltar vou aí te dar um abraço e levo o Everson comigo.Combinado?....Volta?

Pelos caminhos da vida. disse...

Nossa que triste noticia, não sei o que te levou a fazer isso, mas fica aqui um conselho(se fosse bom não daríamos e sim venderíamos),pense e repense, nada mais nada mesmo vale a pena em vc fechar esse lindo espaço.

Sentirei saudades.

Que Deus te guie.

beijooo.

♥*♥(franciete)♥*♥ disse...

Ó meu querido amigo, acabei de apanhar um soco no estômago, estou tão incrédula que nem sei se fico de boca aberta se choro, pois as lágrimas já avançaram. Um dos meus ídolos mais queridos e respeitosos, ir assim sem mais nem menos, é como se acaba-se de ficar sem chão.
Não tenho palavras para lhe pedir que não o faça, pois só o amigo sabe os seus motivos, mas acredite que fico imensamente triste pela sua partida.
E onde quer que se encontre nunca esqueça que me deu muitos momentos de alegria, ao ler seus escritos sempre com muita classe, agora só me apraz dizer. Que seja muito feliz, que os anjos o acompanhem, e aqui neste cantinho chamado Portugal, deixou uma grande amiga, sempre ao seu dispor, beijinhos de luz e paz em seu coração

Wanderley Elian Lima disse...

Isso só pode ser uma brincadeira de mau gosto. Eu até gostaria de dizer que respeito a sua decisão, mas como dizer que respeito uma coisa que não entendi? Lembra daquela frase: "Tu te tornas..."? Pois é. E agora?
Não aprendi dizer adeus, então até breve, te aguardo.
Abração

Solange Maia disse...

Carlos,

me deu uma tristeza agora, sabia ???

você foi uma das primeiras pessoas que "conheci" nessa blogosfera, eu nem bem sabia o que era um blog e você colocou uma imagem de uma rosa vermelha aí na lateral do seu blog e escreveu "amiga Solange". fiquei tão feliz... comovida, até... e achei que isso aqui era um lugar cheio de gente bacana também...


admiro sua poesia, amo-a... sinto suas palavras, elas me enriquecem, me aumentam, me alegram... não gostaria de não poder mais te ler... que triste isso...

mas, claro, respeito seu momento e desejo que seja passageiro, que seja para te fortalecer...

se precisar de uma amiga é só me escrever (eucaliptosnajanela@ig.com.br) que conversaremos...

posso ter seu e-mail ?
manter contato ?

um beijo amigo....
vá com DEUS...
luz em seu caminhar....

carinho grande,

Solange

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Obrigado,Ana.Gosto de você também.Beijos Obrigado
///
Oi,Felina. Chantagem boa essa.Poder abraçar dois amigões?
///
Oi,Franciete. Você é uma distante especial.Beijão
///
Entendi amigo, Wanderley. É isso que ainda me prende. As coisas que cativo, como este blog. Quando cativo, é porque amor,porque cuido e fica difícil deixar. Vamos ver Um abração
///
Ah,Solange. Foi memso. Logo no início. E você se lembra, hein? Que legal.gemnte bacana sim... como você.Beijos,amiga
///

Sandra Botelho disse...

Não não...
Por favor amigo não faça isso.
Não sei o que houve, mas você não pode e nem deve se podar por ninguem.
espero que não esteja fazendo isso por alguem, mas sim por vc mesmo, para dar um tempo ou mesmo por não estar tendo tempo, porque seria um pecado tanto talento guardado e não dividido conosco;Não se puna, para punir alguem, não vale a pena.
Você é realmente uma pessoa maravilhosa, um homem integro aliás um dos mais integros que conheço.
Um grande talento,Fica vai?
Não nos puna.
Será tão ruim ficar sem voc~e, sem seu talento, sua doçura.
Sem seus contos, sua alegria, sua luz.
Já lhe considero parte dos meus dias.Sempre vou ao teu blog quando me falta inspiração.
Por favor querido repense, fique...
Bjos cheios de esperança.

Louise Oliveira disse...

Que isso, vc tá brincando né? É sério?
Poxa tava adorando as fotos de Minas.
Vc é tão criativo, é lamentável, mas se tem mesmo que ir.
Tudo de bom,tá?
Se passar por Carangola, procura os Valente de Oliveira, são irmaos do meu pai.
Bjs! Lu

Majoli disse...

Ah, eu estou chorando aqui, faz isso com a gente não meu amigo querido.
Tá doendo aqui dentro do peito...ah gosto tanto de você, de ♥ pra ♥...ah nem sei o que falar mais...as lágrimas estão me impedindo de ver o teclado.

Vou sentir tanto sua falta, vai embora não meu amigo.

Como amigos também dizem eu te amo, saiba que eu te amo, como se você fosse um irmão meu.

Vou sentir tantas saudades.
Deus o proteja, ilumine seu caminho.

Vai embora não Carlos, vai não.

Aqui deixo meu e-mail, se um dia sentir vontade me escreva, me D~e notícias tuas.

majoli1805@gmail.com

Não estou acreditando no que li.
Diz que é sonho meu, diz.

Chris... ჱܓ disse...

Oi Carlos...
Fiquei muito triste com sua desisão...
Adoro ler teus posts e poemas...
Vc é um poeta e tanto!
Desejo que no seu caminho a felicidade, a paz e o amor sejam seus companheiros... e Deus vai te iluminar sempre.
Ah! E a Anita tbm...
Sejam felizes.
Obrigada por ter cruzado meu caminho... Mesmo virtual, mas nesse mundo da blogosfera tudo é muito real... a amizade, a irmandade... Dividimos tantas coisas, desabafamos... Trocamos experiências... etc.. etc...
Amigo...
Foi muito bom está com vc esse tempo, que vc leve daqui apenas as coisas boas...
Seja feliz e sempre esse menino sensível... Que escreve tão bem.
Bjos mil...

Impulsiva disse...

Eu realmente não acredito...vi no meu blog que vc tinha um novo post, o nome era "Adeus", mas pensei que fosse mais uma das suas lindas poesias e não que fosse uma despedida...

Carlos, baseada no pouco que te conheço, de tudo que leio de ti diariamente, posso afirmar que isso não combina com você!
Penso no que pode ter acontecido pra tirar as forças de uma pessoa tão linda e cheia de bons sentimentos como você...seja o que for, não deixe que isso aconteça!
Se precisa de um tempo, tudo bem, podemos entender, mas deletar o blog...dar adeus...não, isso não.

Como posso ficar sem estas lindas poesias, suas histórias, percepções, contos, tudo cheio de amor, cor, delicadeza...não Carlos, não faça isso!
Nós, que adoramos te ler, aceitamos até um breve afastamento, se for pra te fazer bem, mas que te vá pra sempre não...
Pense nisso, mas pense com carinho.
Vou torcer pra sua alma poeta falar mais alto e você sentir muita falta daqui!!!

Beijosssssssssssssss
Kenia.

Lianara **Lia** disse...

Oi Carlos!

Que pena! Fiquei triste!
Te conheço há pouco, mas vou sentir falta de ler teus lindos poemas.

Pense em quantos amigos estão aqui, demonstrando carinho e esperando que você fique!

Abraços
Lia♥

JoeFather disse...

Bom dia amigo!

Quem sou eu para dizer à alguém para não, afinal eu primo pela liberdade de cada um!

Então sei que se existem motivações que o levem a isso, não é questão de escolha, é questão de necessidade!

Mas, como aqui é o seu espaço e sempre percebi a pessoa sensível que o amigo o é, não precisa sumir, desaparecer, escafeder-se! Apareça vez em quando e dê um tostão de sua sensibilidade, continue compartilhando-se!

Deixei ultimamente de participar de alguns fórum de discussão por opinião pessoal, onde eu já não me sentia mais a vontade, mas como disse no parágrafo anterior, lá não era o meu espaço, era um espaço social!

No meu blog, por exemplo, não tem como eu deixar de existir, afinal, por mais simples que seja, é uma continuidade do que eu sou, onde como o amigo compartilho de alegrias e tristezas!

Mas, se estiver decidido, só posso lhe desejar felicidades! Afinal era isso que compartilhava conosco e creio ser uma obrigação pagar-lhe na mesma moeda!

Em todo o caso, um e-mail vez em quando? Que acha?

Voe menino beija flor, voe seguindo seu destino!
Que o vento de conduza às nuvens repletas de felicidade!

Abraços renovados! E até logo!

BANDEIRAS disse...

Querido amigo,

Vc vai ter a coragem de nos abandonar ????
Vou citar agora uma frase do pequeno príncipe : VC É RESPONSÁVEL POR AQUILO QUE CATIVA.


Lendo o teu post posterior a este, tinha que vir aqui ler para crer e deixar meu recadinho.
Por favor, não faça isso, vamos sentir sua falta. Vc é importante prá todos nós.
Carlos, não quero entrar no mérito da questão, mas muitas vezes nos sentimos assim; querendo acabar com tudo, nos disvincular das pessoas, das coisas e sumir, mas eu te digo que isso não resolve, o melhor que se tem a fazer é dividir com os amigos nossos problemas, desabafar, e vc vai perceber que não é só vc que os tem, todos temos. Afinal, estamos aqui prá isso, do que serve um blog se não para fazer amigos, mesmo que virtuais que possamos escrever nossos problemas e receber um comentário com aquela força, com ânimo, botando a gente prá cima outra vez ?
Concordo que vc pode querer dá um tempo, td bem, mas não vá embora definitivamente.

Fico aqui esperando tua volta, tá ?

Bjs !

PS : Vc é especial.

Mahria disse...

Dizem que Chico Xavier tinha em casa uma plaquinha com os dizeres: "Isso também vai passar."
Isso servia para lembrar-lo que tudo na vida passa. As coisas ruins e as boas.
Quero te dizer que, essa tristeza, ela também vai passar. (desejo que ja tenha passado)
E te lembrar que somente algo não passa nunca: O Amor de Deus!

Beijos carinhosos
Mah