ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

A BELEZA É SIMPLES


Veja que coisa linda!
Esses traços.
E essas cores? Tão bem definidas.
Como pôde alguém fazer algo tão perfeito?
Impressionante! Que profundidade!
De qualquer ângulo que se vê nos traz uma paz... a paz na forma mais simples.
Muito singelo!
Ah, que vontade de pegar!
Ponto máximo da perfeição.
Beleza irretocável!
- O que você está vendo aí nessa parede, Carlos?
Algum Picasso, algum Da Vinci?
- Não. Estou contemplando nessa parede branca
o agradável contraste... de uma joaninha.
O bichinho mais simpático da natureza.

5 comentários:

Salamandra disse...

Carlos
animal lindo e perfeito a joaninha adoro.
Passe no meu blog tem um selo para si.
Um abraço de alma
Salamandra

tossan disse...

Estar aqui presente
Sempre com palavras
Luzentes brilhantes…
Abraço

(Carlos Soares) disse...

Senhora Paula Santos.Acredito no que disse senti sinceridade nas palavras.Pode me mandar seu email?

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Tem as estrelas da manhã
alinhadas em circulo
como um farol de aviso
aos navegantes
incautos e perdidos
que me habitam ...
Se eu pudesse
mascarava-me de lua nova
(que se esconde nas tramas
nebulosas
do meu sentir)
e escarnecia das sombras
fantásticas
que me desafiam
com versos...
(Maria Flor)

Só passei para te desejar um final de semana lindo com muito amor...
Abraços

mundo azul disse...

_______________________________

...é verdade! Ela é perfeita...


Beijos de luz e um final de semana maravilhoso, meu amigo!!!

_________________________________