ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

sábado, 24 de julho de 2010

LAMENTOS NOTURNOS


Parece que tudo nessa noite está chorando.
Ela que parecia tão bela perdeu-se em lamentos.
Ouço como chora a cachoeira, o vento.
A rua.
Até a lua está vagando.
A coruja pia sei lá pra quem.
O bêbado de boca suja roga pragas também.
Eu, mas sem pragas e sem mágoas,
também solto meus lamentos noturnos
ansioso para que chegue o dia de mansinho
prefiro lutar contra conflitos diurnos
que são mais brandos
por não estar sozinho.
As buzinas, as vitrines, as esquinas
Confundem, mas me atraem, distraem
Até que chegue de novo o açoite
dos lamentos da noite
para brincar de novo de lua,
de vento e de lobo.
Um uivo sem resposta, um uivo muito bobo.

17 comentários:

Sandra Botelho disse...

A noite por ser tão sielnciosa, nos revela tantos misterios , tantos lamentos...
Lindo poema.
Bjos achocolatados

Everson Russo disse...

Muito bem definido meu amigo,,,eu tenho comigo que quando a noite cai,,,todos os sentidos se aguçam,,,a gente fica mais sensivel,,,as paredes mais proximas,,,todos os sons são mais intensos,,,inclusive o ensurdecedor som do silencio, e assim vamos construindo moradas loucas no infinito,,,da alma...abraços de otimo sabado pra ti.

Tatiana disse...

Palavras exalando dor... que seja breve essa fase!
Saudades daqui e de você!
Um beijo carinhoso

HSLO disse...

Bela imagem...adorei.
E que poema viu amigo.


abraços


Hugo

Rita Contreiras disse...

Alguns momentos se ausentam no movimento da vida para que tenhamos a noção mais justa do seu valor, porém retornam adornados da certeza do quanto nos nutrem...Vc, entretanto, faz brotar poesia de noite e de dia e nos presenteia com sua linda poesia. Grande abraço.

romantic disse...

menino que delicias os teus escritos tragos bjos do ceu pra ti!!bom domingo!

Majoli disse...

Noite, onde todos os lamentos se fazem presente, principalmente quando estamos longe da pessoa que amamos.

Já o dia, nos entorpece, nos atribula e mal temos tempo de nos entregar aos lamentos...graças a Deus.
Pois imagina só lamentos diários também...seria muito ruim.
Beijos meu amigo.

Amor feito Poesia disse...

Hoje venho agradecer seu carinho e
suas visitas carinhosas aqui no meu espaço, que sempre serão muito bem vindas.Te desejo um Domingo de alegrias e paz!

Um beijo no coração de cada um de voces... M@ria

Amor feito Poesia disse...

Hoje venho agradecer seu carinho e
suas visitas carinhosas aqui no meu espaço, que sempre serão muito bem vindas.Te desejo um Domingo de alegrias e paz!

Um beijo no coração de cada um de voces... M@ria

IT disse...

"A noite sempre tortura os namorados solitários." (Propércio)

"A noite traz nossos problemas à tona, ao invés de bani-los."
(Sêneca)

A noite expõe a nossa inquietação." (Sêneca)

Por vezes dou preferências ao clarão do amanheceres.beijos

Everson Russo disse...

Abraços fraternos meu amigo poeta,,,uma bela semana pra ti...

Sandra Botelho disse...

Passando por aqui pra te desejar um lindo domingo.
Bjos no coração!

♥.•:****-franciete-****:•.♥ disse...

Carlos meu menino amigo, adorei seus lamentos, nouturnos ou diurnos o que importa são os lamentos que saiem da nossa alma e vagueiam por os nossos horizontes.
Quantas vezes consigo ouvir os meus lamentos a me dizer vai indo e não voltes mais.
Beijinhos de muita luz e paz

Marcia disse...

Olá Carlos,
Tem um Selinho Blog de Ouro no vitrinedeprata para você.
Com carinho e votos de uma excelente semana,
Márcia

Marilu disse...

Parabéns pelo dia do escritor querido amigo.Tenha uma linda semana..Beijocas

"Cantinho Poético" disse...

Faça com que eu tenha a coragem de me enfrentar.
Faça com que eu saiba ficar com o nada e mesmo assim me sentir como se estivesse plena de tudo.
Receba em teus braços o meu pecado de pensar.”

Clarice Lispector

Feliz Semana com amor e poesia.
Beijos de coração prá coração! M@ria

PRECIOSA disse...

Lindo, seu desabafo feito em poesia
Parabéns...
Agradeço o carinho de seu comentário.
Feliz semana, em companhia do sol e da lua." COM MUITA ALEGRIA"

Abraços carinhoso