ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

domingo, 18 de julho de 2010

CANTIGA PARA NINAR POETA


Se você, como eu ( quem dera)
também quisera,
não me deixasse à espera
ia ser primavera
e não só sonhos e quimeras;
Amor deveras!
Se você quiser como eu quero, com esmero
só um pouquinho mais,
tristezas não mais...
são meras
são meras
são meras.
Se você quiser como eu peço,
nada mais eu peço.
Quem dera...
quem dera...
quem dera...

13 comentários:

Edna Lima disse...

...Quem dera !!!Um belo domingo conterrâneo; Bjs Edna

Rosa dos Ventos disse...

Há-de querer! :-))

Abraço

IT disse...

Cantiga
de poeta
é o estado
em que
as notas
dançam
reverenciam
seu criador
Ele,O POETA!

Cantiga de poeta
melodia suave que
dorme no coração.

Estou a ouvi a mesma cantiga!

Beijos

Everson Russo disse...

Lindo,,,bem encaixadinho, fica assim suave, forte,,,preenche a alma,,,do poeta,,,e dos que não são poetas...abraços amigo,,,otima semana pra ti,,,e vamos salvar a Perola...rs..rs...nem que seja no fundo do mar....

Eduardo Medeiros disse...

Oi Carlos, tudo bem?

Muito boa essa "canção de ninar".

Bom domingo e um forte abraço

Wanderley Elian Lima disse...

Espera...
Espera...
Espera...
Ela ainda chegará.
Abração

VALVESTA disse...

Quando estou assim, navego em sonhos, por mar de fantasia, onde encontro alento no embalo sereno dum mar de carinho.... em sonhos, com cantigas de gaivotas,,, eu sonho. beijos amigo

garoto cientista disse...

Singelo poema. Uma ótima semana.

Sonia Schmorantz disse...

É uma doce cantiga...
abraço, linda semana

romantic disse...

oi menino lindo poema quem dera tristezas jamisnão é mesmo,vim lhe desejar um belo começo de semana!

Majoli disse...

Que a doce Anita cante docemente essa cantiga pra você menino beija-flor.

Você merece.
Beijos no teu coração meu amigo.
Sumiu de novo do meu blog hein?....grrrrrrrrrrrrr...rsrs

claudete disse...

" Quem dera, quem dera, quem dera...Tristezas sempre meras".Desejo sutil e insinuante, espero que se concretize. Abraços, poeta!

legalmente loira... disse...

querido carlos,
quem dera!!! eu fosse tão rapida como você as coisas por aqui camimham rapidamente e lindamente.
otima semana com bjos.