ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Madrugadas

Quantas vezes vaguei como pirilampo,como bêbado sem rumo.Como vagalume oscilante.Ainda vagueio, mas fiz da insônia minha melhor amiga.Extraí dela muitas poesias. O amor? Sei lá,de mim nunca saiu. Que pena que a cidade dorme e não pode ver que eu tenho muito a oferecer.

12 comentários:

Mai disse...

O mais importante talvez seja, tu perceberes o que tens a oferecer e, efetivamente ofereças.
Então talvez, haja cidades bastantes a te acolher, receber e doar a ti, tudo que tu oferecres de ti.
Não sei, mas foi isto que teu texto me fez pensar.

Abraços, amigo.
Esteja bem.

(Carlos Soares) disse...

Obrigado Mai.Sábias palavras. Buscarei cidades e pessoas.Buscarei sempre cidades e pessoas.beijos

Anita "Menina-Flor-Mulher" disse...

Você está buscando pessoas? Que maravilha, vamos buscar juntos então.

Bjs.

(Carlos Soares) disse...

Anita,meu amor.Vai faltar você lá com certeza,mas estará sim em meu pensamento.Sempre está.Sobre buscar pessoas,é claro, né amor.Gosto de gente à minha volta e que bom que você vem comigon essa busca.Beijos ,musa.

*Adriana* disse...

Olá, poeta! Sabe, notei que os poetas e poetisas adoram escrever à noite. Benza Deus!! Eu como leitora agradeço as inspirações publicadas.

abçs
Adriana

(Carlos Soares) disse...

Sim,Adriana.Quase sempee são mesmo à noite.Saudades de você aqui.beijos beijos beijos

Maria Emília disse...

Que bom quando se consegue ver o outro lado de qualquer coisa e tirar partido disso. Toda e qualquer situação tem dois lados. Quando não está dando num é melhor dar a volta e espreitar o que está por detrás.
Um abraço,
Maria Emília

(Carlos Soares) disse...

SIm,Maria Emília.É preciso ser alternativo.beijos beijos beijos

HSLO disse...

Gostei da sua reflexão...viu.
Parabéns.

Abraços


Hugo
Nosso-Cotidiano

Fatima disse...

Eu tb tenho insônia e como não tenho talento de poetisa, aproveito as horas para ler meus livros.
Bjs querido.

BANDEIRA disse...

Amigo,

Antes lutava contra a insônia que me consumia e nada fazia, de tanto lutar acordava mais cansada ainda.
Qdo descobri que poderia usa-la a meu favor, foi maravilhoso. Hoje, as coisas importantes deixo para fazer ou resolver e até mesmo refletir nas madrugadas.
E uma delas é escrever.

Grande beijo prá ti e outro em Anita.

Anita "Menina-Flor-Mulher" disse...

Concordo com vc Fátima, tbm não tenho talento para poesia e nada melhor do que uma boa leitura.

Carlos amado, beijos, beijos e beijos.