ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

BEM QUERER


( imagem google)
Bem-me-quer, mal-me-quer.
Bem-me-quer...quero agora.
Mal-me-quer... jogo fora.
Quem de nós
quando criança nunca brincou
na esperança que ficasse
a pétala do bem querer?
Quem de nós ainda não brinca
mesmo depois de crescer?
E fica o mesmo temor...
torcendo para ficar a pétala do amor.

Fecho os olhos quando me diz:
-Bem te vi, bem te quis.
Bem me quer, bem me fez, me faz... bem feliz.
Bem me viu, bem me vê.
Fui feliz no jogo dessa vez.
Entre as pétalas do amor
eu escolhi você.

15 comentários:

BANDEIRA disse...

Oi Carlos,

Gostosas brincadeirinhas essas não ?

Qta saudade !

Grande beijo e obrigada pela visita.

Wanderley Elian Lima disse...

Só uma coisa a dizer: lindo, lindo lindo.
Abração

Ivana disse...

Oi Carlos, vim agradecer sua visita e coment lá no Jámêvú. Se tu podes me seguir? Claro que sim! E fico honrada com isso!
Um beijo grande!

Deusa Odoyá disse...

Olá meu lindo amigo.
Voltei a ser criança de novo.
Eu brincava muito de mal me quer ou bem mequer.
Valeu...
Uma smana de benção e paz.
Beijinhos doces, meu anjo amigo.
Obrigado por sua visita ao meu cantinho.
Regina Coeli.

Sonia Schmorantz disse...

É mesmo um poema digno de BIS!
Abraço

EDUARDO POISL disse...

Não tem quem não brincou, me fez voltar no tempo agora, sorte tua que è feliz com a pétala do amor.
Abraços

Fatima disse...

Coisa mais bonitinha gente!
Bjs.

Majoli disse...

Ah como tudo isso é lindo, fico tão feliz de ver um amor tão lindo assim.
Deus abençoe você meu amigo e a Anita.
Beijos mil pros dois.

Everson Russo disse...

Lá vem voce de novo me levando a nostalgia..rs..rs...hoje me trouxe na memoria uma pequena flor que tinha num jardim, ou melhor, menos né? rs..rs..um pequeno canteirozinho...rs..rs..acho que melhorou, em casa, tinha uma florzinha vermelha, mais ou menos 5 ou 6 petalas, e eu sempre fazia isso, minha mãe ficava brava, que eu estragava tudo...rs..rs...e o pior, acho que a gente é fadado ao mal me quer...sempre dava isso, claro que na inocencia da epoca eu nem me tocava que se fosse impar, era so começar com o bem que tambem terminaria com ele...rs..rs..,enfim, todos passamos por essa fase...abraços fortes e um belo dia pra ti...com muito bem me quer....

Anne Lieri disse...

Carlos,que bela e saudosa sua poesia nessa brincadeira de criança que fica por toda vida!Mais que lindo o seu bem querer!Abraços,

Faces de Mulher disse...

Meu amigo (a)
Bom dia!!!
Abri um blog Chamado “MIRAGEM” para uma interação entre nós...
E para comemorar meu aniversário que será dia 27/09...
Vou postar neste blog minhas montagens e textos e poesias de pessoas como você que tenho no meu coração...
Estou passando meu e-mail bayer.pina@gmail.com para enviarem para mim suas criações literárias...
As primeiras postagens farão com o tema do nome do blog que é “MIRAGEM”
Quero assistir sempre vocês comigo...
Tenho um carinho por cada um de vocês...
BJKS...
Chrys
;)

“Espero vocês lá juntinho comigo”

Endereço do blog (http://chrystinabayer.blogspot.com)

Quintal das Rosas Decorações disse...

Oi Carlos, que lindo adoro vir aqui, sensação de felicidade mesmo... esta brincadeirinha de criança nossa fiz muito, e ler tal poesia me deixou encantada...

bjs
Mônica

(Carlos Soares) disse...

Amigos,desculpem-me. Andei meio apertado hoje,cuidando da viagem e outras coisitas. Nem pude fazer muitas visitas hoje. Vou responder a todos num só comentário. Vi que consegui remeter todos à infância.Que bom que essa gente adulta ainda brinca. Agradeço a todos sem exceção. Pois é,Everson, eu não sabia disso até hoje. Eu ficava com raiva,tinha dia que nem brincava pra não cair no mal-me-quer. Coisas de criança mesmo.
A todos,digo que na vida adulta também é assim. As escolhas são difíceis, principalmente quando se trata de amor.Mas nunca deixei de tentar. Abraços a todos

GUILHERME PIÃO disse...

Brincadeira legal...só que na pratica, mesmo ficando a petala de Bem me quer...para mim só aparecia o cabo cheio de espinhos....ehehe
Abraços

CARLA FABIANE... disse...

OLÁ POETA!
LINDO E INSPIRADOR TRABALHO!
UMA BOA NOITE PARA TI E ATÉ BREVE!