ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

terça-feira, 8 de setembro de 2009

DIAS DE NARCISO


( imagem google)
“Carlos, sai da frente desse espelho”. “Ele fica mais no espelho do banheiro do que nós, mulheres”. “Devia ter um banheiro só para ele”. Eram minhas irmãs dando bronca e eu levava na boa, brincando. “Espelho meu. Nesse reino encantado chamado planeta Terra, existe alguém mais lindo do que eu?”. Eu mesmo mudava a voz como se fosse o espelho respondendo. “Não, mestre. Em todo o planeta, és o mais lindo dos lindos”. Elas sempre riam. Brigavam, mas não brigavam muito não. Sempre uma dizia. “Esse é um narcisista sem conserto”.
Mas muito mais que arrumando o cabelo, eu estava conversando com o espelho. Nele eu me aconselhava, me cobrava atitudes, brigava comigo. Frente ao espelho eu me dizia coisas de autoestima. “Você é muito importante”. “Não há tempo para lamentações, nem de euforia. Novas batalhas batem à porta”. “ Nunca chore na frente do inimigo, só na frente dos amigos”. “Edificar homens, não monumentos. Assim terá ombros para encostar a cabeça e não paredes”. Frente ao espelho aprendi a praticar o narcisismo do bem. A exaltação do EU, sem ser egoísta. Aprendi a praticar “EU SOU”. “EU SEI”. “EU VOU”. “EU POSSO”. Aprendi que cada um sendo forte, o conjunto é mais forte. Que elos separados, são apenas elos separados, sem utilidade, mas elos unidos formam uma corrente.Aprendi a ser humilde, não humilhado. Tudo isso com o domínio desse EU.
O tempo passa e os caminhos das pessoas vão se definindo, se resolvendo e um dia me vi sozinho em quartos de pensão. Sinceramente, acho que não estava preparado para tal. Um gigante com instantes de menino... ou um menino com instantes de gigante? Acho que a segunda opção. Era como se tivesse perdido o cordão umbilical pela segunda vez , porque se eu era uma espécie de líder para aquela gente, eu também precisava deles. Era uma coisa recíproca e acho que não sabiam. Talvez porque eu passava uma imagem de forte para eles. Tinha que ser. E nesse quarto de pensão, frente a um espelho tão pequeno onde via praticamente apenas meus olhos, desejei ouvir alguém dizendo. “Carlos, larga esse espelho”. E dessa vez eu estava mesmo apenas arrumando o cabelo. Não havia ninguém ali pra eu brincar de Narciso. Senti um pouco de saudade e solidão. Mentalizei todos juntos, como era no passado recente, pensando. “Que bom que os caminhos deles estejam resolvidos”. Felizmente tenho uma mágica de estalar os dedos, mudo de instante rapidinho, e não me permiti ficar triste. Dei uma última olhada no espelho e disse. “Agora é a sua vez”. E fui trabalhar feliz. Feliz numa sensação de dever cumprido. No dia seguinte, minha irmã ligou para meu trabalho. “Sonhei com você ontem..Você estava tão bonito na frente do espelho”. Brinquei. “Ora, você me ligou apenas para dizer o que eu já sei? Que sou bonito?”. Ela riu. “Ah, não mudou nada. Agora fiquei aliviada. Se está brincando, é porque está bem. Porque fiquei preocupada com você. Você é minha referência”. Mais uma vez tive que parecer forte.
E assim as coisas foram caindo no meu colo até mesmo sem eu pedir. Alguns sonhos guardados foram acontecendo, numa velocidade incrível, como se fosse uma espécie de justiça da vida. Comentei com um senhor mais velho do trabalho e ele sabiamente me disse. “Seu caminho não começou agora. Ele já estava sendo traçado no instante em que deixou a si mesmo de lado e cuidou de quem precisava de você. Sua irmã não ligou à toa. Quando a gente é referência, é referência a vida toda”. Foi um alento para mim. Continuo praticando a terapia do EU. Foi assim que consegui ver meu caminho também resolvido, embora saiba que não há mesmo tempo para comemorações e novas batalhas batem à porta, mas tirei um tempinho para visitar o espelho hoje. “Como você é forte!”.

O ESPELHO
Olhar o feio ao redor é triste.
Mais feio e pior é não ver que existe
além do feio que insiste em poluir seu olhar
é o que seu coração sonha almejar.
Então sua primavera já ficou incolor?
Nunca soube que abaixar a cabeça ou chorar no quarto
só aumenta a dor?
Se você grita e o mundo não escuta
vá ao microfone, ao trombone,
perdedor é quem foge à luta.
Se seus olhos vêem o universo,
mas o universo não vê seus olhos,
isso não é tão mal
ensaie mais um verso
você até pode não mudar o mundo,
mas pode deixar sua impressão digital.
Viaje no espelho de Alice
onde tudo é multicor.
Se orgulhe, mergulhe,
o lago de Narciso tem mais amor.

20 comentários:

O mar me encanta completamente... disse...

Um jogo aritmético com
as palavras para mostrar
os caminhos da vida em que
as somas são sempre BELAS
porque é nelas que aprendemos
e crescemos.
Feliz em estar aqui.

Bjo Carlos

Glória

Edna Lima disse...

Não tanto assim ,mas tb tenho minha ligação com o espelho.É quando me olho bem dentro dos meus olhos e vejo o meu interior! Funciona mais que prozac. Grande bj. Edna

leonor disse...

Lindo como todos os anteriores, e quantas palavras de auto-estima, só eu quando olho no meu espelho, cada vez tenho menos vontade de me ver. Até tenho medo, que algum dia aquela velha gorda que me aparece do outro lado, se chegue mais perto e me aperte o pescoço.
Beijo em seu coração.

Everson Russo disse...

Muito bom seu post, to rindo ate agora, vendo voce conversando com o espelho feito a bruxa da historia, é bruxa mesmo né? eu faço uma confusao danada de Cinderela com Branca de Neve e outras, mas vamos lá, vou te contar uma historia, espelho aqui pra mim não uso muito...rs..rs...acordo pela manhã, lavo o rosto, penteio o cabelo e escovo os dentes e to pronto...rs..rs...vou sair pra algum lugar, a mesma coisa, mas acho legal a vaidade e o cuidado, eu que sou meio avacalhado mesmo, de vez em quando alguem ate me chama a atenção, nossa, que camisa amarrotada...rs..rs..rs..ou , cabelo arrepiado...rs..rs..rs...barba então, parei faz tempo de fazer....e vou levando a minha vida de Ogro...e olha que Ogro tá na moda....bem diga o Shrek...rs..rs..rs....abraços amigo e uma bela terça feira pra ti...

Wanderley Elian Lima disse...

Espelho, espelho meu..., sabe Carlos eu nunca tive está ligação tão grande com o espelho, será que é pra não assustar ? rsrsrss
Achei a história muito rica em detalhes. Parabéns.
Um abraço

Joéliton dos Santos disse...

OLÁ..
ESTOU PRECISANDO DE UMA AJUDA...
RECEBI UMA PROPOSTA DA EDITORA ZOE, PARA EU PUBLICAR 20 LIVROS POR 250,00. TENHO QUE PAGAR 125,00 PARA ELE COMEÇAR A EDIÇÃO E DEPOIS DE 30 DIAS DA O RESTANTE....PRA ELES ME ENTREGAR OS LIVROS...
PRECISO DE UM PATROCINIO...TO SEM GRANA...VC NAO PODE ME AJUDAR?
É SERIO MESMO. VAI SAIR 12,50 POR LIVRO, AI EU REVENDO POR 20,00. VOU PODER TE REEMBOLSAR E AINDA VAI SOBRAR UMA GRANINHA...TO DESESPERADO, NEM SEI O QUE FAZER......
OBRIGADO.
JOÉLITON.

(Carlos Soares) disse...

Caro Everson,eu também não ligo muito com isso mais não.Ainda gosto de dar uma passadinha no espelho e me dar uns empurrãozinhos, mas quando era jovem,aí sim,era direto.Valeu. Um braço

(Carlos Soares) disse...

Não,Leonor.Quando eu me dizia "você é lindo" no espelho,falava de outra beleza, que tenho certeza que você também tem.É que creio muito em autosugestão, então começar o dia se autoelogioando,mas controlado, de pés no chão,é muito bom.Beijos

(Carlos Soares) disse...

Caros Wanderley e Edna. Era mesmo só para autoestima e para fazer minhas rmãs rirem

Paulo Tamburro disse...

EXCELENTE CARO AMIGO.

SÓ POSSO DIZER-LHE ISTO EM CAIXA ALTA.

É DE PRAZER PELO TEXTO IMPECÁVEL QUE ACABO DE LER.

UM ABRAÇÃO CARIOCA, MEU AMIGO

Beth Cerquinho disse...

Amei seu post..e tbém me coloquei em várias situações,assim como várias outras pessoas que conheço.
Bjka

Majoli disse...

Ao te ler, me veio a lembrança de uma certa pessoa, ela me disse assim: "Olho no espelho e digo, Fulano como você é feio hein, mas eu te amo cara"...rs.

Sempre bom te ler Carlos, acho que eu já disse isso né?...Mas é sempre bom repetir coisas boas.

E amei a poesia.
Tenha uma boa semana meu amigo.
Beijos.

Sandra disse...

MEU QUERIDO AMIGO!
FIQUEI MUITO FELIZ POR VC. TER ACEITO O CONVITE.
VIM BUSCAR O ENDEREÇO PARA POSTAR AMANHÇA NA LISTA.
ENTÃO ATÉ DIA. COM A BLOGAGEM COLETIVA.
VC. POSTA AI NO SEU BLOG E TODOS VEM LHE VISITAR. E JUNTOS COMEMORAMOS ESTA MOMENTO TÃO ESPECIAL PARA MIM.
CURIOSA LHE AGRADECE DO FUNDO DO CORAÇÃO, POR VC. TER ADERIDO O CONVITE.
SANDRA

Fatima disse...

Tb gosto muito de um espelho Carlos!
Muito bom seu texto!
Ótima semana querido.

Everson Russo disse...

Passando pra desejar um belo dia pra ti e deixar um forte abraço de paz...

Stella Tavares disse...

Adorei a postagem e o aprendizado. Uma ótima forma de exercitar não só o ego, mas as potencialidades, o querer, o poder e conseguir. Uma sábia forma de aprender a se superar a cada dia. Uma deliciosa e sábia mensagem. Parabéns!
Bjs

Maria Emília disse...

Olharmo-nos no espelho é um exercício muito importante. Não para vermos a forma, mas o conteúdo. Para procurar esse outro eu que está lá dentro e que é a essência do nosso Ser.
Um abraço,
Maria Emília

Carlos Albuquerque disse...

Olá, Carlos!
Vinha só para o cumprimentar, já que hoje estaremos juntos na BC da Curiosa. Parei, fui lendo, e não resisti. Juntei-me aos seus seguidores e coloquei um link no meu blog.
Voltarei para comentar!
Até mais logo.
Um abraço deste lado do mar

Luciana P. disse...

TEm razão, Carlos, seu texto tem tudo a ver com o meu. Na verdade, aquele texto tem um tempo já. Ele estava no meu outro blog. E como nao tinha nada pronto pra postar, coloquei ele.
Gosto de vaidade masculina na medida certa, sem exageros.
Adorei o seu post, muito bom mesmo!

Beijos e um bom dia pra ti!

AFRICA EM POESIA disse...

Carlos


VIM DAR UM BEIJINHO

VOU MELHORANDO...




A PROCURA



Eu vou caminhando…
Caminhando sem parar…
Caminhando sem olhar para trás.

O andar é longo e espaçado
Porque não quero voltar…

Quero ir – procurar a luz…
Luz que me indique
Um caminho melhor…
Do que o que eu vou percorrendo…

E procuro a verdade…
E caminho para ela…
E procuro a justiça…
E tento abraçá-la…
Mas vejo a fome…
A guerra… e a dor…
E continuo a caminhar…
E a procurar…
Na ânsia de encontrar…
Um mundo melhor!...


Lili Laranjo