ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

quinta-feira, 4 de março de 2010

NAS ASAS DO AMOR


( imagem google )
O amor não tem cheiro nem cor
mas é mais visível que o arco-íris
e mais forte que hortelã que vem na brisa de manhã.
Salta aos olhos, sai pelos poros.
Muda formas de pensar.
Rompe medos, não tem segredos.
Está no jeito de andar.
Quem ama sonha, voa
ecoa por onde passa.
De tudo acha graça.
O amor é atrevido, inconseqüente, profundo
É aventura e é loucura, gira o mundo.
O amor é flor e beija-flor
sol e girassol, rio e mar
não dá pra separar.
É eclipse de sol e lua,
é beijo em pleno meio-dia, no meio da rua.
Tantos símbolos para o amor
e eu quero ser mais um entre tantos,
cada um com seu encanto...
maçã, hortelã, passarinho
primavera e poesia
e o sol que abre mais um dia.

19 comentários:

Pelos caminhos da vida. disse...

Quero pegar uma carona nessas "Asas do Amor".

beijooo.

Luciana P. disse...

Que bela inspiração matinal... Adorei! Ler isso logo pela manhã é como um carinho para o espírito.

Beijos!
Bom dia pra ti e com mais inspirações!

Maria Bonfá disse...

querido.. que vontade de voar nessas asas do amor.. sem ele o que somos ? um tedio só. não tem cheiro nem cor.. mas como é bom.. eta coisa boa.. amei seu poema.. lindo dia para ti beijão

Anne Lieri disse...

Carlos,o amor tem mesmo muitas palavras e sentimentos para expressar porque combina com tudo que é belo,como sua poesia que está maravilhosa!Abraços,

Felina Mulher disse...

O amor cultiva o amor, o amor faz o amor aumentar, atravessa crises, sobe acima das mais altas montanhas, desce às maiores profundezas da alma, percorre de novo as trilhas já percorridas com a graça do perdão e avança por novos caminhos com a luz da esperança...Ame meu anjo, ame muito, o amor só faz bem!

beijos doces pra vc!

Ná! disse...

Lindo poema Carlos, mas hoje estou um pouco desiludida com o amor.

Ana Cristina Cattete Quevedo disse...

Esse amor te faz voar...to vendo!
Ficou muito delicada essa poeisa, de uma pureza infinita.


[posso voltar de vez não, homi de Deus, to de repouso( ou pelo menos o médico acha que eu to! )]

Beijo!

Wanderley Elian Lima disse...

Embora abstrato o amor e concretamente sentido por quem ama.
Abração

IT. disse...

...Das ondas do Amor para as asas do Amor...
Quem ama, sonha, voa, ecoa por onde passa e de tudo acha graça.
Sol e girassol,mar,terra e ar, rio,mar,horizonte.. não dá para separar.
...Das ondas do mar para as asas do amor.

Abraços fraternos.
IT
ps: quem sabe essas mesmas asas poderão, levá lo, a ''declamar'' com visitas ao meu blog...rs ( água mole em pedra dura tanto bate até que fura)rs. brincando c/ vc.rs

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Beijos,Luciana. Obrigado
///
Com certeza,Maria Bonfá.Tédio não dá.Beijos
///
Felina de volta. Que bom.Espero que esteja bem animada.Beijos
///
Obrigado,Anne. Como diz uma música do Ivan Lins... "o amor tem feito coisas que até mesmo Deus duvida". Beijos
///
Calma,Ná.Um dia passa e você embarca nessas asas. beijos
///
Igual a mim, né Ana? Também sou meio teimoso com tratamentos, o que é um erro.Mas não sabemos parar quietos. beijos. Melhoras
///
Amigo, Wanderley. Tem coisas concretas, bem físicas que não têm nenhum valor, não é mesmo? Um abraço,amigo
///

Sonhadora disse...

Carlos
Que maravilhosa inspiração...que só o amor pode dar, para ser um poema tão lindo ,tão leve.

Beijinhos
Sonhadora

Juliana Sphynx disse...

Tanto do que não vemos nos tem muito significado

Impulsiva disse...

Olha isso aqui tá muito bom, isso aqui tá bom demais...Um dia nas ondas do amor, outro dia nas asas do amor, rsrsrs.
Beleza pura!!
Existe algo mais belo e profundo no mundo que o amor??? Não, não...

Tens razão, muda até mesmo nossa forma de pensar, salta aos olhos, sai pelos poros...lindo, perfeito!!!

Grande abraço poeta inspiradíssimo.
Kenia.

Lou a esquizoffrenica disse...

Sabes Carlos é uma coisa que eu adoro é ver 2 pessoas apaixonadas, aqueles sorrisinhos que conseguem espalhar felicidade no ar onde estão, aquela cumplicidade como se estivesse sempre sozinhos mesmo estando acompanhados, adoro ver os meus amigos apaixonados, fico feliz com os gestos de carinho que saem naturalmente, preenche-me sentir o amor no ar!

Geisa Machado disse...

Pura verdade! O sentimento de amor é tão forte que chega quase a ser palpável.
Tem um selo pra vc lá no meu cantinho, é o primeiro logo abaixo do arquivo do blog. A regra é colocar o link de quem vc recebeu e repassar pra quem vc quiser. Estou oferecendo pra vc pela dedicação quem tem aos seus amigos da blogosfera.
Bjussss

paula barros disse...

O amor é mesmo assim como descreve, entre o real e o imaginário...vence medos, é atrevido...e tem cheiros e traz sorrisos...

abraço

Sandra Botelho disse...

No dia em que o poeta conseguir definir amplamente o amor.
Não haverá mais razões para se fazer poesia.
Acho que poe isso as definições de amar são tão infinitas...
Lindo demais teu poema.
Bjos no coração!

Pena disse...

A sua concepção do amor é perfeita.
Parabéns sinceros.
É Lindo o que escreve.
Sabe, todos os dias me sento na mesma cadeira. Todos os dias olho os mesmos livros. Todos os dias penso o que faço aqui?
Só sei que olho. Sinto. Penso. Sou.


Choro. Rio. Emociono-me. Entrego a minha Alma sonhadora. Irreal ou Real. Sei lá?
Poderia fazer outras coisas. Poderia deixar de me sentar, de me comover, de me sentir e de me ser.
Todos os dias toco, aprazivelmente, as mesmas pessoas. Aprendo com elas. Revejo-me nelas. Entendo-as ou penso que as entendo. Se calhar não as entendo? Nada mesmo. “Visto” uma “capa de sentimento” de fazer por entender o Mundo que me envolve e delícia.
Abraço forte de um respeito imenso.

Com estima.


pena


Espero que me entenda, sim?

Elaine Barnes disse...

Muito gostoso de ler amigo, versos viajantes.O amor é isso tudo... É simples! Montão de bjs e abraços