ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

quarta-feira, 15 de maio de 2013

PORQUE VIVER É BOM...



Porque viver é bom... e é breve
faço de minha vida um fardo leve.
O homem ainda faz o que o menino fazia.
O vazio sim, esse é pesado,
por isso mantenho meu coração ocupado
de amizade, fé e harmonia.
Nasci do amor e quero ser amor.
Sou sintonia!
Sou versos ao universo!
Sou sol e girassol!
Sou ocaso e sou arrebol!
Um desejo me agita, me assanha,
é que da ignorância, essa grande montanha
que a minha poesia me eleve muito acima,
que eu veja em cada rosto um pouco de mim,
um parceiro perfeito para minha rima.
Ah... a poesia! A minha poesia me faz leve.
Que seja sempre assim...
porque viver é bom... e é breve.

3 comentários:

Fernanda Oliveira disse...

Sim... amigo Carlos a sua poesia...
Essa sua poesia é muito arrasante no bom sentido.
Amei mas uma vez a sua poesia!
Você está entre os meus autores favoritos, falo isso com sinceridade. Suas poesias tem uma leveza incrível.

Viva a sua poesia!!!



Ps: As repetições da palavra poesia foram propositais, só para harmonizar o comentário com a sua... Poesia!

Beijos! Fernanda Oliveira

Vera Lúcia disse...


Olá Carlos,

Quase uma canção! Se ritmada, seria uma linda música.

Perfeita a filosofia contida em seus versos. Já que viver é indiscutivelmente breve, nada mais razoável do que fazer da vida um fardo leve.

Gostei demais!

Ótima noite.

Abraço.

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Carlos
Viver é bom e fácil, nós seres humanos, é que complicamos tudo.
Abração