ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

segunda-feira, 13 de maio de 2013

CANÇÃO PARA MINHAS BOCHECHAS



( Mais uma música rs rs )

Bochechas pra quê te quero.
Muitos cuticuti’s eu espero,
beliscões só de carinho.
Bochechas pra quê te quero.
Sigo sendo muito sincero,
mesmo já tendo algumas madeixas,
ainda gosto de colinho.
Mas tenho também minhas queixas,
quando toco minhas bochechas,
não sei fazer cuticuti sozinho.

6 comentários:

✿ chica disse...

rs,,,Ficou lindo,Carlos e cuticuti nas bochechas deve vir de outros,né?rs abração,chica

Wanderley Elian Lima disse...

kkkkkkkkkkkk gostei fochechudo.
ASbração

Anne Lieri disse...

KKK...Bem divertida poesia!Mostra bem seu lado menino.Bjs e boa semana!

Sandra Subtil disse...

hehehe...
Cuticuti, então!

Beijinho

Cristal de uma mulher disse...

Nada como brincar e recordar coisas boas ,vejo nas letras uma versão gostosa e única..cuticuti!!!

Beijinho querido

Maria Marluce disse...

UMA LINDA HOMENAGEM AS BOCHECHAS!!! ELAS MERECEM! GRATA PELA VISITA.