ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

sexta-feira, 24 de maio de 2013

ONTEM EU NAMOREI A LUA



Extasiado de saudade sua
ontem eu namorei a lua.
Ela estava tão linda...
você é mais ainda,
mas você não estava.
E ela comigo brincava,
se escondia atrás da nebulosidade,
assim como você,
que se esconde, e me deixa na saudade.
Tudo bem, eu espero na janela
pois eu bem sei,
quando você sai de trás das nuvens,
vem ainda mais bela
para clarear minha rua.
Pensando em você, ontem eu namorei  a lua.
Falei à ela do meu amor,
do carinho que guardei como se guarda uma flor.
Beijando a lua,
foi a você que eu beijei.
Tudo que eu disse ontem à lua
foi  a você que me declarei.
Venha, venha clarear minha rua
pois, da saudade eu já cansei.

17 comentários:

Wanderley Elian Lima disse...

Olá amigo
Como vejo, a lua lhe trouxe grande inspiração, aliás ela é a preferida dos poetas.
Abração

Vivian Fernandes de Goes disse...

Olá,Carlos!!

Que belo e bem inspirado texto!
Beijos!

Nádia Santos disse...

A lua é sempre cúmplice dos poetas apaixonados, uma linda e encantadora poesia Carlos, um carinhoso abraço, bjus.

=> Gritos da alma
=> Meus contos
=> Só quadras

Nádia Santos disse...

A lua sempre inspira os poetas apaixonados. Uma linda e encantadora poesia Carlos, um carinhoso abraço pra ti.

=> Gritos da alma
=> Meus contos
=> Só quadras

Fernanda Oliveira disse...

Olá amigo Carlos!!!
Que linda inspiração,a lua é uma fonte de inspiração... Hoje editei um texto meu que se chama: ''O coração e Lua''

E a saudade? O que falar desse sentimento que arrebata, que não pedi licença...
Expresso o que diz no fim de sua poesia... '' Da saudade eu já cansei''

Amei sua poesia, como sempre muito harmoniosa.

Beijos amigo!

Fernanda Oliveira

Anne Lieri disse...

Olá ponte das belas poesias!Eu adorei esse namoro do poeta e da lua!bjs,

#*Marly Bastos*# disse...

Carlinhos, namorar a lua é extasiar-se com o infinito[de possibilidades...]
Lindo sempre!

Marisa Giglio disse...

Carlos , conheci seu poema através do blog da Nádia . Gostei bastante pela criatividade da escrita e sensibilidade do poeta . Sou sua mais nova seguidora. Abraços

© Piedade Araújo Sol disse...

venho do espaço da Nádia.
o seu poema é muito belo, encerra ternura e sensibilidade.
um beijo

Severa Cabral(escritora) disse...

BOM DIA MEU MENINO BEIJA-FLOR!!!!!!!!!!
GRANDE POETA QUE O UNIVERSO INSPIROU E CRIOU PARA FAZER DO POETIZAR SEMPRE ESCRITOS QUE FAZ UM CORAÇÃO DELIRAR.
EU TRANSCENDO A TUDO QUE ENCANTA E,VC SABE ME ENCANTAR TODA VEZ QUE TE LEIO.
A TRAMA POÉTICA DEIXOU GRANDE DESEJO DE VER O AMOR,rsrsrs
BJS DE FINAL DE SEMANA !!!!!!!

luna luna disse...

o lua estará sempre entre os poetas e os enamorados
beijinhos

José María Souza Costa disse...

Olá.
Carlos.
A lua esta sempre enfeitando a memória dos poetas, e reluzindo os seus passos emocionais.
Te desejo um fim de semana, muito bom.
Abraços.

Sandra Subtil disse...

A lua sempre inspirando belas palavras como as tuas.

Beijinho

Lis Fernandes disse...

Olá amigo poeta!
Também gosto de "namorar" a lua.
Nos traz lindas inspirações como esta que você nos brinda.
Lindo poema!
Beijos,
Lis

Parole disse...

"Tudo bem, eu espero na janela
pois eu bem sei,
quando você sai de trás das nuvens,
vem ainda mais bela
para clarear minha rua."

Só o amor tem essa capacidade... Belas palavras, querido.

Beijo.

Janita disse...

Que romântico esse namoro com a Lua, Carlos. Adorei!
A luz do luar enfeitiça qualquer poeta e tu não poderias ficar imune e esse feitiço.

Beijinho.

Estrela disse...

Uau! Quanta inspiração,poeta!
Espetacular! Bjus!