ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

NEM TUDO PASSA


( imagem flyingtimes )
Nessa vida tudo passa.
Os caminhões... os barcos e os aviões.
Perde-se no espaço até a fumaça.
Passa a brisa na hora precisa,
as águas dos rios com seus cursos e desvios.
Tudo passa na cidade,
menos essa maldita saudade.
Passa o circo, passa o parque,
passa a banda,
mas a saudade não anda.
Passa inverno, outono e primavera...
e passa verão,
mas a saudade não passa não.
Quem sabe a fumaça um dia carrega,
ou a brisa um dia a avisa
que é hora de passar.
Quem sabe o rio possa levar...
ou lavar de mim essa saudade
que maltrata e desacata meu ser...
para acabar com esse dilema
eu preciso mesmo é te ver.
.

37 comentários:

Sandra Ribeiro disse...

Bom dia meu amigo! Adoro poesias que contenham a palavra saudade, amo esta palavra e da pra falar de maneira tão vasta sobre ela, lindo post!!!

Felina Mulher disse...

Carlos,
Você é fera em falar de suas emoções e sentimentos, esta saudade descrita aki me toca porque mesmo sendo só sua posso ler minha história nesta sua composição.
Um abraço de quem ama, vive, sofre, quase morre de saudade e de dor, mas que vive tentando renascer!
Bom dia!

P.S:Vou esperar o novo texto, já tô até roendo as unhas de tanta ansiedade.

Edna Lima disse...

Saudade!!!Vamos vivendo e colecionando saudades.Este vocabulário que às vezes dói mto. é a lembrança das nossas histórias vividas. Grande bj. Edna

Elaine Barnes disse...

Muito bom e verdadeiro, porém,algumas coisas tem um alívio e uma saída não é?! É preciso ver, tocar pra saudade passar,ainda bem que é possível! Viva!Tudo na vida passa,algumas coisas deixaram marcas, outras só tem marcas de amor,nada que um avião ou uma condução não possa sanar. Você está melhor? Montão de bjs e abraços

Carlos Albuquerque disse...

Não há rio que leve a saudade, não!
Só mesmo Ela, quando chegar para lhe ver...
Um abraço, xará

Priscila Lima disse...

saudade é pensamento que trasformamos em sentimento...
Abraço Carlos.

Elaine Barnes disse...

Êita! Enquanto eu estava comentando aqui ,você estava lá,que sintonia hein!Quando a gente fala o que sente sem fazer "tipo" somos tocados com a amorosidade né?! Algumas pessoas na blogosfera são especiais pra mim,porque sei que quando escrevo um comentário,seja ele o que for, serei entendida pela alma da pessoa também.Quando leio uma história capto o que está nas entrelinhas e você faz a mesma coisa. Sempre serei muito grata a tudo que aprendo aqui e as emoções que em mim afloram quando te leio.Amizade pura,sem contaminações.Você é o que escreve e sua essência está nas linhas imperceptíveis aos olhos.Montão de bjs e abraços emocionados meu amigo

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Oi,Sandra. Saudade é um dos temas mais usados e não vai findar nunca.né?Beijos
///
A saudade é de todos nós,Felina.Todos a temos.Eu, fera?Sou nada.Fera é Felina, o nome já diz.beijos
///
Saudade é lembrança boa, essa pode ter, né conterrânea Edna? Dessa eu gosto.Beijos
///
Ainda bem Elaine,ainda bem. Obrigado.Melhor siim,,ainda não posso fazer caminhada, mas já tomando remédio.Beijos
///
É isso aí,xará.Abração

♥*♥(franciete)♥*♥ disse...

A saudade é portuguesa
E tem um condão fatal
E traduz sua beleza
Nas vozes de Portugal

Sete letrinhas apenas
Tem a palavra saudade
Atravessas oceanos
Com tanta simplicidade

A saudade é voz do fado
Cantado com emoção
A saudade está gravada
Dentro do meu coração

Ao som duma melodia
Vai deixando a alma presa
A saudade é nostalgia
A saudade é portuguesa


AMIGO DO MEU CORAÇÃO UM BEIJO DOCE EM SUA ALMA.

Nà! disse...

Carlos, simplesmente lindo, acho maravilhosa a forma de você colocar os seus sentimentos em letras.

Ava disse...

Pois é, Carlos...

Se descobríssemos como fazer passar a saudade...
Como fazê-la desvancer no céus, como rastros de fumças...
Mas não... essa receita ainda não temos...
Então, o melhor mesmo é a presença da pessoa amada...


Beijos meus!



PS: Eu adoro um tobogã... aquele frio mortal na barriga...rs
Sonhar é isso...Ou seria o acordr dos sonhos? rs

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Oi,Franciete.Realmente, pouca gente sabe cantar a saudade como os portugueses,digo isso me lembrando dos belos fados de Amália Rodrigues.Obrigado pelo carinho.Beijos
///
Oi,Ná.de volta hein?Saudades dos Pensamentos da Ná.beijos
///
Oi,Ava.Quanto tempo.Eu também, gosto de tobogã.Montanha russa gosto não.Deu saudade agora,tem tempo que não brinco.Beijos

Pelos caminhos da vida. disse...

Que seu dia seja realmente um otimo dia...
Que suas horas sejam cheias de felicidades...
Que seu entardecer seja o mais maravilhoso...
Que o seu anoitecer seja carinhosamente depositado por Deus!

(Vilma Galvão).

Bom dia!

beijooo.

sandra Freitas disse...

Um que delícia adorei..acho que estamos sofrendo do mesmo mal..rsrsr
Bjokas

Everson Russo disse...

Meu amigo poeta,,,,veja bem o quanto é importante o poema aliado a imagem, vou explicar antes que voce me chame de louco,,,rs...rs..rs..rs....uma tempo atras, eu brincando com meu violão, fiz uma musiquinha, vamos dizer assim, tolinha....rs..rs..rs...mas gostosinha de tocar,,,fala de amor, chama se "Casltelos de Areia", ela é de amor mesmo, e termina bem, assim, "...Ondas gigantes, castelos de areia, cavalos marinhos e voce, a minha sereia." , depois te mando na integra,,,postei todo orgulhoso....rs...rs...rs...na primeira vez, e pensei,,,qual será a repercursão? e um comentario me chamou a anteção,,,,"o amor é lindo mesmo,,,mas castelos de areia são frageis e a onda do mar os derruba facilmente", pensei,,,,putz,,,achei que era o apice da minha carreira musical....rs...rs...rs..rs....e fui derrubado pela onda,,,,tracei essa paralelo pra comentar seu poema,,,porque será que nossos castelos de areia são tão facilmente derrubados? e porque será que essa mesma onda do mar não leva a palavra saudade escrita na areia da praia? tens a resposta? se tiver me diga por favor, saudade é uma tatuagem no coração da gente, e como voce bem o disse, nem tudo passa, muitas coisas ficam pra tras na vida,,,outras vivem nos assombrando.....abraços fraternos, tenha um belo dia...e como voce disse no Livro,,,,Zerooooooooooooooooooo.....rs...rs....

Cristiano Contreiras disse...

CARISSIMO,

PARABÉNS PELO ESPAÇO SINGELO E CATIVANTE!

Gostei, volto mais, porém sou novo seguidor aqui! abs

Majoli disse...

Meu amigo, primeiro me conta, você está melhor?
De ♥ espero que sim.

Quanto a sua poesia Nem Tudo Passa, saudade parece que sempre faz parte de nosso viver, mas essa sua saudade sei que logo será saciada, certo?

Beijos com carinho.
Nem foi ler minha brincadeira lá no Rabiscos, sinto que vai gostar, se der um tempinho, vai lá ler.

Fique com Deus.

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Não,meu caro Everson.Coisa de maluco não.Coisa de poeta,ou seria mesma coisa? Coisa de maluco foi sonho q ue tive.e sua pergunta é muito boa.Porque a água vem, derruba noso castelo de areia, mas não lava a saudade? Mas afora isso voc~e tem um trabalho forte,bem traçado,bem legal.A água não lava também nossos talentos e você tem muito.Além de inteligência e sensiblidade.Um abraço.Gostei da música

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Oi,Vilma.Obrigado.Amém.beijos
//
Sim,Sandra.Mas é um mal gostoso,né.Beijos

Impulsiva disse...

Que coisa mais fofa este poema Carlos, tão meigo, tão singelo, tão transparente...amei de verdade!!!
Adorei conhecer seu blog, adoro pessoas inspiradas que falam de sentimentos sem limites...

Saudade...quem não tem? (suspiro)

Um abração, tô te seguindo...
Kenia Araújo.

Elzenir Apolinário disse...

OH, AMIGO,CARLOS!!! Não arranque de mim a esperança de que tudo um dia passe. Espero que passe sim!!Mas de qualquer forma, lindas palavras. Bjs

Joéliton dos Santos disse...

Olá, tudo bem?
Vim, por acaso, neste blog e achei muito bacana. Estou lhe seguindo e voltarei sempre aqui!!!
Adoraria em ter você como seguidor também. Ter novos amigos é algo que amo. Espero-te
Abraços!!!

Ana Cristina Cattete Quevedo disse...

Bom dia!
A saudade quando bate, meu amigo...é difícil descrever...
Mas voce o fez com maestria

Beijo

Lou a esquizoffrenica disse...

Tenho muitas dificuldades em falar sobre saudade =) na minha alma é doença crónica, lol, sou até capaz de ter saudades do futuro... beijo

Elaine Barnes disse...

Oi amigo, tvz pela emoção tenha feito uma confusão. O Poema "Desafio" Foi a sandra Botelho que escreveu e me deu pra postar como um presente. bjs

BANDEIRAS disse...

Ai amigo nem me fale em saudades....
Desde o carnaval que não vejo meu amor. Andamos por demais ocupados os dois...de forma que as vezes passamos quase um mês sem nos ver, vc pode não acreditar, mas o que nos separa é apenas e somente um BAIRRO ! acredite se quiser !!!
Essa vida maluca em que todos teem que travar uma luta diária pela sobrevivência faz isso com os amantes.

É por isso amigo, que saudade será sempre tema de poesias, de textos, de conversas, de escritos mil...enfim...pq todos nós sofremos desse mal.

Mas essa tua saudade tem um nome...está muito claro nas entrelinhas....assim como a minha tbm...!

Bjs querido poeta.

IT. disse...

Nem Tudo, Passa mesmo! meu caro Carlos
Saudades...é o que fica de quem não fica...Não estaremos nunca sós!..Hei de levar comigo uma saudade tua..Há de guardar contigo uma saudade minha.
Grande Abraço.
Irlene

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Carlos
Um dia a saudade também passa, pois nada vida nada é eterno.
Abração

Maria Bonfá disse...

oi Carlos vc está bem ? melhorou ? espero que sim.. amei seu poema.. tudo passa menos a saudade..eu tenho tanta saudade que vc nem imagina..mas [é melhor te-las do que nunca ter amado..beijão

Sandra Botelho disse...

Mas ela passa amigo, basta que veja sua musa e ela vai passar.
O que não passa é a dor de um amor que se foi e deixou as feridas abertas. Que até cicatrizam, por fora, mas por dentro vão sangrar pra sempre.
Bjos querido e tenha lindos e "Anitados" dias

Ricardo Calmon disse...

Concordo com tematica de post teu!
Amado amigo,te ler,é mel sorver!

te abraço,mininu beija flor!

Viva la Vieeeeeeeeeeeeeeeeeee

Laurita disse...

Queria mandar a saudade
Á procura d'outro abrigo
E por castigo ou maldade
Ela anda sempre comigo

Saudades leva-as o vento
Aquelas que leves são
As que contêm lamento
Ficam no meu coração

Adorei a sua saudade, embora triste. Saudade é mesmo triste, senão não era saudade. Beijo

Chris... ჱܓ disse...

Saudade... Essa dor desgarrada que maltrata...
Lindo este poema...
Quando li, me tocou bastante, pois também estou em estado de saudade...
rsrs
Saudade... Quem não tem, não vive.

Obrigada pela visita e pela consideração...
Bjos mil...

Anne Lieri disse...

Carlos,adorei sua poesia!Para matar a saudade só mesmo vendo a pessoa amada!Muito lindo!Abraços,

CARLA FABIANE... disse...

Pessoas são Músicas...

Você já percebeu ???
Elas entram na vida da gente
e deixam sinais.
Como a sonoridade do vento ao final da tarde.
Como os ataques de guitarras e metais presentes em cada clarão da manhã.
Olhe a pessoa que está ao seu lado e você vai descobrir, olhando fundo, que há uma melodia brilhando no disco do olhar. Procure escutar.
Pessoas foram compostas para serem ouvidas, sentidas, compreendidas, interpretadas.
Para tocarem nossas vidas com a mesma força do instante em que foram criadas, para tocarem suas próprias vidas com toda essa magia de serem músicas.

E de poderem alçar todos os vôos, de poderem vibrar com todas as notas, de poderem cumprir, afinal, todo o sentido que a elas foi dado pelo Compositor.

Pessoas são músicas como você.

Está ouvindo? Como você.

Pessoas têm que fazer sucesso.

Mesmo que não estejam nas paradas.

Mesmo que não toquem no rádio.

CARLA FABIANE... disse...

Feliz de quem atravessa a vida inteira tendo mil razões para viver.
Dom Hélder Câmara

Juliana Cordeiro de O.Silva disse...

gostei do texto e do teu blogger, estou te seguindo viu?
hora dessas visita o meu espaço , eu faço letras vernáculas e escrevo tbm ...