ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

sábado, 14 de março de 2015

GÊNESE DE UM POETA - ( 15 DE MARÇO DE 19... e não interessa )







Tudo tem sua Gênese!
Eram milhões em disputa. Quem seria o felizardo? O agraciado? O sortudo? Quem merecia ver o outro lado? Quem merecia contemplar a luz que se anunciava? Quem seria o vencedor da grande correnteza que estava prestes a jorrar? Naturalmente todos os milhões de concorrentes mereciam, mas somente um poderia passar. De repente, apontaram para um:  “Deixemos aquele ali passar, ele merece”. Vários perguntaram:  “Mas por qual razão ele merece?”...  “ O que ele tem de diferencial sobre nós?”. A resposta:  “Ele parece que vai ser bom filho”.  “Ora, nós também podemos ser”, disse um.  Outro motivo:  “Parece inteligente”. Outro protesto: “Nós também podemos ser inteligentes”. Mais um motivo:  “Tem jeito de simpático”. Outra queixa: “Nós também somos bem simpáticos”. Mais um motivo: "Tem jeito de sensível". Insistiram: "Nós também podemos ser sensíveis".  Outro motivo: “ Vai ser e ter bons amigos”. Mais reclamação: “Nós todos podemos ser e podemos ter bons amigos. Até agora não vimos  nenhuma diferença real, palpável, justificável para que ele tome nossa frente”. E então, a última explicação, aliás, a melhor explicação, a única: "ELE VAI SER POETA!!!".  O comentário foi geral: “Ah, por que não disse antes? É claro que ele pode passar”. E assim os outros milhões aplaudiram uníssonos com gritos de ipi ipi urra. E foi assim que eu nasci. Agradeço aos outros milhões de coleguinhas espermatozoides que me deixaram passar para fazer uns poeminhas nesse mundo. Espero estar valorizando!

7 comentários:

Cidália Ferreira disse...

Bom dia carlos
Então Parabéns!! Cada um tem a sua forma de escrever não é verdade? Lindo o teu texto!

Beijo, bom sábado.

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Patrícia Pinna disse...

Bom dia, amigo Carlos.
Adoreiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!
É isso mesmo, o poeta tem um diferencial, ainda bem, senão, o mundo seria todo cinza sem gotículas de cor que acalentasse a alma.
Está valorizando muito bem o seu papel, amigo.
Beijos na alma e lindo fim de semana.
Parabéns, para todos nós poetas, que nossa missão seja eterna!

Ivone disse...

Ah, isto é muito bom, "deixaram você chegar", pois é, agora estas aqui sendo aplaudido pelos que se sentem felizes em te aplaudir!!!
Abraços!

Isa Martins disse...

Está valorizando muito bem Carlos, sua originalidade sempre me encanta, e faz toda diferença no mundo poético.
Um ótimo fim de semana, abraços

Cristal de uma mulher disse...

Amei meu amigo poeta..muitos parabéns e olha continuar sempre como caminhar entre lirios e rosas..

Beijo querido.

ॐ Shirley ॐ disse...

Pelo jeito, valeu a pena os outros cederem a passagem rs...
Gostei muito de sua inspiração, Carlos.
beijos!

Louraini Christmann - Lola disse...

kkkkkkkk!
Boa!