ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

sexta-feira, 20 de maio de 2011

VALE A PENA LER DE NOVO - CARLOS E CARLITOS


( imagem google- cenas do filme O Grande Ditador- Charles Chaplin )
Agradecendo as palavras de todos pela premiação, lembrem-se que disse que recebi ainda duas Menções Honrosas no mesmo concurso. Com muita alegria, recordando uma delas:

CARLOS E CARLITOS
Se a flor é bela, a tristeza espanca.
Se o espinho fura o peito,
Não tem mais jeito,
a dor não estanca.
Mas não quero cultuar a tragédia,
prefiro a comédia.
Quero sair brincando como Chaplin
que zombou do grande ditador
tratando o mundo como uma bola
de chicle e de amor.
Não quero ser abutre, quero ser beija-flor.
Tristezas quero esquecê-las.
Não quero ser estrela solitária
que diz mais NÃO do que SIM
brilhando num canto qualquer
quero dançar com todas as estrelas
deitar no colo da lua, chamá-la de mulher
e que no brilho daquela rua
tenha um pouco de mim.
Com um simples ‘toquinho’ de lápis de cor
eu desenho uma aquarela.
Abro a janela de manhã e vejo uma grande tela.
O menino faz arte
porque a vida está em toda parte.
É assim que meu coração brilha...
na intensidade de Clarice, na ternura de Cecília
na paz de Lennon, na igualdade de Luther King
porque a vida é um parque, não um ringue.
Tirando as pedras como Drummond
no olhar simples de Gandhi.
Viver é magia, é muito bom...
ainda que a tristeza seja grande.

19 comentários:

Parole disse...

menino que beija flores, vc tem o dom, o dom das palavras bonitas...

"O menino faz arte
porque a vida está em toda parte."

Amo te ler.

Beijos

Secreta disse...

Bem original este teu poema !
Beijito.

Evanir disse...

Querido Amigo..
Uma excelente postagem como sempre..
Encaminhei para o email que deixou no meu blog um presentinho para você
como estou com problemas com minhas 2 filhas operada meu tempo que já era pouco agora ficou menor ainda logo se Deus quiser volta ao normal.
Será que errei seu email poeta??
Um feliz final de semana beijos,Evanir..

нєllєи Cαяoliиє disse...

ainda que a tristeza seja grande,viver ultrapassa os limites de tamanho ;)
Belo poema!
Beijos,Querido amigo*

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Carlos
Seu poema é um hino de amor à vida. Parabéns.
Grande abraço

olhar disse...

saudades de você, meu querido! e meus parabéns por tudo!!

beijos e linda sexta-feira!

Bia

Marlene disse...

AMIGO CARLOS ESTA É A VERDADEIRA ALMA DO POETA,LEVAR A VIDA,ENTRE NUVENS E AQUARELAS COLORIDAS,BUSCANDO SONHOS ALEGRIAS ENCANTANDO O MUNDO,PARA QUE ELE POSSA SER MAIS LEVE MAIS HUMANO E BONITO,,ESTE É O MENINO BEIJA FLOR
PARABENS MEU QUERIDO VOCE É LINDO DE CORPO E DE ALMA,
TENHA UM FINAL DE SEMANA ILUMINADO
UM ABRAÇO MARLENE

Malu disse...

Carlos,

Muito lindo !
E viver sempre vale a pena ...


Bjo e um Dia de Paz.

Carla Fernanda disse...

O menino faz arte sim, como quem beija as flores em todas as cores...
Lindo!
Parabéns novamente!
Obrigada!!
Carla

Sonhadora disse...

Meu querido Carlos

Como sempre um poema belo...inspiração à flor da pele, adorei e deixo o meu beijinho.

Sonhadora

Janita disse...

Meu querido amigo.
Como já um dia te disse, há muito que descobri em ti essa enorme veia poética e grande sensibilidade.
Tens um dom especial com o qual Deus te dotou. Por isso, és um ser abençoado e todos os prémios que te atribuem, não são mais do que um justo reconhecimento do teu talento.
Esta reposição, numa homenagem ao grande Charlie, para mim, é dupla satisfação. Revejo dois Carlitos com muito em comum. No talento, no humanismo e na humildade.
Estou muito emocionada.
Obrigada, Carlitos!
Beijinhos da amiga.
Janita

Marly Bastos in "palavreados ao vento" disse...

Seu poema Carlos, não é pra ser analisado e sim apreciado. Lindo de amar!
Beijos e um bom fim de semana.

Aleatoriamente disse...

Olá Carlos.
Vim agradecer tua visita.
É um belo poema parabéns.

Um abraço.
Fernanda

Smareis disse...

Seu poema é bem composto, muito bom.O amor faz nossa lembranças e emoções descrever muito bem os nossos reais sentimentos, sempre com versos envolventes e grandiosos. Adorei conhecer seu espaço. Um abraço!

Nectan Taurus disse...

Carlos,
tem um pequeno selo, mas de grande significado "Este blog é apaixonante" te esperando no meu blog "Selos do Nectan". Espero que aceite este carinho.

Abraços

✿ chica disse...

Muito lindo,Carls! Que teu fds seja muiiiito legal! abraços,chica

Pena disse...

Estimado e Fabuloso Amigo:
"...Com um simples ‘toquinho’ de lápis de cor
eu desenho uma aquarela.
Abro a janela de manhã e vejo uma grande tela.
O menino faz arte
porque a vida está em toda parte.
É assim que meu coração brilha...
na intensidade de Clarice, na ternura de Cecília
na paz de Lennon, na igualdade de Luther King
porque a vida é um parque, não um..."

Simplesmente, sublime.
Parabéns sinceros.
Um hino gigantesco à vida de todas as pessoas.
Abraço amigo de enorme respeito pelo seu talento imenso.
Sempre a admirar o concebe com encanto.

pena

Não entendi a profundidade e expressividade do conteúdo no comentário que me fez.
Dá a sensação de desencanto.
Sou feliz. Imenso, acredite?
Bem-Haja, pela simpatia imperceptável, mas pura.
Adorei o seu Post.

Luciane Morais disse...

Boa noite, meu amigo!
Que belo poema! Amei, sua doce poesia. Me encanta, porque tens a tua verdade de maneira sutil, sobre o olhar que tu carregas do mundo.
Parabéns!

Abraços,
Lu

JGCosta disse...

Essa sua poesia, meu amigo, é um primor!

Parabéns por cada letra!

Abraços renovados!