ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

quinta-feira, 26 de maio de 2011

DESENHOS MUITO ANIMADOS PARTE II - EXPLICANDO


Amigos, sobre post anterior, quis fazer uma sátira com os desenhos. Antes de qualquer coisa quero dizer que amo desenhos animados, quadrinhos principalmente, não consigo dissociar minha infância/adolescência das estorinhas em quadrinhos, eu tinha pilhas de revistas, colecionava, trocava, e arrisco dizer que contribuíram muito para eu ter uma boa leitura e uma boa escrita hoje, além de expandir minha imaginação. Como esquecer as aventuras do Patinhas em busca de tesouros? O SuperPateta que come um amendoim e viaja pelo espaço, O Professor Pardal que torna todos os sonhos possíveis com suas invenções malucas. Soma-se a elas os contos infantis como Pequeno Polegar, Peter Pan, as fábulas de Monteiro Lobato, acho isso um mundo maravilhoso e foi nele que eu cresci, me permitindo não ser tão ligado ao mundo real, onde todo mundo tem que ser igualzinho. Sobre os heróis, falo com certa autoridade concedida a mim por mim mesmo, porque sei a estória da origem de quase todos eles. Sei como Superman veio parar no Planeta Terra, porque o milionário Bruce Wayne resolveu combater o crime, como o Tarzan foi parar na selva, surgimento do Capitão América, do Demolidor, a mutação genética do Hulk e outros tantos. Tirando alguns excessos como no caso do Tarzan com a Chita rs rs, o resto não inventei nada... e eu provo, nunca escrevo o que não sei. Não fui eu quem inventou que Batman e Robin têm um caso. Cansei de ler estorinhas e morrer de raiva, porque a Margarida preferiu o Gastão, um cara chato, sortudo e metido, em lugar do Donald um azarado, mas que a ama verdadeiramente. A atriz que interpreta Shena declarou-se lésbica. Problema dela, mas eu não inventei. E a Mulher Gato dá em cima do Batman sim, é explícito nos filmes. E no caso da Mônica e Cebolinha, mais uma prova que não inventei nada, minha amiga Vivian do “Flores e Livros” (Obrigado,Vivian), até me ajudou, dizendo que eles já cresceram e até se beijaram. Se até Mônica e Cebolinha cresceram, estou ficando velho. Em termos gerais, foi só uma sátira e toda sátira, assim como a caricatura, tem um pouco de exagero. A sátira é uma caricatura escrita. Estou explicando isso para não parecer que falei mal dos meus herois e heroizinhos, porque tinha vontade de ser um pouco de cada um deles. Acho que sou porque só o poeta tem o super poder de viajar por todas as esferas e dimensões.

18 comentários:

Vivian disse...

Bom dia,Carlos!!

Ah!...Mas não tinha exagero...eu adorei seu texto!!!Só não me aguentei e te falei da Mônica( tenho dois filhos e meu menino tem os gibis...rsrsr), espero não ter sido indelicada...não foi a intenção.Me desculpe!
Mas não achei que falaste mal dos desenhos...ficou perfeito, criativo e divertido!!
beijos pra ti!!!
**O que,a Shena era lésbica???rsrsrsr

Carissinha disse...

Fui ler o texto anterior para entender qual tinha sido a sátira.

Eu gostei.

Beijos!!

Marly Bastos in "palavreados ao vento" disse...

Não exagerou Carlos, e acho que todos entenderam a sua exposição dos fatos. E fatos são fatos. E você foi bem light quanto a essas histórias pois não enveredou pelas mensagens subliminares, pois aí o bicho pega de verdade.
Beijos e obrigada pela mini história CB.

Mariz disse...

Carlos, como sempre adoro qdo vc conta algo.. li muitas histórias em quadrinhos, adorava fazer isso com um belo sanduiche..rsrs ficava muito mais gostosinho...mas, ainda bem q não engordei, foram muitoooosss....hehehe. e hj ainda paro qdo a tv tá ligada e um desenhinho do Donald ou qualquer um da época, me fascina.

Li o post anterior...acho q é charminho feminino...quem ama ama...

beijos de boa tarde...Mariz

Sandra Botelho disse...

Ah eu li agora e achei barbaro, nada demais.
Fica tranquilo. Agente vem ler e admirar teus escritos e em nenhum momento julgá-lo. Beijos achocolatados

Carla Fernanda disse...

Carlos ainda tô aprendendo. Poderia te ajudar falando que DESAPEGO tem 8 letras e 8 é meu número de sorte. Já é um bom começo?
kkkkkkkkkk
Boa noite!

Carla Fernanda disse...

Eu lia muito gibi. Ainda leio!
Beijos

Malu disse...

Carlos ,


Nem precisava explicar !
Torno a dizer , adorei sua visão realista e em nada desmereceu
gibis , heróis e afins ...

Bjo grande.

TERE disse...

Vim devolver a visita, ler um bocado e deixar um abraço.

claudete disse...

Beleza Carlos faltou apenas referenciar os queridos meus: Bolinha, Luluzinha, Popeye, Olívia ( turminha dos Gibis que mexeram com minha cabeça,rsssssss. E a turma do faroeste? Qual o lugar deles nas tuas recordações? Tô adorando, quero a parte III!
Abraços.

Estrela disse...

Amei seu texto! Além de inteligente é cheio de humor!
Bjão!

Aleatoriamente disse...

Olá Carlos.
Agradecendo a visita.
Interessante o texto.

Abraço.
Fernanda

Luciane Morais disse...

Ah! Eu gostei tanto do seu texto, com muita sinceridade e real. Eu gosto de pensamentos críticos.
No explique, no!
Dejar como está, porque es bueno.

Eu tb gosto de desenhos animados, só que é o seguinte: "nem tudo que reluz é ouro". Ok!

Meu desenho preferido do momento - Os castores pirados. Me divirto!

Abraços,
Lu

Everson Russo disse...

Olha meu amigo, até o nascimento da minha sobrinha mais velha,,,isso, há 31 anos atras, eu tinha milhares desses gibis,,,girava entre walt disney e mauricio de souza,,,era muito bom,,,adorava,,,depois que as crianças,,,hoje não tão crianças mais nasceram,,,eles foram dizimados...rs..rs...abraços de bom final de semana pra ti..

IT disse...

Já li tanto gibis de Rosinha e Chico Bento, quem sabe não seja tb por isso a menina de trancinhas que sou? Quem sabe! Rssss

E você não se equivocou em nada, nada mesmo, fez sentido suas colocações.

Beijinhos meus

Eduardo Medeiros disse...

carlos, sempre achei maldade demais dizerem que o batman, o cavaleiro das trevas, era uma amazona das trevas...kkkkkkk
mas atualmente, ele teve um caso com a talia, filha de um dos seus inimigos o ra'as ghul.
(nada contra os gay. a versão ultimate do colossus é gay)


abraços

ValeriaC disse...

Com certeza, ser poeta é ser capaz de viajar, passear pela imaginação mesmo...por mim, não precisava se explicar em nada, amigo...achei super bem humorado seu texto.
Beijos...
Valéria

JGCosta disse...

Amigo, por mim estava tudo certo, sem por nem tirar!

Abraços!