ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

terça-feira, 24 de maio de 2011

DESENHOS MUITO ANIMADOS


Há um tempo vi um pedagogo importante dizer que os desenhos animados e os quadrinhos têm sensualidade e violência. Violência eu já sabia. Fiquei em dúvida na época se concordava com ele, até porque não citou exemplos. Com bom humor, hoje digo que concordo, mas darei detalhes. A Margarida namora com o Donald, mas de vez em quando sai com o convencido, metido e sortudo Gastão. Pôxa, o Donald é tão gente boa, não merecia isso. A Olívia Palito namora com o marinheiro boa praça, o Popeye, que faz mundos e fundos para ela, mas ela anda dando bola pro grosso do Brutus. A Minie diz que ama o intelectual, o investigador Mickey, mas vive dando brecha pro falastrão do Ranulfo. O que há com essas mulheres afinal? Não gostam de bons moços? Esperto e certo mesmo é o Zé Carioca. Mexeu com a Rosinha dele, o bicho pega. A Clarabela dá até bola pro Pateta, acho até que ela seria fiel, mas ele é sonso demais, nem percebe. A Mônica e o Cebolinha, dizem que o Maurício, de quem sou fã, vai colocá-los em idade juvenil e vão dar o primeiro beijo. Essa eu pago pra ver. Tomara que a Mônica lhe dê um belo de um beijo de língua, a ponto de arrepiar ainda mais seus cinco cabelinhos e ele nunca mais vai chamá-la de dentuça. E tomara que o Cascão aprenda a tomar banho para criar uma rivalidade aí. Sem banho ela não vai querer. Aí vocês vão ver dois amigos de infância rolarem na terra. Mudando para os herois, imagino Tarzan e Jane fazendo loucuras naquela selva, ela com aquelas coxas de fora, de tanguinha. Prepara o cipó,Tarzan, que a fera está solta. Dizem as más e as boas línguas que os dois fazem um triângulo amoroso com a Chita. Tem lógica porque antes da Jane aparecer, ele já morava com a macaca. E a Mulher Maravilha com aquele modelito apertadíssimo mostrando suas curvas e seios em sutien meia taça? Ainda bem que o Super Homem é de aço, porque a Mulher Maravilha é um mulherão. Quer mulher mais sexy e fatal que a Mulher Gato, com aquelas roupas coladas, dando em cima do Batman? Só que parece que ele prefere o Robin. Bem isso é direito dele. Assim como a Shena que deve papar todas aquelas guerreiras. Aqui pra nós também, a Mulher Gato é bem piriguete, né? Ai, que medo he he! O Hulk nunca vai pegar ninguém, só anda mau humorado e de roupa rasgada. Qual mulher vai querer isso? Além do mais que cama vai aguentar? E mesmo se fosse no chão, qual mulher aguentaria o movimento de quadris de um cara daquele tamanho? O autor tinha que criar uma Hulka pra ele, coitado. Talvez por isso ele anda tão nervoso, não pega mulher. Thor, esse é meio doidão, mulherengo, beberrão, não quer compromissos, mas pega um bocado de mulher. O cara é pinta. Alto, loiro, cabelos nos ombros e está sempre de martelo para cima. No final, eu gosto mesmo é do Homem Aranha. Apesar de heroi, é um jovem universitário, cheio de contas e problemas, divertido, enrolado, mas ama Mary Jane. Só não gostei no filme em que ele a fez chorar, repetindo uma cena de cabeça pra baixo, beijando uma moça, tal qual fizera com ela no filme anterior. Juro que antes da cena se concretizar, falei assim olhando pra tela. "Pô cara, não faz isso".
Bem, é assim que eu vejo o mundo dos quadrinhos e imagino que os autores colocam ali o que se passa dentro deles, assim como o poeta, que também pensa que é heroi e põe no papel sua identidade secreta... porque a vida real é uma máscara só.

32 comentários:

Ane Santos disse...

Seu blog é lindo!
Visite o meu e se gostar dos textos, que na maioria são de minha autoria, passe a seguir!
Aqui:
http://umalampadaacesa.blogspot.com/

claudete disse...

KKKK dei muitas gargalhadas, quando penso que vou "malhar" os autores, você fecha minha boca e entope minha verve, rs,rs,. Perfeito Carlos, você é mesmo muito criativo e observador. Não sei se vai valer este comentário , não sei o que ocorre com o Blogger, mas alguns Blogs só estão aceitando comentários anônimos , outros nem isso. Adorei!

Amapola disse...

Boa tarde, querido amigo.

Eu sempre adorei essa turma toda, mas nunca vi nada nas entrelinhas.
Lembro-me de quando começaram falando do Batman. Achei estranho um personagem fictício ser alvo do preconceito também.

Acho que é porque o meu ponto de vista é feminino.

Não fique bravo comigo. Adorei seu texto.

Beijos no coração.

Esplendor da Criação disse...

Oi Carlos.
A maneira como descreve não dá mesmo para deixar de dar boas risadas. Mas no fundo é bem isto mesmo e concordo com vc quando escreve...imagino que os autores colocam ali o que se passa dentro deles... em toda mensagem sempre tem uma segunda mns contida nas entrelinhas, e geralmente nos passa desapercebida. Só os mais espertos percebem!! Bjs.

Wanderley Elian Lima disse...

Genial. Nunca tinha visto por esse ângulo. Você me convenceu. Parabéns pela criatividade.
Grande abraço

Amapola disse...

Ai, amado... Obrigada! Obrigada mesmo...

Beijos.

Majoli disse...

uiaaaaaaaa, adoreeeeeiiiiii
Ri bastante com tudo isso, que mente fértil hein Carlos?
Essa merece aplausos!!!

Beijos meu amigo.

Fatima disse...

Ah Carlos!
Só vc mesmo!
Bjs.

Malu disse...

Carlos,


Adorei sua visão , nunca tinha olhado por esse aspecto ...
Super interessante e inteligente.



Bjo de Boa Semana.

Marly Bastos in "palavreados ao vento" disse...

Pois é menino, a ficção é o reflexo da realidade?
Concordo com a sua explanação sobre o assunto e acho que às vezes em nome da liberdades de pensamentos acabam extrapolando nessa exposição. Nos filtramos essa malícia e violência, as crianças não.
Um abraço Carlos
Ps: Nenhuma ganha de mim!

dja disse...

rssssss Carlos como sempre vc com esse seu olhar pras coisas, adoroooooo

Beijos meu poeta que doloooooo.

José Sousa disse...

Amigo Carlos!
Você colocou um poste bem interessante. Com toda a certeza e eu ao ler me fez rir bastante. Não só pelos famosos Pateta, Donaldo etc, mas pelo facto do que vc comenta! Sabe que isso não acontece só com eles, isso é o espelho da humanidade hoje em dia. Mulheres e homens se atraisoam constantemente. Por mim lhe digo, já não acredito na fidelidade de mulheres.

Um abraço grande.

Sandra disse...

Belo ponto de vista.
Está comprovado que a sexualidade está presente em tudo, até nas histórias infantis.
Quando li " A psicanálise dos contos de fada" choquei. Perde toda a magia. kkkk
Beijinho

Everson Russo disse...

Muito louco e muito interessante o texto,,,rs,,rs,,,e pode ficar tranquilo...sem traumas,,,o Tião Macalé foi brincadeira...rs...rs...rs...abraços de bom dia pra ti...

Abraão Vitoriano disse...

bem criativa sua forma de abordar tal tema, gerador de polêmicas e muitas discussões. acho importante que se tenha outras linguagens para além das tradicionais, mas requer certo cuidado para que não caia no universo da frivolidade, e assim, contribua para o fomento de preconceitos e visões equivocadas.

boa reflexão!

eu, menino-homem
você, menino beija-flor
nas asas da palavra, do amor

abraços,
fique com Deus!

Marlene disse...

CARLOS O PESSOAL VAI CERTAMENTE PRESTAR MAIS ATENÇÃO NESTA TURMINHA AI,PARABENS PELA CRIATIVIDADE
ADOREI UM ABRAÇO POETA,
MARLENE

Tatiana Moreira disse...

Adorei!!! A criatividade está a flor da pele!
______________________________

Você faz parte da alegria que eu estou sentindo... Por essa razão conto com a sua presença em meu blog, participando do sorteio que será realizado!
Sinta-se carinhosamente abraçado.

Vivian disse...

Bom dia,Carlos!!!

Adorei!!!Incríveis suas comparações!!rsrsrs
Mas amigo...você está atrasado...já tem a Mônica joven, que já deu o primeiro beijo no Cebolinha!!E sim o Cascão toma banho...mas não esqueça que ele namora a Cascuda...e olha que o Maurício caprichou nas meninas!!Estão lindas, bem crescidas!!Tem o Gibi!
(Mãe tem que ser bem informada...rsrsrsr)
Adorei como seu texto flui!!!
Estou aprendendo...um dia terei uma técnica boa de escrita!Não esquece de me dar uns toques...aprecio muito a sinceridade!!
Beijos pra ti!!
Um texto maravilhoso e muito divertido!

Vivian disse...

Oi!!

Que bom que se atualizou!!rsrsr
Este negocio de não gostar de tomar banho é bem coisa de menino...rsrsr
O meu já passou por esta fase...e claro mão deixo ficar sem banho!!!rsrsr
Toma banho reclamando, mas toma(vou conferir...rsrsr).
Já minha filha é bem mais tranquila e adora tomar banho!!
Agradeço qualquer dica que puder me dar!Obrigada!
Espero o email!Beijos!

Zéia disse...

Meu amigo menino beija-flor.
Saudades.
Vc é um mimo de Deus. vc tem tdo para ser um menino feliz.Mt feliz mesmo! Parabens!!! Aplausos com toda honra que vc merece pelas suas poesias. Valeu a pena reler. Amei.
Gostei da pose da galã... E infelizmente a moça não foi feliz fazendo acepção de pessoa. Isso é pobre. É lamentável. Aos meus olhos ela é uma pobre coitada. Tadinha. Mas sabe? Também faz parte do amadurecimento do nosso caráter. "Todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus; daqueles que são chamados segundo o seu propósito."Rm 8. 28 -
Beijo no seu coração.

Sandra Freitas disse...

Oiêeeeeeeeeeeeeee
Vortei.......... apareci de novo
tava com saudade dessa blogsfera..hehhehe
Olha só eu adoro desenhos...e realmente todos tem um toque de realidade dispensável para algumas idades, mas como você disse os autores acabam falando um pouco deles mesmos...
Agora essa tirinha do cebolinha ficou bem safadinha...
Como assim????hehheh

bjokas
Bom vortar...

Janita disse...

Eta, Carlitos,
que animação vai nestes desenhos animados!
Adorei isto e ri a bom rir.
Sabe bem ler um post assim, pra descomprimir.
Eu acho que esse pedagogo tinha razão, sim! A violência eu dispenso e à garotada também não fazia falta ver.
Agora, essa sensualidade até que é bem gostosa.

Imagina que até o tate-bitate do Cebolinha, deturpou o sentido da pergunta da Mónica!!!

Parabéns, Carlos.

Janita

Ane Santos disse...

Obrigada pelos elogios! E que bom que gostou do blog.
http://umalampadaacesa.blogspot.com/

Aleatoriamente disse...

Carlos ,não vejo por esse lado.
Na verdade com você citando até observo, mas uma criança ao assistir este s desenhos jamais iriam discernir desta forma.
No quesito bater como a Mônica faz com cebolinha, deveria ser usado como um aprendizado.
(É feio bater no coleguinha, ou em qualquer pessoa, veja como ficou feio o que Mônica fez!).
Mas infelizmente já vi até pais dizerem aos seus filhotes: se alguém bater em você e você não revidar apanha de mim. Já vim em praças e em lojas.
A infidelidade vai de cada um, há pessoas que nunca traíram.
Acho que é questão de escolha interna.
Nós mulheres somos fortes, seguras, sensíveis, apaixonadas, delicadas tudo na medida certa.
Basta o nosso oposto ser mais gentleman, e menos exigente. Então se igualando a nós seremos felizes.
A vida real é real, mas são algumas pessoas que as fazem dissimuladas.
Mas há um ditado que diz: por um, paga todos né?
Que Deus nos acuda!

Abraço Carlos.
Fernanda

Luciane Morais disse...

Belíssimo texto!
Isso, é uma grande verdade, meu amigo.
Assim, como os desenhos animados que a criançada ama ver na TV. Mas, que carregam certas concepções, que podem afetar de maneira negativa a mente da criança.
Aí, cabe aos pais conduzir a educação de seus filhos.

Abraços,
Lu

Everson Russo disse...

Um belissimo dia pra ti meu amigo...abraços.

ValeriaC disse...

Muito legal seu texto Carlos...realmente a imaginação da gente voa...
Beijos e feliz dia...
Valéria

Nathália (Ná) disse...

Carlos meu amigo, ri muito. Nunca vi sobre esse ponto de vista, acho que quando somos crianças não enxergamos certas coisas. BJS!

Eduardo Medeiros disse...

carlos, é isso mesmo. todas essas dimensões sensuais estão nos quadrinhos há muito tempo. eu, que leio quadrinhos de super-heroi até hoje, posso ver que inclusive, essas sugestões estão mais explícitas. é só ver como os desenhistas (principalmente o brasileiro ivan reis e o deodato) desenham os corpões das heroinas! é cada bunda e cada coxa que não estão no gibi. com a licença do trocadilho...rs

IT disse...

Perfeita maestria
Perfeita analogia
Perfeita visão...
que só os mestres tem.

Beijos com admiração!

IT

Close up! disse...

Fartei-me de rir!
ADOREI!
É bem verdade,muito bem visto,mesmo!
Eh,eh!

JGCosta disse...

É meu amigo, a malícia está presente em tudo que se olha com malícia!

Abraços renovados!