ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

sábado, 2 de abril de 2011

TARDES DE ABRIL


Eu sabia
que eu não estava morto, nem vazio, nem frio.
Que dentro de mim habitava um querer, um ser
com um sentimento a brotar.
Que em minhas veias corria um rio caudaloso
intenso, generoso, ansioso por regar.
Eu tinha certeza que ainda havia o romantismo
escondido nas gavetas do meu peito
que andou mesmo meio sem jeito
por não ter a quem entregar.
Ah... eu sabia
que o ocaso não é um acaso;
Precisamos passar para resplandecer em aurora
como me sinto plenamente agora.
Eu sabia que o amor não havia acabado.
Estava só guardado, estancado
como numa represa que você abriu
naquelas tardes de abril.
O rio dentro de mim encontrou o mar.
Abrace-me porque agora eu vou deixar jorrar.
///////////////////////////////////////////////////////////////////////////

34 comentários:

Carla Fernanda disse...

Querido!
Que bom! Que lindo!
Beijinhos e ótimo final de semana!!
Carla Fernanda

Impulsiva disse...

Ai se estas tardes de abril me fizessem o mesmo bem...
Lindo poeta!!!!
Beijos,
Kenia.

José Sousa disse...

Amigo Carlos Soares!
Vim lhe lêr, como sempre procuro amigos para nos tornar-mos seguidores. Gosto da forma em que escreve os seus postes, lindo poema! é muito sentido o que nos descreve!
Convido-o a me seguir no meu novo blogue:

http://transpondo-barreiras.blogspot.com

Um abraço e um bom inicio de semana.

Everson Russo disse...

Belissimo meu amigo,,,nada é por acaso na vida,,,sendo amor então...abraços de boa semana pra ti....


amanhã cedo seu livro será postado..

Mariz disse...

Carlos,

Ainda bem q vc não o deixou perder, viva em toda intensidade esse sentimento, sem medos.

mil beijos e bom domingo!

Secreta disse...

O acaso nunca é um acaso... e o amor corre dentro de nós como rios, como mares, como fogo.

Sandra disse...

Ainda bem que as tardes de Abril são prazeirosas para ti poeta!
Abril para mim tem a marca de morte(perdi 3 pessoas que amava sempre no mês de Abril). Coincidência, destino, seja o que for...Foi inverno na minha vida.
Beijo

Pelos caminhos da vida. disse...

Quero passar muitas tardes de abril aqui com vc Carlos...

beijooo.

Sonhadora disse...

Meu querido amigo

Lindo poema...lindo amor, que seja eterno.

Deixo um beijinho
Sonhadora

Anne Lieri disse...

Carlos,que linda e apaixonada poesia!Adorei essa declaração de amor!Ficou muito bonita!Bjs,

Marcia Morais disse...

belo post meu querido!emocionante!bjos!

nd disse...

Oi Amigo,

Lindas tardes de Abril....
E ele só está começando....muita coisa pode acontecer.
Que vc tenha muitas tardes de Abril, meu amigo.

Bjs !

nd disse...

Oi Amigo,

Lindas tardes de Abril....
E ele só está começando....muita coisa pode acontecer.
Que vc tenha muitas tardes de Abril, meu amigo.

Bjs !

Elaine Barnes disse...

Abril e o céu lindo que ele tem, só poderia trazer o amor na mais pura essência. Poema lindo e sensível, repleto de romantismo com a gente gosta de ler. Montão de bjs e abraços

Parole disse...

Você exala o amor em palavras...

Uma linda noite.

Beijo.

Elaine Castro. disse...

Eu tambbém sabia Carlos.
Gostei muito deste texto.

Beijão.

Wanderley Elian Lima disse...

Olá amigo
Que esse rio de amor, corra por todas as estações.
Grande abraço

Evanir disse...

Querido amigo uma bélissima semana,
beijos meus ,,Evanir.

www.aviagem1.blogspot.com

Marcia disse...

E passar uma tarde de abril aqui neste espaco, é gratificante.
Uma linda e feliz semana!

Sandra Botelho disse...

Então que o amor jorre...E seja cachoeira...beijos achocolatados

IT disse...

Tardes,manhãs e noites de abril,nunca haverá um poeta morto,nem vazio muito menos frio!Que jorre todas ondas no mar dos nossos corações.

Perfeitas 'tardes de abril'

Beijos meus

Elzenir Apolinário disse...

Amei, Carlos, tão original!!! Eu ando mexendo nas gavetas também...vc viu, não é? Sorte p nós. Bjs

*** Cris *** disse...

E numa tarde de abril, de maio, de junho...o amor se fazendo presente não importa a estação.
Bjs!

Maria José disse...

Tem homenagem para você no meu blog, fui audaciosa?

Bjs

meus instantes e momentos disse...

lindo como sempre.
Maurizio

Everson Russo disse...

Um belissimo dia pra ti meu amigo,,,abraços fraternos...

Meias de Seda (Suzy) disse...

Belo poema!
Hoje tirei o dia para visitar meus amigos poetas. Minha alma está alimentada...rs
Um abraço ;)

Arione Torres disse...

Oi amigo, bela postagem, tenha uma ótima semana, fica com Deus.

Tatiana disse...

Que maravilha meu Amigo...
Quando o rio corre para o mar e nele se deixa jorrar é por que o milagre da criação os tocou e a natureza toda em ação os compõe.
Fiquei encantada com o que li!
Desejo para você um dia repleto de dádivas!
Um abraço carinhoso

dja disse...

uiaaaaaa que lindo Carlos.

vc desagua em mim e eu oceano até me fez lembrar.

Que vc tenha muitos abril com menina flor

beijos no coração dos dois.

Paoli disse...

Lindo meu amigo poeta...

"Eu tinha certeza que ainda havia o romantismo
escondido nas gavetas do meu peito"

Enigma disse...

Um abraço forte e cheio de carinho. É bom poder ler esse amor nas tardes de Abril, que seja para sempre. Um beijo da amiga Enigma. Kiss!! Kiss!!

JGCosta disse...

Certas coisas nunca morrem, fazem parte da nossa essência, podem até se ausentar, mas um dia retornarão a nossa presença!

Grande abraço meu amigo!

Dayse Sene disse...

Bom dia amigo!
lindo poema...cada dia mais inspirado.
Um lindo final de semana.
Um grande abraço.