ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

quinta-feira, 28 de abril de 2011

SÓ UM POETA SÓ


O que será que meu corpo clama nessa cama?
O que será que ao meu peito inflama?
O que será que meus olhos choram...
que meus poros afloram?
O que será que minha alma grita...
Que meus punhos agita?
Que me tira o sono...
que me renega, que me relega, que me assombra
que me cobre de sombras de abandono?
O que será que eu peço e não meço...
não meço a consequência, a incoerência.
O que será que me leva à displicência
de pensar que um dia terei respostas à todas essas perguntas?
Nem sempre perguntas e respostas andam juntas. Por que será?
Quando será que vou parar de perguntar o que será?

20 comentários:

Catia Bosso disse...

Calma... As respostas chegam quando menos esperamos...
E o que te açoita????
E o que te seduz?????
E o que te compõe????

Alguem, certamente também pergunta...

bj.

✿ chica disse...

Perguntas que não tem resposta sempre temos pela frente...
Será? um abração,chica

Evanir disse...

Querido amigo..
Fiquei muito feliz em saber que gostou de estar em homenagem na minha doce Viagem
Para onde ? Ah!!não sei ..
A lição que estou tendo com meu blog é muito grande.
Dou me ao luxo de procurar mais e mais Portugueses para meu blog..
E estou tendo uma idéia daquelas colocar os homenageados para indicar um blog de Portugal assim que minha lista estiver no fim.
Boa idéia que acha disso amigo?
Querido como gosto de ler postagem ri muito daquele fusquinha também tirei de tudo aquilo uma lição.
A humildade desse seu amigo.
Sua ultima postagem foi ótima ..
Querido não fica bravo comigo alguém já disse que você tem olhos tristes?Eu não sei porque acho seu olhar triste..
Eu sempre tive olhos tristes só agora descobri porque.
O tempo vai mostrando muitos porque
aos 16 anos um namorado me disse
apesar de ter lindos olhos verdes são tristes.
Foi a unica coisa que me fez nunca esquecer dele .
Eu descobri o porque anos depois.
Nossa chega..
Linda noite beijos e beijos meus,,Evanir.


www.aviagem1.blogspot.com


www.fonte-amor.zip.net

Carla Fernanda disse...

Nunca querido!
O que será que me bole por dentro?
Beijos,
Carla

Estrela disse...

Somos seres questionadores, nunca iremos parar de perguntar e nem sempre teremos as respostas necessárias. Às vezes,quando paramos de pensar nas perguntas que fazemos,as respostas nos chegam.
Bjão!

Parole disse...

Menino Beija-Flor
um menino e
todo menino
faz muitas perguntas,
pois quer abraçar o
mundo das coisas.

Como sempre belíssima reflexão, querido.

Beijinhos e uma linda noite.

Marly Bastos in "palavreados ao vento" disse...

Meu querido,
Só para de perguntar quem desistiu da aprender. Creio que no seu caso, nunca.
O que é a vida sem interrogações,sem questionamentos? A resposta pra tudo vem com o tempo, e se não vir, não fará falta, pois saberá que fez as perguntas certas. Respostas é outra história.
Concordo Carlos quando comentou sobre a futilidade do que nesse dia prende a atenção do povo brasileiro. Comentei isso quando estava vendo o Jornal Nacional. Acho um absurdo perder-se tanto tempo com reportagens idiotas e frívolas. Ainda bem que temos criticidade pra voltar nossos olhos para coisas melhores.
Obrigada pelo carinho Carlos, eu também tenho grande admiração por você e pela sua sensibilidade.
Beijos no core.

Juliana Sphynx disse...

Estou de volta te seguindo!!
=D

Bom final de semana!!
=)

Wanderley Elian Lima disse...

Nunca meu amigo, a vida é um eterno questionamento.
Abração

Everson Russo disse...

A solidão sempre provocando a inquietude do poeta...momentos unicos de poesias...abraços fraternos de bom final de semana....

Sandra disse...

Perturbador e angustiante...
Quem saberá as respostas?
beijinho

Carla Fernanda disse...

Abraço dado já na aniversariante!
Obrigado duplo para você!
Bom dia!!
Carla

Vivian disse...

Bom dia,Carlos!!

Vamos ter sempre perguntas...nem todas terão respostas...faz parte de viver...as vezes não estamos preparados para receber as respostas...
Prefiro ser como os filósofos...vivo a indagar...a procurar...a pesquisar...um dia encontro as minhas respostas!!
Paciência amigo...um dia de cada vez, se hoje tem tumulto no coração, amanhã pode ter calmaria e mansidão...
Beijos!!

нєllєи Cαяoliиє disse...

as perguntas se calam,quando sentem as respostas te tocar!
enquanto isso,deixe-as entoar dentro de ti!
Bom fim de semana!
Beijos

Edna Lima disse...

"O que será?
Geralmente, menino não sabe mesmo as respostas.!
Um belo final de semana pra ti conterrâneo.
Bjs Edna.

Anne Lieri disse...

Carlos,acredito que somos seres inquietos,de mentes que questionam e nunca iremos parar de perguntar!Podemos apenas,silenciar a mente por alguns instantes,mas as perguntas nos mantem vivos!Lindo e reflexivo seu texto!Bjs,

dja disse...

Acho que nunca meu poeta
Não tem aquela frase, quando a gente acha que sabe todas as respostas vem a vida e muda todas as perguntas.
Somos assim.

beijos

Carlos passa lá em casa tem carinho pra vc lá.

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Concordo com você,Cátia, mas às vezes na gente doi mais. Beijos
///
Sempre Chica,vem e voltam. Beijos
///
Oi, Evanir. É um orgulho enorme pra mim estar lá. E sobre meus olhos serem tristes já me disseram sim, algumas vezes.Mas eu sou feliz.Beijos
///
Com certeza,Carla.O que nos bole
é mesma coisa. Beijos
///
Pois é,Estrela. Quem sabe quando eu parar de perguntar, elas chega, não é? Beijos
///
Oi,Parole. Acho que você acertou. Beijos
///
Sim,Marly. Questionamentos fazem parte, mesmo sendo no vazio da madrugada. Beijos
///
Que bom que voltou, Juliana. Bemvinda sempre.Beijos
///
Verdade, Wanderley.As inquietações. Um abraço
///
Inquietações de solidão que o poeta extrai versos, caro Everson. Um abraço
///
Descubra pra mim,Sandra.Beijos
///
Um poeta não sossega, né Vivian?Talvez seja isso. Beijos
///
E como entoam, Hellen. Parecem sinos dentro do coração. Beijos
///
Menino é menino, né Edna? Gostei da sua "resposta". Beijos, conterrânea
///
Acho você tem razão,Anne Lieri. Perguntas incomodam, mas também nos mantém vivos. Mas tem vez que doi. Beijos
///
Vou tentar deixar rolar, Dja. Dolei. Beijos

Zélia Cunha disse...

Carlos, a vida é uma incógnita,por isso vale a pena viver. Através do questionamento chega-se a pistas,mas nada é definitivo...
Seu espaço é ótimo, passa lá no meu.Tenha um bom final de semana.Bj.
zelia

ValeriaC disse...

Meu amigo, acho que nem voce, nem ninguem vai conseguir parar de perguntar...e algumas vezes ficaremos sem respostas...
Beijos...
Valéria