ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Paulo Diniz - I Want to Go Back to Bahia.wmv


I don't want to stay here
I want to go back to Bahia :||

Eu tenho andado tão só
Quem me olha nem vê
Silêncio em meu violão
Nem eu mesmo sei porquê

De repente ficou frio
Eu não vim aqui para ser feliz
Cadê o meu sol dourado?
Cadê as coisas do meu país?

I don't want to stay here
I wanna to go back to Bahia

Via Intelsat eu mando
Notícias minhas para "O Pasquim"
Beijos pra minha amada
Que tem saudades e pensa em mim

I don't want to stay here
I wanna to go back to Bahia

http://www.vagalume.com.br/paulo-diniz/quero-voltar-pra-bahia.html#ixzz1JVUBNxDV
GRANDE PAULO DINIZ
/////////////////////////////////////////
VOLTANDO PRA BAHIA. DOMINGO ESTAREI LÁ.

19 comentários:

Wanderley Elian Lima disse...

Adoro essa música, faz parte da minha estória. Obrigado por postá-la.
Abração

valquiria calado disse...

Louvai-o, sol e lua; louvai-o, todas as estrelas luzentes. Salmos 148:3


Meu querida, a baiana aqui te diz, bem vindo.

Mostrar um sorrisão ai, xero.

valquiria calado disse...

Louvai-o, sol e lua; louvai-o, todas as estrelas luzentes. Salmos 148:3


Meu querida, a baiana aqui te diz, bem vindo.

Mostrar um sorrisão ai, xero.

Majoli disse...

ADORO POR DEMAIS DA CONTA ESSA MELODIA.
Ah que delícia voltar no tempo.

Boa viagem meu amigo.
Beijos no coração.

✿ chica disse...

Legal essa música e bom retorno pra ti! abração,chica

Eliete disse...

Carlos, que presentão você me deu. Adoro esta música e fazia muito tempo que não a cantarolava.Boa viagem, bomretorno, bjs

Paula Barros disse...

Pensei em ir para a Salvador na semana santa, mas desisti.

Paulo Diniz é da cidade da minha mãe, Pesqueira-PE.

Então, boa viagem e bons momentos.

abraço

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Esa já cantei muito com a galera debaixo de árvores ou sentado no meio fio. Tempo bom!!!

Janita disse...

Olá Carlos.
Fico contente com o teu regresso!
Não conhecia a canção e adorei.
Tudo de bom para ti e todos os que amas, aí, desse lado do Atlântico.
Abraço amigo.
Janita

Dri disse...

Ja cantei demais esta musica.
Não que ela seja da minha epoca...kkkkk
Pq estas recordações costumar entregar a idade, dai me arrepio toda.

Beijo

Sandra Botelho disse...

sabe que cantei muito essa musica...Boas lembranças...beijos achocolatados

Jorge disse...

Poeta amigo, obrigado por me fazer relembrar esta música.

Um grande abraço!

Elaine Castro. disse...

Muito bela esta letra.

Um grande beijo.

Vivian disse...

Bom dia,Carlos!!

Senti saudades...então vim visitar!
Linda música!!
Boa viagem!!Cuide-se bem!
E volte logo!!
Beijos
Bom final de semana!

Eduardo Medeiros disse...

vai prá boa terra...rssss

morei muitos anos em salvador e o meu pai é baiano. a música ilustrou bem a sua viagem. ela já virou clássico. ou cult....rss

abraços

garoto cientista disse...

Olá meu amigo, um grande abraço e um ótimo final de semana.

Pena disse...

Precioso e Amigo Poeta:
Fascinam os seus sensíveis versos perfeitos numa voz sublime.
Adorei.
Parabéns pelo seu talento gigantesco.
Abraço amigo pelo génio que o "habita" em "explosões" poéticas de sonho.
Com respeito e estima.
Sempre a admirar o que escreve com pureza e beleza imensas.

pena

MARLY BASTOS disse...

Que beleza essa recordação beija-flor!

Eu também me sentava no gramado do colégio, onde tinha sempre alguém com um violão na mão e cantávamos essa música umas trocentas vezes.
Beijokas e uma semana memorável Carlos e obrigada pelos parabéns.,

dja disse...

Adoro essa também

Eu tenho andado tão só ...quem me olha nem me vê rsss.

adoreiiii

beijos meu poeta querido.