ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

DIAMANTE


( imagem thumbs.dreamstime.com )
Se até os diamantes precisam ser lapidados,
se até a flor mais linda tem espinhos,
por que eu seria perfeito?
Se o rio corre torto pro mar,
eu também posso chegar, não importa o jeito.
Então me deixe ser assim.
Buscar a perfeição é o maior defeito.
O arco-íris é lindo, mas apenas enfeita o céu;
não existe pote de ouro, o maior tesouro está em amar .
Seja o que tiver, eu aceito, mas só quero o que mereço,
pois, também só ofereço o que posso dar.
Perdoe meu coração mais noturno que a própria noite.
Obscuro, soturno nesse açoite de timidez.
Que me aquieta. E me inquieta.
Entenda minha forma doce de egoísmo
de querer ser o centro de você... de tudo... do universo.
Repare nos versos que ando a escrever;
falam de mim, mas nas entrelinhas está você.
Desculpe meu olhar perdido, distante
Desculpe meu jeito menino,
talvez a alma seja gigante.
Desculpe se eu choro, se demoro
pra chegar, pra sorrir.
Talvez eu seja um diamante
e o melhor brilho ainda esteja por vir.

Desejo para mim e meus amigos a verdadeira lapidação, a melhor evolução, a da alma, o rejuvenescimento espiritual, sem os quais toda e qualquer discussão para melhorar o mundo, será inútil. Que todos viremos bebês.

30 comentários:

Denise disse...

E que assim seja!
Grata pela sempre presença em meu blog e por tão delicadas palavras.

Um ano de Luz e serenidade a você e MUITO amor e alegria,afinal a vida precisa de movimento do coração.

carinho
De

Elaine Barnes disse...

Ai amigo, a recíproca é verdadeira! Sabe aqueles poemas e textos que a gente não consegue comentar? rs...É isso também. Eu descrevendo a trajetória das lágrimas de felicidade e você sobre o diamante do amor. Ninguém dá o que não tem, então recebo aqui esse diamante ofertado por quem já é o próprio brilho de amor.Parabéns, lindo...Lindo...E Lindo esse texto.bjão

Sofia Duarte disse...

Eu sempre digo que a imperfeição é a perfeição das coisas... Porque ser-se imperfeito é o que nos faz ser diferentes, que nos faz evoluir, que nos faz sermos especiais...

Porque se o mundo fosse completamente perfeito, não haveria diferenças entre todos, uma perda enorme... O mundo acaba por ser perfeito, e talvez a maioria do tempo é pelas suas imperfeições...

Um abraço e um feliz natal!
Estarei fora pelos próximos dias, mas continuará o blogue a postar por mim (bendita a hora que inventaram as postagens agendadas...)

Sofia Duarte

Clecilene Carvalho disse...

Que lindo Carlos!

Buscar a perfeição é o maior defeito.
Talvez eu seja um diamante e o maior brilho ainda esteja por vir.

Então desejo que com a chegada de um novo ano seu brilho ilumine o coração noturno e que seu choro seja só de alegrias.
Beijos.

Everson Russo disse...

Ah meu amigo, esse seu coração e essa sua alma já estão bem lapidados, claro que nós como seres humanos, quanto mais aprendemos, mais temos a aprender, quanto mais amamos, mais temos que ser amados e amar e claro, quanto mais somos lapidados como seres, mais precisamos dessa lapidação, estamos sempre prontos ao proximo caminho, a busca intensa que nosso coração se propõe, vejo sempre em seus versos uma beleza a mais, algo diferente alem do horizonte, sabe aquela coisa que ainda não foi descoberta? pois é, voce tem em seus versos, uma ternura, uma paz, uma intensidade diferente, sua sensibilidade é a mesma da linha do horizonte,,,voa longe....forte abraço meu querido, tenha um belo final de semana, muita paz e muita poesia...

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Justo e merecido meu elogio lá,Denise.Beijos
///
Obrigado, Elaine.Sempre carinhosa.beijos
///
E isso aí,Sofia. As diferenças são a balança do mundo. Beijos
///
Obrigado, Clecilene. A você também.Beijos,volte sempre
///

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Obrigado,amigo Everson. Você me faz um comentário desses logo numa época dessas, me emociono,né? Assim não vale. Retribuo da mesma forma. Buscar essa perfeição como ser humano, devemos sim, buscar. Não busco muito as materiais,mas tudo que possa melhorar algo em volta, busco sim. Na verdade,até as materiais acabam acontecendo quando a gente alcança a plenitude espiritual, acabam se fundindo. Estou até tentando fazer um texto sobre isso. Um abração e ótimo final de semana

Wanderley Elian Lima disse...

Amigo Carlos, viver é se lapidar a cada dia, é tentar crescer espiritualmente e se tornar uma pessoa melhor.
Abração

SONHADORA disse...

AI AI AI AI AIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII
TÔ MARAVILHADA........E NÃO SO.....

AMO VER O ARCO-ÍRIS, ELE ME DA,O QUE ME FALTA NO MOMENTO,
ALENTO PRA OLHAR O CÉU SEM DEIXAR AS LÁGRIMAS, SEREM MAIS FORTES DO QUE EU;
ENTÃO, VOU CONTINUAR A OLHAR ESTE CÉU,QUE TAMBÉM É TEU É NOSSO É MEU,
MEU AMOR NO CÉU PROSTRADO
ILUMINANDO O MUNDO,
A TUA PERFEIÇÃO ME TORNA EGOÍSTA, SINTO TUA LUZ, QUE ME CONDUZ.......

BEIJO

Glória Müller disse...

Ai Carlos... Alma de menino, coração de poeta, só poderia se transformar mesmo neste ser muito especial que é você!
Que texto mais linndo... Meu Deus, quanta sensibilidade!!

Beijos e boas festas!
Glória

Luciana P. disse...

Gosto mesmo dos poetas. Você e o Everson dão um show nos versos. A gente viaja junto nas poesias, entra, mergulha e sente o próprio personagem dos sentimentos que ali estão.
E que imagem linda você combinou ao poema. Tem ainda o jogo de palavras "inquieta", "aquieta", ficou muito lindo.
E pra terminar, acho que o coração dos poetas já nasceu lapidado.

Beijos, Carlos, um lindo dia pra você.

Silvana Nunes .'. disse...

Que minhas emoções sejam equilibradas; que a harmonia seja instalada em minha alma; que meu coração seja a morada permanente do amor: que o ele seja infinitamente a força que me sustenta, mantendo-me unida a todos os meus irmãos. Que a cada amanhecer eu seja preenchido pelos raios de Sol.
Que Nhande Rú me permita espalhar por onde eu andar o seu ensinamento, e que todos os que através de mim sentirem a presença do Amor, o levem adiante a todos outros que encontrarem pelo caminho.
Que Assim Seja !
Desejo uma noite de Natal Próspera e de Sucesso,.
Saúde e Paz!
Silvana Nunes.’.
FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER...
Em: http://www.silnunesprof.blogspot.com

sandra Freitas disse...

Meu amigo poeta de amores gigantes, amo sua poesia, por que ela fala de todos nós...
"Repare nos versos que ando a escrever;
falam de mim, mas nas entrelinhas está você"
Obrigado pela visita, ando meio tristinha, mas logo melhoro.
Bjos de diamante..
Bom final de semana.

Triste Flor disse...

LIndo poema, lindo o blog, parabéns.

Adriana disse...

Olá, amigo Carlos!

Apesar de não postar, férias, não consigo ficar sem visitar os "blogonautas" que sigo, por isso aqui estou.
Concordo com o comentário da Luciana, os poetas já nascem lapidados e aos poucos vão lapidando os que estão à sua volta, com seus versos. Pois eles "vêem o mundo com os olhos da alma". (Li no blog Poesia do bem esta frase- adorei).

abçs
Adriana

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

OBRIGADO A TODOS. TODOS OS COMENTÁRIOS ME EMOCIONARAM MUITO. QUE BOM QUANDO AS PESSOAS CAPTAM NOSSA MENSAGEM.

Amigo,Wanderley.Resumiu bem tudo.Um abraço
///
Palavras belas,SONHADORA.Obrigado,beijos
///
Obrigado,Glória.Digo o mesmo de você.Beijão
///
Oi,Sandra Freitas,.Não fique triste
///
Oi,Triste for.Quero que seja "feliz flor".Volte mais.Beijos
///
Oi,Adriana.Que bomo que osp oetas contagiam à sua volta.Sinto-me incentivado a querer fazer sempre o melhor.Beijos e boas férias

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Obrigado nova amiga Silvana Nunes.Quero você mais vezes aqui.Gostei deseu comentário. Muito equilíbrio.Beijos

Ricardo Calmon disse...

Olá eterno mininu poeta,difícil missão essa após ler comentários sob mesmo post,assim viver é pura magia,a arte de amar,a si mesmo contundentemente,para competencia ter dos semelhantes seus e a vida,amar!Tu estás pronto mio caro!
Tu poeta és!
Te abraço!

Viva A Vida Meu Bom Escriba!

Higor disse...

Post muito interessante!

JR disse...

Se já viéssemos perfeitos ,qual o significado de nossa volta aqui?
Se a vida é uma eterna escola ,onde aprendemos e ensinamos , até chegarmos ao brilho deste brilhante ,muitas estradas ainda vamos percorrer.
Chegar a perfeição é nosso objetivo primeiro ,só não nos esqueçamos de nos doar por inteiros.
Esta epoca natalina é um bom começo para pensar e depois praticar novos rumos na nossa vida em busca da melhor lapidação ,que certamente é estender a mão amiga a todo e qualquer irmão.
Abraços fraternos

Carlos Soares disse...

Adoro esse Carlos

Reflexo d Alma disse...

Passando pra te ler,
pra reler outros posts,
pra desejar linda noite
e ainda dizer:
Que bom esse bálsamo bendito chamado poesia.
Bjins entre sonhos e delírios

S.C. disse...

Bonito!
Obrigada pelos posts q deixou no meu blog, respondi lá ok...volte sempre!
Bjus...

paula barros disse...

Estamos sempre nesse processo de lapidação.

Embora muitas vezes não temos paciência nem com o outro, nem com a gente mesmo, nesse processo do ser melhor.

abraços

HSLO disse...

Gostei muito da sua postagem. Eu também te desejo tudo de bom. Que DEUS possa iluminar a evolução da sua alma.


Axé.


abraços
de luz e paz.

Hugo

Sandra disse...

Venho lhe agradecer, pelo seu imenso carinho. Amizade e ternura. Vc. que me acompanhou por um bom tempo. Se fazendo presente todas as manhãs, em todos os meus blogs.
Hoje só tenho é agradecer esse momento lindo da nossa amizade.
Que 2010, seja repleto de a alegrias, amor e saúde. Que no próximo ano, nossa amizade, continue tão bela, quanto agora.
Muito obrigada pelo seu imenso carinho
Sentirei saudades suas. Estou indo de Férias, e só retornarei em Janeiro. Passe lá e leve seus cartões.
Deixo um grande abraço. FELIZ NATAL E PRÓSPERO ANO NOVO!
Com muito carinho
Sandra

BANDEIRAS disse...

Amigo Carlos, passamos toda nossa vida nos lapidando, e feliz daquele que acredita que esta lapidação é toda a vida.
Pq tem sempre alguma coisa a melhorar.
Diamantes se lapida uma vez e ele brilha para sempre, humanos precisa de lapidaçõ sempre, pq estamos sempre precisando de mais brilho.

Amigo do peito meu, tenha um lindo fim de semana c/ sua lindinha flor Anita que eu amo de paixão.


BEIJOS AOS DOIS !

Sonia Schmorantz disse...

Natal...
É o mês de confraternização Agradecimento pela vida
Bênçãos ao filho de DEUS
União, amor, reflexão!

Que o bom velhinho traga um saco cheinho de paz,
harmonia, fraternidade
Que o gesto de ternura se estenda de várias mãos
Que ao som dos sinos
O amor exploda em toda direção!

FELIZ NATAL!
UM ANO NOVO DE FÉ E SUCESSO!

Everson Russo disse...

Meu amigo, seus comentarios são posts, suas respostas são posts...rs..rs...voce temo dom, concordo plenamente contigo, quando a gente coloca o espiritual na frente, a busca eterna e intensa da felicidade e ela é alcançada, automaticamente os materiais tambem aparecem, penso ser o pleno da felicidade, primeiro a alma, o bem material e a calma...abraços e otimo sabado pra ti....

Majoli disse...

Ah que lindo isso.
Sabe Carlos, no meio dos meus versos, até dos que rabisco em casa e não posto, sempre "ele" está presente.

Também tenho um pouco dessa forma doce de egoísmo, de querer ser pra esse alguém o centro...ah.

"Talvez eu seja um diamante e o melhor brilho ainda esteja por vir"...que lindo isso.

Sei que me emociono e choro, e agora então nessa fase de querer me reerguer, seu poema me fez chorar.

Beijos com carinho meu amigo.