ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

terça-feira, 17 de novembro de 2009

SEMANA DE DECLARAÇÃO DE AMOR À POESIA- QUANDO ACENDE O FAROL


Luzes não brilham à toa
Elas vêm coroar um momento bom
ou clarear um outro ruim
e tantas coisas acontecem
quando o farol se acende pra mim.
Quando acende o farol
iluminando mais que o sol,
revela uma identidade secreta
fazendo-me poeta
declarando o que a alma não pode guardar.
Nessa hora, eu cresço,
nessa hora apareço,
pois, é hora do espírito falar.
Quando o farol se acende
minha alma se rende
num instante gigante
retratada num papel,
nem todo mundo entende,
mas compor poesias é como estar no céu.
E é de lá que vem essa fonte ou essa luz
seja lá qual for o nome
que nunca se consome,
que me conduz,
fazendo-me um homem eterno
em poesias que vão ficar
provando que a morte leva,
mas não pode nos apagar.

24 comentários:

Barbara disse...

Farol Sol Farol.
Tudo de bom por aqui!

Edna Lima disse...

Há... as luzes que iluminam meus sonhos.
Belíssima poesia.Grande bj conterrâneo. Edna

Gilson disse...

Carlos

Você está numa fase ótima, me surpreende a cada dia com uma poesia mais bonita do que a outra. Com essa poesia, na minha opinião, você se superou.

"Quando acende o farol
iluminando mais que o sol,
revela uma identidade secreta
fazendo-me poeta"

Muito show

Abs

Everson Russo disse...

Meu amigo poeta,tenha a certeza que essas luzes são mais fortes que o sol, que qualquer luz que exista na Terra, é a sua luz interior, luz essa que te faz poeta, te faz amar, te faz ter a percepção do mundo ao seu redor, percepção essa vista de uma forma completamente diferente, de que tem luz propria...belissimo...abraços e um otimo dia pra ti.

Everson Russo disse...

Meu amigo poeta,tenha a certeza que essas luzes são mais fortes que o sol, que qualquer luz que exista na Terra, é a sua luz interior, luz essa que te faz poeta, te faz amar, te faz ter a percepção do mundo ao seu redor, percepção essa vista de uma forma completamente diferente, de que tem luz propria...belissimo...abraços e um otimo dia pra ti.

Nathália F. Cortez disse...

Lindo Carlos, simplesmente lindo, Deus abençoe cada vez mais essa sua mente privilegiada.

Quantos pensamentos lindos ainda estão guardados ai dentro?

Beijos!
Ná!

(Carlos Soares) disse...

Luzes,farol,amigos,versos. Tudo isso é poesia.Obrigado Bárbara e conterrânea Edna.
///
Valeu, Gilson,tenho feito boas viagens ao seu blog também.
///
Sim Everson,essa á nossa luz. E temos que nos orgulhar dela. Aquela mesma dita no poema anterior,lá do berço.
///
Obrigado,Ná. O pensamento não para mesmo.beijos

Layara disse...

Menino, que Linda Luz desse Farol que acende Poesias...

Amei! amei! que me enrosquei...rsss...

Quem escreve Poesias
Capta dos ceus as letras
que os anjos todos os dias
jogam ao vento...

e elas estão sempre banhadas de perfume de sentimentos tantos.

Beijos!c

Mariana disse...

Carlos li este e as poesias abaixos, e confesso não tenho muito o que dizer, além de contar-te que fiquei maravilhada.

Beijos!

Chris... ჱܓ disse...

Que poema hein!!
A luz que existe em cada um de nós, nunca apagará...
"A morte vem, mas a nossa luz continua"
Perfeito.
Linda declaração de amor à poesia...

Que sua luz seja sempre assim, iluminamdo os coraçãoes de quem te ler.

Grande poeta!

Bj!!

Majoli disse...

M A R A V I L H O S O ! ! !

A M E I ! ! !

Faltou-me palavras, por isso as poucas que deixei, em letras maiúsculas.

Beijos meu amigo.

Wanderley Elian Lima disse...

Amigo Carlos, realmente o farol que ilumina nossa vida e nos conduz a um porto seguro, com certeza serve de fonte de inspiração para aqueles que
têm no coração a luz da poesia.
Forte abraço

paula barros disse...

É muito bom a escrita vinda da alma. Transforma quem escreve. Emociona e muitas vezes leva quem ler a reflexões.

Quem escreve, quando emocionado escreve, não imagina a alma que vai tocar, e que mudanças pode provocar.

O entendimento do leitor fica por conta dele, que isso nunca interfira no escrever.

abraços

paula barros disse...

Carlos,

só uma sugestão, pensa em tirar essas letrinhas de verificação, atrapalha que só na hora de comentar.

bjs

Sonhadora disse...

Everson
Lindo poema...gostei muito
Beijos
Sonhadora

Carlos Albuquerque disse...

Olá, Carlos

Tem coisa que a morte não leva - aquilo que o homem constrói e deixa.
A poesia como você escreve, que morte a consegue levar?
Ela fica, é eterna, como a memória de quem a escreve.
Um abraço, xará!

(Carlos Soares) disse...

Ei,Paula. Essas letrinhas que eu também acho uma chatice, nao fui eu quem pus.Você sabe como tirar? O moderador tive que colocar porque andei recebendo umas mensagens mau educadas, não tenho a mínima ideia de quem possa ser,mas tive que por.obrigado pelo comentário e sugestão

paula barros disse...

Carlos, veja se dá certo assim:
Você entra em configuração....

configuração/comentários/exibir uma confirmação de palavras para os comentários? ( não)

(Carlos Soares) disse...

Ei,Paula.testa aí pra ver se deu certo.Tão fácil,né? Obrigado,Beijos

paula barros disse...

Sem letrinhas. Ufa!!!! rsrsr

Vamos ver se fazemos isso com outros blogs, e assim facilitamos para nós.

obrigada pela atenção.

Vc fez uma visitante feliz. rsrsr

AFRICA EM POESIA disse...

Com o meu arco íris venho deixar um beijinho
Amanhã vou para o hospital militar do porto sou operada 5º feira.
Se tudo correr bem venho passado poucos dias... Aqui a minha poesia vai continuar gosto muito de ti...




ARCO-ÍRIS


É a alegria da vida...
Vejo no arcoo-íris...
A união do mundo...
As cores...
Estão unidas...
Estão juntas...
E formam...
Apenas um só...

Mas...
Sem atropelos...
Sem emaranhados...
Sem ódios...
Cada uma...
Ocupa o seu lugar...
E calmamente...
Encosta-se à cor vizinha...
E deixa-se embalar...
Com um suspiro...

Como eu gostava...
Que os homens...
Fossem como o arco-íris...

Que cada um respeitasse...
O seu espaço...
E respeitasse o próximo...
Para poder também...
Ser amado e...
Ser respeitado...


LILI LARANJO

Laurita disse...

Poeta que vais escrever
Nas linhas do coração
Podes, tua alma perder
Desistir, e até morrer
Mas a tua poesia, NÃO!

Beijócas poeta.

almarude.blogspot.com

Fatima disse...

Oi Carlos!
Gostei da sua sugestão lá no blog, já anotei.
Aguarde e confie.
Bjs.

~~ºº ~Beatriz ~ºº~~ disse...

Ói meu querido amigo, quando as luzes da alma se acendem fazem lembrar o farol da barra que dá orientação aos navios que passam no mar.
Beijos de luz em seu coração