ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

sábado, 12 de fevereiro de 2011

SAINDO DO DIVÃ - VOCÊ


Muito feliz com tantos comentários. Quanta gente bacana no meu blog. Infelizmente não estou conseguindo responder como fazia antes no meu blog. Quando morava em Minas tinha mais tempo. Mas saibam que leio todos com carinho e alguns até me emocionam. O poema abaixo é uma sequencia da postagem anterior, alguns já conhecem, mas como tem muita gente nova no blog( graças a Deus), resolvi relembrar essa fase importante de autoafirmação para mim. Um abraço, amplo, geral e irrestrito.
VOCÊ
Você faz perguntas.
Busca, rebusca.
Perde-se no labirinto de seu ego.
Vai ao analista para falar de insônia
e dos fantasmas que o assombra.
Mas,será que está cego e não vê a resposta à sua sombra?
Você único que é,
você de pé é tudo,está em tudo.
O que é permitido?E o proibido?
O ódio e a flor?
O que é o beijo?...
a máscara de Judas ou uma declaração de amor ?
Faz diferença noite chuvosa ou estrelada
se você está nela?
Você existe, você “É”,
é o mais importante...
grão de areia ou gigante.
Você é único no universo,
quem pode imitar?
Certo ou errado, quem pode julgar?
Quem é o juiz, quem é o réu?
O que você acha do inferno e do céu?
Nada faz diferença,
pois, bem e mal são irmãos
fazendo a história se dando as mãos.
Dois rios diferentes desembocam no mesmo mar .
Você pode nadar nesse mundo, mergulhar fundo
com a certeza que é parte ativa
na grande locomotiva
ora árdua,ora divertida
que traça os caminhos da vida.
///////////////////////////////
Espero que não se importem. Tenho postado fotos pessoais porque pegar imagens da net é complicado, mesmo citando o autor. Acabei de acordar, vejam a foto. Agora vou ali ver o mar.

15 comentários:

IT disse...

VOCÊ...

É lindo por que é assim!

Simples
Sincero
Transparente
Belo e natural!

Ah!Atire flores ao mar em forma
de poesia....ele irá gostar!rs

Edna Lima disse...

Falta pouca coisa para eu ser tudo!
Adorei!
Um grande bj conterrâneo. Edna.

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Carlos
Já fiz terapia durante muito tempo, e adorei. O que ouvi do psicólogo serviu para me orientar e ajudar a mudar conceitos e valores , que tanto me incomodavam.
Abração

Paula Barros disse...

Carlos, neste processo de autoconhecer-se é interessante o muito que surge de nós mesmo, e aí, você nos traz este belíssimo poema. Somos dualidade, inquietações, buscas...e daí nasce os artista, os poetas.

E se um dia gostar de alguma foto, é só pegar, e colocar meu nome pequenininho, nem precisa ficar indicando o blog.

abraço, bom final de semana.

Pérola disse...

Eu em particular adoro colocar fotos minhas rs.
Acho que vc já percebeu né.
As pessoas te visitam pq seu blog é gostoso e a gente se sente bem nele.
Tudo muito lindo,faço minhas as palavras da minha grande amiga IT.
Beijokas meu lindo!!!

Elaine Barnes disse...

Terapia é ótimo e todo mundo deveria conhecer. Na verdade nos mostram os instrumentos que temos pra lidar com os incômodos. Norteia a nossa vida. Belo poema sobre a dualidade que existe em nós,a escolha de ser único. Montão de bjs e abraços

Jorge Nectan disse...

Se dois rios desembocam num mesmo oceano, todos os oceanos são interligados num todo.
Em Deus todos somos um, indivíduos exclusivos, únicos, sendo Deus o todo e nós uma gota que faz o rio, que vivendo e crescendo desemboca no oceano.
Meu amigo, somos tão importantes, individualmente, que, sem a nossa existência, o universo seria manco pois somos criaturas de Deus.
Grande poeta, um forte abraço!

Hugo de Oliveira disse...

ah! não vejo problema em colocar fotos pessoais, fica até mais original a postagem.


abraços
de luz e paz

dja disse...

Oie Carlos, que o mar esteja uma delicia, nada como um mergulho depois de uma semana cheia.
bjinhoss no coração adorei a carinha de cabei de sair da cama rsss.

Dri disse...

Oi amigo...
Li que esta sem tempo.
Mas tem um selinho com perguntinha em meu blog pra vc.
Adoraria conhecer saus respostas.

Bom fim de semana

Dri

garoto cientista disse...

Olá meu querido amigo, que bela postagem, parabéns, como ja estava om saudade deste seu cantinho especial que é aqui, peço mil desculpas pela ausência, mas está tudo mudando derrepente. Assim que as coisas se estabilisarem, que eu comprar outro pc e contratar net novamente, espero voltar ao normal, um eterno abraço.

olhar disse...

Carlos...você sempre tão querido!!
E é LÓGICO que você está em meu mundinho!!!!

Beijos em seu coração!!

Bia

Mylla Galvão disse...

VOCÊ... OBRIGADO PELA VISITA!
e ADOREI O GALO TER BATIDO SEU TIMECO DENTRO DA ARENA DO JACARÉ COM TODA A SUA TORCIDA LÁ PARA ASSISTIR A DERROTA DE VCS!

BOM DOMINGO!

Amapola disse...

Boa noite, Carlos.

Que poema lindo... É bom repetir a postagem porque surgem novos amigos que ainda não leram.
Eu já o sigo há algum tempo.

Um grande abraço. Maria Auxiliadora (Amapola)

Tenha um fim de semana abençoado.

Sonhadora disse...

Meu querido amigo

Gostei de ler o homem, por trás do poeta.

Deixo um beijinho
Sonhadora