ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

AVENTURAS DO CARLOS- GOLEIRO POR UM DIA


(IMAGEM google- menino maluquinho, criação de Ziraldo, um dos orgulhos de Minas )
CLIQUE NA IMAGEM
Tem situações que a gente tem que resolver na hora. Outras demandam mais tempo, mais cuidado, mas as inusitadas, repentinas, quando não se tem muita escolha, são na hora mesmo. Eu tinha uns quatorze anos e a gente tinha um timinho bem arrumadinho. Arrumadinho em tese, quase nunca tinha reservas, goleiro era só um. O importante é que a gente era feliz. Ninguém tinha dinheiro, mas uniforme, bola e apito, não faltavam. Jogávamos torneios entre bairros, íamos longe de ônibus para jogar. Haja picolé e falatório dentro do ônibus. Estávamos jogando num bairro bem distante, perdendo de 2x1, nosso goleiro caiu de mau jeito e quase quebrou o punho, só sei que deu um caroço enorme na junta e teve que sair. Gritaram. "Carlos, vai pro gol". "Eu, pro gol? Nunca fui goleiro. Tá doido?". Como se diz, quando falta goleiro, mandam o pior jogador pro gol. Tudo bem que eu não era um Ronaldinho Gaúcho, mas também não era tão ruim assim, era bom corredor, liso, ágil. Tudo bem, fui. Amolado, mas fui. Marcelo, um dos poucos grandes do nosso time, preocupado por eu ser franzino, perguntou. "Você aguenta, Carlos? Vai encarar? Os caras são grandes e chutam forte". Sem querer, dizendo isso ele me deu injeção de ânimo. Falei. "Claro que sim. Sou um homem ou um rato? Pois não vai passar nem uma bola aqui mais". Dizem que a palavra tem poder e tem mesmo. Não passou mais nada, agarrei como um campeão do mundo, pulava pra lá, pulava pra cá, voava, os adversários xingando... "que m... de goleiro é esse?", e meus amigos me abraçando a cada defesa, que nem eu sei como fazia. Só sei que estava gostando. Final. Ganhamos de 4x2. Na volta no ônibus e por quase uma semana, no bairro, na escola, comentário geral. "O Carlos agarrou demais. Parecia um gato". Eu brincando. “Mas eu sou um gato”. “Você não foi, perdeu, tinha que ver o Carlos no gol". "A gente tem um goleiraço e não sabia". Tentaram me efetivar no gol, mas eu não quis. Pensei. "Nem eu mesmo sei como fiz aquilo. Melhor ser heroi um dia do que sair frangando depois e esse dia em que deu tudo certo ficar esquecido. Ser goleiro é muito difícil. Deixe que eles guardem na memória esse dia feliz. De nossa comemoração, nossas risadas e blá, blá, blá no ônibus, nossos gritos de guerra. Momentos assim não se pode manchar. Daqui a pouco, nosso goleiro que é mesmo goleiro, estável, equilibrado, volta, e eu continuo correndo no campo. Meu negócio é correr, correr, correr". O curioso é que nunca deixei de ser escalado, mesmo sendo um jogador muito comum. Aquela turma gostava de mim. E assim foi meu dia de goleiro.

13 comentários:

Chica disse...

Muito legal essa experiência e ficou bem marcada,rsrs abraços,chica e linda semana!

dja disse...

aeeeeeeee Carlos goleiro rsss
Até eu queria tá aí pra ter visto, o grande dia do goleiro, é na verdade melhor mesmo parar quando estamos no auge,rsss.
bjos, Carlos já disse que adoro vir aqui e ler vc?
bjosss moço goleiro.

Wanderley Elian Lima disse...

Eu no seu lugar teria frangado uns 10 gols, aliás em qualquer posição era um fracasso.
abração

Dayse Sene disse...

Boa noite querido(a)!
Fiz uma pequena homenagem aos meus amigos seguidores, gostaria que você tomasse conhecimento.
Está nessa página.
http://blog.daysesene.com/2011/02/para-voce.html#more
Beijos

romantic disse...

o menino so vendo para eu crer ,hem ? rs bjos! adoro tua visita!

Everson Russo disse...

Sei,,,"sou um gato"...rs..rs..rs...boa essa,,,,mas é isso meu amigo,,,do inesperado saem os grande nomes,,,atletas...lembra do Raul? nem camisa tinha,,,arrancou de um amigo a amarela e pimba,,,o resto a gente sabe,,,no meu caso,,,o gol não foi de boa experiencia,,,apesar do meu tamanho...rs..rs..rs...até bola recuada passa...rs..rs..rs...então me defini como atacante,,,aquele que é ruim tambem,,,mas chato,,,sempre arruma um jeito de chutar,,,e ainda digo mais,,,não sei se o dia de São Carlos seria o mesmo se eu estivesse no ataque adversario...rs..rs..rs..rs...brincadeira amigo,,,abraços de bom dia....

claudete disse...

como é bom lembrar coisas boas que aconteceram na nossa vida, não? O melhor é ver como um adolescente também pode ser sensato, você nos confirma um lado forte da sua personalidade : honestidade e humildade acasaladas, muito bonito isto Carlos e vemos que sedimentou e compõe na vida adulta a pessoa que você é, parabéns!

Paula Barros disse...

Lembranças. Você consegue tão bem aliar as lembranças com um ótimo texto. Quem ler chega a ver, a sentir.

abraço.

Mariana disse...

Ser goleiro é somente para os forte e os bons,
portanto,parabéns, grande goleiro.
Beijo

apaixonado disse...

Tempos bons esses de onde jogávamos muito futebol, sinto saudades até hj e ainda tenho vontade de formar um time de adultos. Me lembro que quando pegávamos situações onde diziam que os outros eram mais fortes e melhores sempre nos motivava e sempre venciamos. Queria ter assistido seu jogo, gosto de jogos disputados.
Abraço.

Sonhos De Deus disse...

A nossa alegria supera nossa tristeza, nosso consolo supera nossa dor, nossa fé supera nossa dúvida, nossa esperança supera nosso desespero, nosso entusiasmo supera nosso desânimo, nosso sucesso supera nosso fracasso, nossa coragem supera nosso medo, nossa força supera nossa fraqueza, nossa perseverança supera nossa inconstância, nossa paz supera nossa guerra, nossa luz supera nossa escuridão, nossa voz supera nosso silêncio, nossa paciência supera nossa impaciência, nosso descanso supera nosso cansaço, nosso conhecimento supera nossa ignorância, nossa sabedoria supera nossa tolice, nossa vitória supera nossa derrota, nossa ação supera nosso tédio, nosso ganho supera nossa perda, nossa resistência supera nossa fragilidade, nosso sorriso supera nosso choro, nossa gratidão supera nossa ingradidão, nossa riqueza supera nossa pobreza, nosso sonho supera nossa realidade... Nosso amor a Deus, ao próximo, à vida, nos faz superar tudo! (Pr. Edilson Ram)Uma semana de vitórias Deus é com tigo creia! TENHO UM BLOG GOSTARIA DE TI CONVIDAR SEGUIR O ENDEREÇO É:http://SNSDEUS.BLOGSPOTFICA COM NOSSO PAPAI já estou te seguindo te encontrei através de uma amiga,post teu comentario vai ser uma benção prs seguidores e visitantes uma semana com muita sorte de benção!!!

Read more: http://maustratosaoidosodenuncie.blogspot.com/2010/11/hospital-mae-de-deus-e-destaque-no.html#ixzz1E7RL70TT
Under Creative Commons License: Attribution

Everson Russo disse...

Um belo dia pra ti meu amigo..."Frangão", lembra dele? personagem do Maurico de Souza na revsita Pelezinho...rs..rs...abraços.

Meias de Seda (Suzy) disse...

Ótima crônica!
Abraços ;)