ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

TRANQUILIZANDO OS AMIGOS

Olá,amigos. A dor de cabeça passou. Obrigado por se preocuparem. Acho que é stress, também sem folga há 26 dias, às vezes acordando às quatro e meia da madrugada, indo até as 23h, não era para menos. Duplo problema, pois com isso não fiz mais caminhada que tanto gosto. Mas a partir de terça 25, ficarei quinze dias de folga. Mudando de assunto, se vocês vissem a imagem que vi ontem à noite atravessando na balsa: A lua cheia sobre o mar, estava tão clara que o mar parecia uma estrada larga e longa que saía lá no horizonte. Fiquei apaixonado, não só eu, mas todos os que estavam na balsa. Meu Deus, que coisa linda! Parecia que o mar e a lua estavam fazendo amor de tanto esplendor.
E tem gente que não acredita em Deus.
Um abração, amplo, geral e irrestrito.

9 comentários:

Wanderley Elian Lima disse...

Olá menino
Bom saber que já está melhor, mesmo assim se cuide.
Abração

Majoli disse...

Feliz em saber que você melhorou meu querido amigo.
Agora, essa cena que você viu, deve ter sido deslumbrante mesmo.
E que jeito gostoso de descrevê-la, parecia que o mar e a lua estavam fazendo amor de tanto esplendor...ai que mágico isso.

Beijos e bom descanso a partir de 25/01, aproveite.
Fique com Deus.

Mariz disse...

Q bom q está melhor querido amigo.

Cenas assim é q nos mostram como a vida é bela e como Deus existe em todo seu esplendor...vc não tirou uma foto?

beijos e um fds com muito amor!

IT disse...

Ah! meu querido amigo poeta.

Imagino a cena que presenciou!
Certamente ficou extasiado com a dimensão de duas criações divinas.

Eu que o diga Carlos!Tive também o privilégio de presenciar cenas inimagináveis e grandiosas assim.

Fico feliz que passou a dor de cabeça.
Se cuide Poeta.

Beijos meus.

Esplendor da criação disse...

Oi amigo, que bom que está melhor, tem que se cuidar sim e muito, para apreciar estas coisas linda que Deus nos dá, como o mar e a lua... eu fico imaginando... é esplendido.Abraços.

Paula Barros disse...

Muito bom saber que estás bem, que vai ter folga e se cuidar.

Com certeza você viu um momento maravilhoso de belo.

abraço, bom final de semana.

Elaine Barnes disse...

E Deus nos ensina sempre com esse amor entre a lua e o mar:simplicidade,luz,contemplação e paz. Passa até dor de cabeça né?! Que bom que melhorou! MOntão de bjs e abraços amigo e que seu final de semana seja de descanso viu!

Dayse Sene disse...

Lindo texto carlos... fala de flor e beija-flor, já amo. São duas prendas lindas da natureza.
já sinto saudades da suas visitas.
Bom te ver aqui e bom te ver em meu blog.(risos).
Um abraço carinhoso.

JoeFather disse...

Amigo, existem épocas no ano que respiramos somente porque não temos outra opção, se não caixão, por falta de tempo...

Ainda bem que existem apesar de tudo momento para reflexão!

Grande abraço e sorte!