ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

UMA SEMANA EM VÊNUS- CAVALGANDO


(IMAGEM papeldeparede/fotosdahora.com.br )
Venha, menina, vamos cavalgar nas rédeas do nosso amor
contemplando o horizonte em esplendor.
Não é preciso ter medo, isso não cabe
amar não tem segredo, é apenas deixar-se levar.
Para você que não sabe, a gente começa devagar.
Depois vai aumentando, eu seguro em sua cintura
assim se sentirá segura, nem vai ver o tempo passar.
Quando sentir um fogo, não se assuste, é o sol.
Apenas se ajuste ao brilho do farol,
o farol que nos ilumina.
Venha, menina, o prazer se descortina
e nos mostra um horizonte
o que é lindo está atrás do monte,
mas para que eu possa lhe mostrar, é preciso cavalgar.
Use seus dotes de mulher, feche os olhos se quiser,
apenas sinta como estou teso
encaixado, agarrado, coeso
aos seus prazeres, ao seus dizeres.
Se sentir alguma onda, uma energia pelo corpo
estaremos perto do topo do nosso cavalgar.
E a gente desce, e recomeça, porque a gente merece...
merece gozar...
como é bom gozar a vida,
de uma forma assim, desinibida,
mas é preciso cavalgar.

18 comentários:

Majoli disse...

Uauuuuuuuuu, que lindeza.
Que delicioso esse cavalgar do amor.
Amei meu amigo.
É bem assim mesmo quando a gente ama e é amado, é tudo magia.

Ulálá...rsrs.
Beijos carinhosos no teu ♥

Anne Lieri disse...

Carlos,um texto de amor muito bonito e sensual!Gostei de te visitar!Fazia tempo que não te encontrava!Bjs,

Anne Lieri disse...

Carlos,um texto de amor muito bonito e sensual!Gostei de te visitar!Fazia tempo que não te encontrava!Bjs,

HSLO disse...

Mais um bom texto...parabéns.

abraços
de luz e paz

Paula Barros disse...

A sutileza trazendo o sensual. Levando o leitor a ler de várias formas.

Me fez lembrar até da minha cavalgado, num cavalo kkk, lá no Pantanal.

Parabéns! Um poema inteligente e criativo.

abraço

Morena disse...

Carlos, li alguns dos textos e gostei muito.
=D

Voltarei mais vezes!



Beijos!

rosa-branca disse...

Bem meu amigo a coisa por aí está a ficar quente, quente, mas o amor é assim. Sensualidade á flor da pele. Beijos com carinho

Fatima disse...

Ah!!!
Tão lindo!
Bjs.

Secreta disse...

Cavalgar livremente pelos caminhos do amor...

Sandra Botelho disse...

Que lindo amigo...De tirar o folego e aquecer o coração.
Bjos achocolatados

IT disse...

Eu diria....

Quanta poesia cavalgando!

Além disso...
o poeta cavalga em seus versos.

Perfeito galope! Parabéns.

Anjo Bom disse...

Linda poesia transborda sensualidade sem ser vulgar. Você deve ter uma excelente musa porque só mesmo isso para explicar tamanha inspiração. Um abraço!

.l disse...

medo... bem disseste...
não devia haver lugar para o medo...
e é o medo que não nos deixa ir a lugar nenhum... nos tolhe os passos e quebra a alma.

A Viagem disse...

Que linda sua musica!!
Sua postagem tão esmerada.
Eu sou sua seguidora do blog do Everson .
E nessa noite vim deixar -te meu carinho.
Ao som dessa melodia deixo beijos carinhosos para você.
Uma linda quinta ,Evanir

Everson Russo disse...

Esse amor que cavalga longe,,,descobre mundos,,e se intensifica a cada verso...abraços de bom dia pra ti amigo...

ValeriaC disse...

Muito lindo e cheio de sensualidade, sensibilidade e amor seu poema...
Beijos...
Valéria

dja disse...

Nussaaaaa
Adorei Carlos hummmmmm
lindooooo
Bjinhoss Carlos.

Priscila Lima disse...

o amor é vida
a poesia é deslumbre traduzido em palavras

reflexos de amor

lágrimas de poetas

vida que espera que amanhã se completa!

abraço amigo POeta!

Priscila das conchas belas

(rimou...rsrs)