ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

sexta-feira, 1 de janeiro de 2016

2016... VAMOS FAZER DIFERENTE?


Particularmente o ano de 2015 foi bom para mim, eu nunca tive mesmo o hábito de ficar reclamando das coisas, aprendi a ser feliz de uma forma não materialista, o que não significa ser comodista, é bem diferente, é valorizar o que se tem às mãos em vez de reclamar o que perdeu, aliás, nada nesse mundo nos pertence, ganhamos um planeta para morarmos de graça, só precisamos cuidar melhor, afinal, ele é a nossa casa, e o dono um dia vai nos cobrar pelo desmazelo. No geral, 2015 foi um ano triste, pesado, muitas guerras, terrorismo, gente desrespeitando religiões, família desmontada, doenças novas como o tal do zica, doenças velhas como o câncer, a política cada vez mais suja, economia cambaleando, na tevê, na música, no cinema e na literatura banalidades venderam muito, intolerância nas ruas, ódio na internet, tragédia de Mariana... ufaaaa... mas será que 2015 só teve coisas ruins? Claro que não, mas as pessoas parecem que preferem dar ênfase às coisas negativas, o próprio Papa Francisco disse que é preciso divulgar um pouco mais as coisas boas, para ver se entra uma nova energia no mundo, a gente está precisando de um pouco mais de otimismo. Ainda sobre 2015, com tudo isso ruim que falei, eu pergunto: E o que fizemos para que o ano fosse bom? Será que não temos um culpa pelo menos pequena nesse bolo de horrores? Como nos comportamos com o vizinho, com o colega de trabalho? O fato é que as pessoas carregam guerras dentro de si. Outro ano começa, é tudo uma transposição, vamos passar para o outro lado com nova mentalidade, vamos levar outras energias, ao receber uma energia ruim não acolha, não canalize, canalizando vai estar irradiando, tudo isso interfere no dia a dia de todos. Vamos nos apoiar, remar juntos, tolerar mais, vamos nos desarmar. Numa guerra só tem perdedores, quem pensa ter vencido, também fracassou. Vamos promover um empate bom, reciprocidade de paz, mutualismo. Gosto de citar esse exemplo: Esfregue com bastante força duas barras de ferro, promova o atrito, no final verá que as duas saíram faíscas e as marcas ficaram, ou seja, as duas perderam, houve um desgaste das duas, essa é a reciprocidade ruim, e é isso que acontece com a gente quando brigamos com alguém, quando trocamos ofensas, sendo que um simples “deixar pra lá” evita discussão de horas, anos... e até morte. Que 2016 sejamos mais brandos, mais mansos, para que no final dele possamos dizer “QUE ANO LINDO”, pois se foi um ano lindo é sinal de que nós melhoramos como gente. FELIZ 2016!!!
=
imagem semeadorestrelas.blogspot.com - google )

6 comentários:

LUCONI MARCIA MARIA disse...

BRAVOS Carlos por isto gosto de te ler, você sempre límpido passando muita energia positiva, Deus o abençoe e que seu novo ano seja colheita do mais puro amor, bjos Luconi

Cidália Ferreira disse...

Carlos, excelente..Continua assim!

Feliz 2016
Beijos


http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Ivone disse...

Bom dia meu amigo Carlos, que seja um novo ano com boas continuações, eu acredito na evolução, embora nos pareça catástrofes, as coisas que não podemos entender!
Amei te ler, eu também não tenho queixas, só coisas boas me acontecem sempre, atraio isso para mim, com minha mente sempre focada no bem!
Que seja então, um ano de boas realizações para você e toda a sua família!
Abraços bem apertados!

Lu Nogfer disse...

Olá Carlos.

O teu texto ficou incrível! Sábias palavras. E que tenhamos um 2016 mais tranquilo e mais positivo.

Feliz ano novo!

Abraço!

lua singular disse...

Oi Carlos,
Falar da sua escrita é brincadeira. Parece mesmo um passarinho escrevendo-nos encantos.
Feliz Ano Novo
Beijos no coração
Lua Singular
( a postagem que fiz é um fervente escalda pés)

Magia da Inês disse...



Feliz 2016!!!
Cheiinho de tudo de bom!♩♫ه° ·.
❤ه° ·.