ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

quinta-feira, 4 de julho de 2013

A PEREREQUINHA FALANTE


Ouvia falar de um certo Grilo,
simpático, carismático, interessante,
mas conheci um outro bichinho no mesmo estilo...
a Pererequinha Falante.
Com sua cinturinha fina
lá vem a menina,
meu dia agitar.
Se estou com preguiça, ela me atiça,
puxa meu lençol
e diz que lá fora, tem um sol,
me chamando a brilhar.
Pererequinha danada,
que pula, dança e canta,
menina levada que me encanta.
Todo santo dia é essa alegria
lá vem ela com sua barriguinha branca,
desfaz minha carranca
e não consigo brigar.
Pererequinha estabanada, espevitada
tira tudo do lugar.
Pisa no meu pé
derruba meu café
sobe em cima da mesa,
mas não consigo expulsá-la
acho que vou beijá-la,
quem sabe, ela vira princesa.

3 comentários:

✿ chica disse...

Que amor! Linda poesia ,doce, boa de ler! Adorei! abraços,chica

Wanderley Elian Lima disse...

Oi Carlos
Vale a pena a tentativa.
Abraço

Maria da Graça Reis disse...

KKKK!!!!!!
Amigo,você anda pensando muito em pererecas.
Olha que sou psicanalista e tenho analisado suas postagens..
Remédio:
Acho melhor procurar uma princesa e esses pensamentos sumirão.
Beijo nomcoração.
Maria da Graça