ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

quarta-feira, 17 de julho de 2013

POR QUE TE DEITASTE?

( imagem marta Chicote- google )

Por que te deitaste?
Por que deixaste?
Maculastes uma linda história
cuja maior glória
era a candura, a brancura
sem mistura.
Por que manchaste teus lençóis?
Teu sorriso não tem mais o encanto dos girassóis
nem o brilho da estrelas.
Promessas... pra quê fazê-las?
‘Para sempre’, é tempo demais.
Não te queria santa, nem inocente,
te queria diferente,
mas eu não sabia que as maçãs são todas iguais.

Por que pisaste na única flor do deserto?
Agora o horizonte é incerto
Havia um oásis que estava logo ali,
mas que nunca mais eu vi,
depois que deitaste
que beijaste por aí.
Não há mais botãozinho,
foi-se embora o passarinho
jurando que não volta mais.
Que pena... as flores e as maçãs... são todas iguais.

8 comentários:

Nádia Santos disse...

Meigo! Bjus poeta.

Fernanda Oliveira disse...

Olá amigo Carlos,
Que linda poesia hein?
Toda harmoniosa, gostei muito!
Parabéns Poeta Menino Beija-flor!

Beijos da amiga Fernanda Oliveira

Wanderley Elian Lima disse...

Olá amigo
Dói quando o resultado não é o que esperamos, mas pra frente é que se anda.
Abraço

#*Marly Bastos*# disse...

Um poema dolorido heim Carlinhos?
Mas as flores e as maçãs não são todas iguais, elas são diferentes, embora muitas vezes parecidas...
Como sempre lindos versos.
bjkas doces.

✿ chica disse...

Lindo e bem inspirado questionamento?

ABRS.praianos, chica

Anne Lieri disse...

Triste quando acontece uma desilusão de amor!Muito linda sua poesia!bjs,

luna luna disse...

nada é como sonhamos, imaginamos, a realidade por vezes é crua demais
bjs

Louraini Christmann disse...

Gostei de ler.
Gostei do teu cantinho.
Vem conhecer o meu, vem!