ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

segunda-feira, 29 de julho de 2013

UM DIA APÓS O OUTRO...



Viver é uma beleza!
Impressionante é a natureza
que nos dá exemplo a toda hora,
ela dorme na escuridão,
e acorda em aurora.
Assim também é a vida
Que às vezes parece sofrida,
e por instantes a gente chora.
Assim  está meu coração,
colhendo flores,
dando risadas das dores de outrora.




22 comentários:

Wanderley Elian Lima disse...

O que hoje para ser tristeza, amanhã poderá ser alegria. É só saber esperar.
Abraço

Daniel Costa disse...

Um poema, uma pérola, de verdade na minha interpretação.
Abraço

Fernanda Oliveira disse...

Lindo poetar amigo Carlos!
É bem verdade que a vida é sofrida...
E é necessário aprender a viver...
Eu estou nesse caminho.

O choro pode durar uma noite, mas alegria vem ao amanhecer.

Beijos, da amiga Fernanda Oliveira

Anne Lieri disse...

É mesmo Carlos!Ás vezes somos mais contidos, mais tristonhos e depois que passa vemos que ficamos sofrendo por pouco!...rss...nada como um dia após o outro!Uma bela poesia!bjs e boa semana,

Nádia Santos disse...

Se foi triste o nosso dia
Logo teremos uma noite para dormir
Levantaremos cheios de alegria
Aguardando surpresas que hão de vir.


Lindo Poeta! Mais uma bela inspiração... bjinhos doces para ti.

Estrela disse...

Bom é a gente enxergar a vida da maneira como você descreve. Seja sempre muito feliz,Poeta Menino Beija-flor!
Beijos!

GUIOMAR disse...

Bom dia!amo suas poesias
Vim trazer-lhe uma flor do meu jardim de pétalas roubadas.

Élys disse...

Um belo poema mostrando que a vida é assim. Amanhã será um novo dia, certamente mais iluminado, mais feliz. É só saber esperar...
Um abraço,
Élys.

Vera Lúcia disse...


Olá Carlos,

Como diz a música: "Nada como um dia após o outro... tenho a virtude de esperar...". Acho que é cantada pela Marrom.

Lindos versos.

Abraço.

Eliete disse...

Carlos,seu blog faz bem para nossa saúde,mesmo! Bela poesia.bjs

Nina Filipe disse...

Amigo querido isto também é vida, entre um "ai" e um "suspiro" vai o entrevalo em que nem damos pela vida que passa.
Ela passa tão rápido que quando olhamos é manhã, viramos as costas e já é noite...adorei o poema lindo como todos o que escreve, tenha um santo e feliz dia com beijinhos de luz e paz.

Paula Barros disse...

A natureza muito nos ensina com os seus ciclos. E se a vida não fosse assim, seria insuportável.
abraço

Ritinha disse...

Ah! a natureza num todo e nossa vida embutida junto.
Adorei o que escreveu, leve e ao mesmo tempo profundo.
bjs
Ritinha

Dayse Sene disse...

Bom dia amigo Carlos!
Nada como observar a natureza, e com ela aprender.
Ela é sábia e nos será muito útil naquilo, que por vezes nos perdemos. Grande abraço.

Rosa Branca disse...

Assim como a natureza tambem podemos florescer e ficar lindos e iluminados, transmitir alegria e beleza. Tenha uma tarde maravilhosa.
Paty

Patrícia Pinna disse...

Boa tarde, amigo poeta. Lindíssimo!
Em poucos versos você disse uma infinidade de verdades lindas!
Bom quando conseguimos rir de sofrimentos passados, construindo uma nova estrada, novas expectativas, com um coração finalmente leve!
A vida sempre será assim, flores e espinhos, dualidades, que sempre aprenderemos alguma coisa de útil.
Lindos sorrisos e flores de montão para você.
Beijos na alma e obrigada pelo seu imenso carinho e amizade!
Te adoro!

Carolina disse...

Ola, que bonito poema, muito hermoso.
Saudacoes, um beijo.

© Piedade Araújo Sol disse...

e a vida é isso mesmo, para ser vivida com alegria!

:)

Arione Torres disse...

Oi amigo, devemos viver um dia de cada vez aproveitando o máximo da vida.
Tenha um ótimo final e semana, abraços!

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Carlosamigo

Como verás na Minha Travessa, eu sou mais prosa, mas também gosto de poesia, sobretudo quando ela é boa. E a tua é. O poema à Florbela Espanca encheu-me as medidas, porque ela é uma das minhas preferidas: As vossas Cecília Meireles e a Hilda Hilst são outras.

Em Portugal temos poetisas de gabarito. Elejo a Sophia de Mello Bryner Andresen (que tive a hora de conhecer, a Natália Correia (/com quem privei durante anos), a Luiza Neto Jorge, a Maria Tereza Horta (que também conheci) e muitas mais.

Porém a Florbela tem um encanto muito especial e guardo-a num lugazinho dentro de mim. Onde? Não sei; só sei que a adoro...

Abç

Henrique

Patrícia Pinna disse...

Bom dia, Carlos. Lindo poema, sabedoria nas palavras e encanto na realidade vivida.
Que bom que colhes o de melhor, certamente plantou lindas sementes para saborear de seus saborosos frutos.
Beijos na alma e tenha uma excelente semana de muita paz!

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Olá Carlos,vejo tantos amigos por aqui e somente hoje é que passeando pelos blogs,me deparo com o seu que é maravilhoso.
Se gostar de poesias,faça uma visita em meu espaço que será muito bem vindo.

abraços
Carmen Lúcia-mamymilu.blogspot.com