ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

CERTAS PALAVRAS


(imagem bichoesperto.com.br)
Palavras boas
são como abelhas que espalham mel,
provocam em nossos corações, uma festa.
Palavras más são como moscas
que só levam o que não presta.
Palavras de amor, palavras de adeus.
Palavras puras, palavras duras.
Palavras que acariciam,
ou que torturam numa teia.
Que incentivam e ativam...ou que derrubam
fazendo tudo parecer de areia.
Palavras que cantam, palavras que choram,
ou que ancoram um sonho e ajudam a fazê-lo,
ou que transformam em pesadelo.
Na notícia que chega... tem palavras.
No abraço que aconchega... tem palavras.
Algumas deixam felizes... outras causam dor.
Numa noite mágica de amor... tem palavras
que são muito mais que um gemido,
entram pelo ouvido e se acomodam no interior.
Dos gemidos, eu prefiro os “ais” do amor.
Palavras às vezes, ferem como ferro quente a alma da gente
e mesmo curadas, deixam cicatrizes vencendo até o tempo.
Eu não sou mudo e quero falar.
Não sou surdo e quero palavras a me acalentar.
Ainda dizem que palavras, são só palavras...
só se for pra quem não sabe usar.

12 comentários:

Sandra Botelho disse...

Como disse o prorpio Jesus:
O que contamina o homem, não é o que entra pela boca, mas sim o que sai de sua boca,
precisa dizer mais alguma coisa?
Como sempre perfeito o que escreveu.
Bjos meus e um lindo dia para você!

Ana Cristina Cattete Quevedo disse...

Perfeito!
Palavras bem usadas!

=)

Wanderley Elian Lima disse...

Bom diaCarlos
A palavra tem um poder incomensurável de elevar ou destruir . Por isso devemos tomar muito cuidado com elas porque não tem volta.
Grande abraço

Felina Mulher disse...

Carlos,
Outro dia estava pensando no poder que têm as palavras, não só as ditas, mas as escritas tbm e essas mais precisamente, pois ficam impressas em um papel.Por isso qdo estou com raiva,eu me isolo e choro e assim consigo aliviar, pois se eu falar na hora td que me vem à mente, concerteza vai cortar mais que uma navalha...Já viste uma felina com raiva?...saí de perto!
Belo texto o teu!

Beijos e linda terça pra ti.

Elaine Barnes disse...

Olá sumido! Td bem?Seu poema como sempre toca fundo na alma da gente. Cada frase é um passeio a reflexão. Aprender a usar as palavras. Creio que o tom delas é muito importante,por isso que dá tanta encrenca na net,ela não tem tom. Voc~e as vezes fala com amor e carinho, ou uma pergunta e o outro lado entende tudo diferente conforme o que está vevendo naquele momento. As palavras tem uma força absurda,mas, só o que muda a vida da gente é a atitude que delas vem. Amei seu texto amigo. Montão de bjs e abraços

~❤ ~º♥º ~Graciete ~º♥º~❤ ~ disse...

Pois é meu amigo, não é por acaso que se diz que uma palavra fere mais que mil punhais.
Muito dá escrever em tom e som das palavras, e também se diz que há três coisas que não voltam atrás,
o dia de ontem, a pedra atirada e a palavra dita.
Mas aqui, com as minhas palavras, te digo que gosto muito de você amigo do coração, e te deixo com mil palavras o meu beijinho de luz em sua alma linda

marjoriebier disse...

Oi, oi... fazia tempo que não aparecia aqui. Voltei e encontrei a delícia poética esbaldada em verso.

Que lindo!

=***

paula barros disse...

É isso! Você sempre consegue ir de um extremo ao outro na escrita, e engloba várias visões, vários sentimentos.

abraços

Majoli disse...

Realmente as palavras tem poder enorme, devemos sempre medi-lás antes de as pronunciar.
Mas quantas vezes as palavras são bem vindas e nos fazem a pessoa mais feliz do mundo.
E quantas vezes dizemos uma simples e pequena palavra que tem o poder de aliviar alguma dor.

Palavras não são só palavras, é muito mais do que isso.

Linda poesia, como todas que você faz meu amigo.
Beijos no coração.

Elaine Barnes disse...

Oi amigo, tb estou na loucura,ando trabalhando até 21h e trabalhei no domingo e segunda do feriado tb. Entendo como é.Quanto ao falar da net,lembrei das palavras que trocamos por msn, ou outros sites com as pessoas e como a entonação é importante. A net não tem,então as vz a gente fala uma coisa com uma intenção para a pessoa e ela entende de outra forma,faz uma confusão danada.rs...Divaguei aqui nas palavras por ter gostado muito do seu texto.bjão

BANDEIRAS disse...

Caro amigo,

Palavra são apenas palavras qdo não são entendidas.

Palavras teem o poder de mudar o mundo.
Por isso, devemos ter o cuidado na hora de usá-las.

Perfeito seu texto,
Bjs

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Acabei de chegar e nada mais gostoso que ler todo o carinho deixado. Foram dias mágicos, onde a natureza mostrou sua força dentro de nós. Cada um de vocês fazem a diferença, acreditem! Essa energia porreta é boa demais de sentir, minha gente. Sei que o recado é coletivo, mas a admiração por cada um é individual. Assim que organizar tudo, deixar tudo no ponto, retorno com mais calma no blog de cada um de vocês, viu? A correria impossibilita muita coisa, mas não tira de nós o querer bem que sentimos por todos.

Beijo bem grandão!

Rebeca

-
P.s.: Carlos, que linda homenagem, querido amigo. É muito bacana quando pessoas sensíveis fazem uma homenagem tão querida.

Você e Anita moram no meu coração.

-