ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

sábado, 22 de agosto de 2015

ENTRE O SONHO E O PODER



 Se eu fosse uma nuvem, não choveria aqui por perto
onde tudo é verde,
correria rapidinho para chover onde tem sede,
em algum coração deserto.
Se eu ainda fosse menino,
ensinaria aos novos meninos
um jeito de brincar a vida,
e assim nenhuma infância estaria perdida.
Se eu fosse um doutor de leis,
só existiria uma lei:
A lei do SIM apenas para os sonhos bons.
Quem dera fosse um instrumento... seria uma trombeta
anunciando um novo tempo
de forma aberta, sem facetas, em altos tons.
Se eu fosse uma balança seria equilíbrio total,
com igualdade geral.
Entre o sonho e o poder
nos olhos, a esperança,
e nos punhos, o fazer.
Ah, se eu fosse um anjo...
guardaria a todos sob minhas asas
e ninguém teria medo
do segredo da vida, da morte, do amor
de dormir, de acordar
do sonho, do pesadelo e da dor.
Mera esperança, louca meta.
Infelizmente não passo de um poeta...
um poeta sonhador. 


=
Alguns poemas, de vez em quando preciso recordar, pois são uma espécie de lemas de vida. Esse é um deles. Não é falta de inspiração não, graças a Deus essa fonte em mim não seca, só vontade de recordar mesmo, uma autoafirmação para que eu não me perca de mim, gosto de olhar o horizonte e ver meu rosto lá )
=


( imagem pt.123fr.com )

12 comentários:

Cidália Ferreira disse...

Simplesmente maravilhoso!
Amei



Beijo bom sábado-
Beijos

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Roselia Bezerra disse...

Olá, amigo Carlos
Muito bonito! O poeta é o único que tudo pode...
Compreendo a sua busca em rever seus poemas para melhor assimilar o seu eu real... não dá pra gente perder-se dele...
Bjm fraterno

Ivone disse...

Lindo, de vez em quando também volto aos escritos passados para perceber se houve adiantamento, pois nem sempre percebemos se assim não o fizermos né mesmo?
Que a inspiração é a alma em ação, se a deixarmos, muitas vezes nem saímos do nosso estado de querer sempre escrever, eu adoro isso!
Ah meu amigo, sei bem como é isso, eu também diria o mesmo, se eu pudesse faria exatamente como seus versos, mas como não posso fico só no sonho, pois os sonhos parecem que são individualistas né mesmo?
Amei ler por aqui!
Abraços!

Arione Torres disse...

Oi amigo, que lindo!
Vim lhe desejar uma ótima semana, abraços!!

ॐ Shirley ॐ disse...

Então, eu queria que você fosse anjo...
Mas, sabe Carlos, percebe-se que você tem um grande coração.
Beijo!

Evanir disse...

Carlos linda postagem como é bom se sentir como você ,
isso faz toda diferença em nossas vidas.
Meu amigo agradeço a cada visita que trocamos
a cada emoção vivida nesses últimos aos de blog.
Estarei somente retribuindo visita sem me estender a outros blogs.
Tenho uma nova missão e terei que seguir
a risca essa nova etapa da minha vida.
Agradeço vc amigo que me visitou durante muito tempo
agora só poderei retribuir quem me visitar assim é a vida pássaro voador...
Feliz Domingo.
Beijos..Evanir.

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Obrigado, gente amiga

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

De coração... Muito obrigado

LUCONI MARCIA MARIA disse...

Ah meu amigo o teu recordar nos trouxe um poema belíssimo, nossa como seria bom se tu fosses tudo que o poema diz com certeza muitas lágrimas não rolariam, você as enxugaria, mas és um poeta e um poeta que me faz sorrir, sonhar, viajar nos teus escritos e por isto te agradeço porque sempre amenizas alguma dorzinha que cisma em ficar, obrigada tenho demorado a vir porque não sou mais dona de meu tempo, tomo conto dos netinhos, dois de 10 meses, fico doidinha, pra mim não sobra muito tempo, mas sempre que posso venho, hoje lá no meu blog também recordei um de 2010, é bom lembrar, bjos Luconi

Dorli Ramos disse...

Oi, menino poeta.
Suas poesias agradam desde uma simples criança até um intelectual, pois elas no fazem sonhar uma inocência há muito perdida.
Beijos no coração
Dorli

Arte & Emoções disse...

Olá Carlos! Por que não voltar ao passado e reencontra-se no maravilhoso mundo da poesia? Lindo e profundo amigo.

Abraços,

Furtado.

Louraini Christmann - Lola disse...

Identifico-me contigo, poeta sonhador.
Sou exatamente assim.

Que bom encontrar irmãos de poesia
e irmãos de sonho.

abraço