ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

CONSCIÊNCIA? NEGRA, ANTES DE TUDO!


Hoje é um dia importante. DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA. Repudio qualquer tipo de preconceito, principalmente porque não nos cabe julgar comportamento social das pessoas, isso só cabe a Deus, além do mais, nãosomos perfeitinhos como às vezes pensamos que somos. Mas o que mais abomino é o racismo, pois, nem é questão de concordar ou não com o comportamento do outro, esse é por causa de cor de pele, ou por ter nascido numa região diferente, e por aí vai. Nem vou discutir sobre questão de cotas nas faculdades, mas sou a favor de que se crie igualdade para todos os tipos de pele, e aí, quem for o mais inteligente e esforçado, vai se sobressair . Sabemos que a polícia ao abordar um branquinho é mais suave do que quando aborda um pretinho. Sabemos que o Brasil tem duas maiorias: 1) a maior parte da população é negra. 2) a maior parte dos negros, é pobre. 
Dizer que no Brasil não tem racismo é conversa fiada, a gente ouve e lê cada uma por ai: “Eu gosto de negros. Eu ‘até tenho amigo’ negro”. Ou: “ É preto, mas é gente boa”. Temos uma lei que pune o racismo, mas o ideal seria que não fossem necessárias leis para que se respeite as pessoas. O racismo não sai da boca, por ter medo da lei, mas mora no coração. De que adianta isso? O bonito seria se fosse mesmo uma coisa de consciência.
E falando em consciência, o título “DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA”, não busca só a “bondade” do branco para com o negro, ou o cumprimento da lei, visa acima de tudo resgatar a autoestima do negro. Que ele se mire no exemplo do negro americano que tem orgulho de ser negro. Aí vai minha crítica ao negro brasileiro. Vou citar um artista negro, e por ser negro, tem a liberdade e a tranquilidade de falar, que é o popular Agnaldo Timóteo. Ele disse uma vez numa entrevista, que o jogador de futebol negro, que quase sempre tem sua origem pobre, quando fica famoso... o que ele faz??? Casa-se logo com uma loira!!! Ora, então existe o racismo ao contrário? Ou seria um autorracismo?. Ou uma espécie de vingança, tipo: “Eu sou negro, mas tenho status, vou provar pra todo mundo que posso casar com uma loira”.
E isso não acontece só entre os jogadores de futebol não, entre os artistas também. Existem outras separações imbecis: Sulistas contra nortistas, paulistas contra cariocas, sudeste contra nordeste, e entre os próprios nordestinos, há uma rivalidade entre baianos e pernambucanos, Como o ser humano é idiota!
Bem, em todo lugar há hipocrisia, e apesar de considerar legítimos os movimentos, gostaria que os líderes desses movimentos, seja da CONSCIÊNCIA NEGRA, seja do ORGULHO GAY, das DONAS DE CASA, das PROFESSORAS, que não busquem apenas a “bondade” dos branquinhos para com os negros, ou dos heteros para com os homos, ou dos governos para com as professoras, mas sim a sua própria consciência, é preciso enxugar primeiro o que acontece internamente, para depois ir brigar lá fora. Sem orgulho próprio, sem o respeito interno, nada acontece no externo.
Por fim, enquanto a “bondade” não prevalece, cadeia para aqueles que não respeitam o negro.

5 comentários:

Carla Fernanda disse...

Apoiado!

Bom dia e beijos amigo!

Rosa dos Ventos disse...

Abaixo qualquer tipo de preconceito!

Abraço

Élys disse...

Creio que o importante é cada um olhar para dentro do coração e com ternura dizer: Somos todos irmãos.
Um abraço.

Brisa Petala disse...

Oi amigo
Muito bom seu texto. As pessoas deveriam se preocupar em ser feliz. Somso todos filhos de Deus. Um beijinho.
Ana

Patrícia Pinna disse...

Carlos, me emocionei com a sua postagem, concordo PLENAMENTE COM ELA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Na minha opinião, o Brasil é um país EXTREMAMENTE PRECONCEITUOSO EM TUDO!
A citação do Agnaldo Timóteo foi perfeita, é isso mesmo!
O negro, no caso do jogador de futebol, quer provar que uma mulher branca pode se interessar por ele, como se ele fosse escória, que só através do dinheiro pudesse conquistar uma mulher de outra cor de pele, que não fosse a discriminada.
Isso é um clássico exemplo do "dar o troco aos branquelos, e aos muitos negros que também são racistas em relação a eles mesmos."
Quanto bobagem em todos os segmentos, mas dizer que não existe preconceito seria uma HIPOCRISIA!
O dia em que a nossa consciência for evoluída, lutaremos contra os preconceitos que impedem o progresso de qualquer sociedade, a fim de ser igualitária!
Beijos, amigo!
PARABÉNS!