ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

ENTRE A FLOR E O VULCÃO






(IMAGEM luisalavenere.blog.uol e baixaki.com.br)
Encante-se!
Levante-se!
Ecoe! Navegue! Entregue!
Voe! Soe!
Fale! Exale!
Exploda!
Seja plena, toda!
Veja as flores nos campos, as estrelas.
Emoções... por quê detê-las?
Tudo que desabrocha, que resplandece,
Que brilha, que aparece,
é lindo, é formoso
A simplicidade de uma flor que se abre
é tão intensa como um vulcão nervoso,
que jorra, que vai à forra
num mar de sensações, de lava
que lava os temores de nossos corações.
O fogo do vulcão é tão lindo!
O que parece ser assustador
muitas vezes pode ser o fogo do amor.... que vem vindo.
Então inflame, ame...
busque-me... chame.

7 comentários:

DOCETERE disse...

"Veja as flores nos campos, as estrelas.
Emoções... por quê detê-las?"

Sublime.

Abraço afectuoso

Mariana disse...

Um convite ao amor.
Hj sou flor, amanhã serei vulcão.

Carlos desculpe a ausência. Tbém ando sem tempo, correndo contra ele e olhando com cara feia os relógios.

Sobre o texto abaixo, pdoe até não ter formato de poesia, mas o é e me emocionei lendo e não me contive, chorei, chorei de emoção e alegria por vc, com vc.
Que bom, vc reencontrou sua mana.
O que a vida separou, od estino juntou.
Lindo, muito lindo. Não a perca de vista.

Um beijo e bom final de semana.

Mariana disse...

Esqueci de falar.
Adorei as músicas.
Beijos meus

Sonia Schmorantz disse...

Não há mesmo como deter emoções, lindo texto.
um abraço e bom domingo

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Procurei em livros e livros,
Um poema,
Um parágrafo,
Uma frase,
Que me resguardasse da mágoa, Como janela de vidro protegendo o rosto da chuva.
Mas nada do que leio chega para contar o que sinto.

( N.G.J. )

Bom domingo para você e toda sua família
Abraços

(Carlos Soares) disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Hugo de Oliveira disse...

Às vezes ficamos em situações bem complexas...

bonito texto!