ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

terça-feira, 9 de agosto de 2016

DESLUMBRANTE!




Confesso que antes de saber as opções, torci para que Pelé fosse o responsável por acender  a pira olímpica, afinal, é nosso  maior atleta de todos os tempos, nosso principal diplomata pelo mundo. Estou falando do atleta, a vida pessoal não me interessa, já cuido da  minha e me dá um  trabalhão. Mas fiquei muito contente de ver Wanderley Cordeiro de Lima acender a pira, isso corrige uma injustiça acontecida em Atenas, causada por um irlandês fanático impedindo-o de cruzar a linha de chegada .  Penso que as autoridades esportivas brasileiras deviam ter brigado mais por ele à época. Felizmente a vida tem voltas e reviravoltas, e hoje ele chamou o momento de acender a tocha de “Minha medalha de ouro é essa”.  A abertura toda foi muito bonita, “divas” (rs rs), outras nem tão divas assim, Jorge Ben Jor também foi muito bem com País Tropical, uma música sempre atual e apropriada para eventos assim, mas eu prefiro endeusar (não gosto dessa palavra), alguém ligado diretamente ao esporte, nada mais justo do que homenagear quem de fato sua e sangra pelo país, honra o país,  pois sabemos da dificuldade dessa gente  que abdica de ter uma vida comum para viver somente o esporte. Sendo assim, escolho o momento de Wanderley Cordeiro de Lima acendendo a tocha olímpica como o mais bonito da abertura. Aos meus olhos, isso sim é DESLUMBRANTE!

6 comentários:

✿ chica disse...

Também achei muito legal a abertura e o momento do acendimento da pira pelo Wanderley. Muito justo! abração,chica

Larissa Santos disse...

Não vi a abertura, mas ouvi dizer que foi lindo!

Beijo e um dia Feliz.

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Cidália Ferreira disse...

Carlos, por favor apaga o comentário anterior. foi um lapso.

Gostei do texto. Como disse não vi mas, ouvi dizer que foi lindo.

Beijos e um dia feliz.
http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Ivone disse...

Assisti e achei linda a abertura, sim, concordo contigo, foi lindo o momento de acender a pira olímpica pelo Wanderley Cordeiro de Lima!
Tudo lindo, gostei muito!
Abraços amigo Carlos!

Só pra você disse...

Oi...Bom dia. Concordo com você, a escolha não poderia ser melhor, ele merece. Para aqueles "brasileiros" que torciam contra e ainda torcem para que tudo desse e dê errado, eles nada podem falar, tudo ficou quase perfeito, se não fosse o quase, né? As nossas águas deixam a desejar. A abertura foi simplesmente linda! Obrigada pela sua visita eu estou entrando menos no meu blog, ando sem vontade de escrever. ABÇ

© Piedade Araújo Sol disse...

Carlos

eu não vi, mas se você diz que foi lindo, e pelo seu texto acho que deve ter sido sim.
meu beijo
:)