ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

terça-feira, 20 de outubro de 2015

VOCÊ PASSA, EU ACHO GRAÇA - CLARA NUNES



Estou numa preguiça de escrever esses dias. É, de vez em quando me permito ter preguiça de escrever. É  até um pecadinho meu dizer isso, mas ando meio cansado. Enquanto isso vou homenagear essa grande cantora CLARA NUNES, que além de ter todo esse talento era danada de bonita.

E hoje eu sou obrigado a ouvir Valeskas Popozudas, peitudas, teúdas, manteúdas, mas ' talentuda ' ... nenhuma.

4 comentários:

✿ chica disse...

Linda música essa mesmo! Gostei de ouvir! abração,chica

Cidália Ferreira disse...

Bom dia carlos
Todos nós temos preguiça disto, daquilo. vc tem todo o direito.

Bela musica!

Beijinhos e um dia feliz

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Eliete disse...

É verdade caro amigo, ás vezes temos preguiça de escrever.bjs

Marisa Giglio disse...

Sempre gostei de Clara Nines . Concordo com você quanto à vulgarização de certas músicas e suas intérpretes . Beijos , amigo .