ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

segunda-feira, 26 de outubro de 2015

O CONTO DO SÁBIO CHINÊS - RAUL SEIXAS ... E EU DE CARONA.


Acabou a preguiça, poeta não pode ficar muito tempo sem escrever, é como o Beija-Flor que não pode ficar sem bater asas. Aviso que só vai entender o texto quem ouvir a música, têm elos entre si.
==


Raul Seixas mostrou nessa música toda a sua genialidade e poesia. Raul apesar de toda aquela barba, todo aquele gestual amalucado, apesar de todo o seu rock, de toda a sua irreverência e seu deboche, era um cara muito sensível. A mosca na sopa fria da MPB. Como ele mesmo dizia: “Não pertenço a nenhum grupo da música popular brasileira. Eu sou raulseixista”. Pagou caro por isso é verdade, no Brasil não se pode ser diferente, mas não deixou de ser quem ele gostaria de ser, não se corrompeu na sua essência, eu acho isso bonito. Tive a felicidade de ver ao vivo um show dele, com saúde e  no auge. Mas não quero falar do Raul hoje, para falar de Raul Seixas seria necessária no mínimo uma semana.
=
Por causa dessa letra linda e dessa melodia maravilhosa que parece levar a gente junto, e desse arranjo musical perfeito, eu criei uma de minhas frases que mais gosto.  ‘ Ele escrevia tanta poesia que um dia misturou: Era o homem fazendo poesia ou a poesia fazendo o homem? ’.  A RESPOSTA É: AS DUAS COISAS. Assim como não dá para dissociar o  ‘sábio chinês da borboleta’, não dá também para dissociar o ‘Carlos homem’   do   ‘Carlos poeta’. É isso que a música propõe... é um ciclo, um círculo cósmico, mágico, que acontece dentro da gente... vai, mas volta.. vem, mas vai... e tudo fica girando dentro de um contexto só. É simultâneo  e é recíproco. Eu não tenho palavras para descrever isso, mas eu sei o que eu sinto. Isso é transcendental, e coisas transcendentais não dá para explicar, ou você sente ou não sente, e eu, graças a Deus tenho uma antena maravilhosa.  Às vezes penso que não sou daqui, que a vida está do outro lado. A poesia é uma coisa, um caminho que inventei pra mim, um mundo que eu criei onde nada me faz mal, uma redoma para ficar isento de coisas negativas, é um sonho que eu mesmo escolhi sonhar. Ai, meu Deus... não me acorde do meu sonho. Que eu gire cada vez mais nesse círculo, que essa metamorfose constante nunca cesse, que eu me purifique mais e mais, a cada giro que esse ciclo fizer acontecer. Que cada vez mais o homem faça a poesia, e principalmente que a poesia faça o homem, pois a poesia tem o poder de melhorar o homem.
======================================================

DEDICADO A TODAS AS PESSOAS QUE TÊM EM SI UMA BORBOLETA

20 comentários:

lua singular disse...

Oi Carlos,
Já li seu livro. Lindo!
Adorava Raul Seixas. Há pessoas que não deveriam morrer, mas virar lindas borboletas
Beijos Lua Singular

Cidália Ferreira disse...

Brilhante postagem!

Beijinho de boa noite
http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Ivone disse...

Verdade meu amigo poeta, a poesia tem o poder de melhorar o homem,entendo muito bom o que quis dizer com a sensibilidade transcendental, muitas vezes não sabemos usar palavras para descrever esses sentimentos apurados, é algo que está em nós, em nossa alma, a música diz bem sobre isso, não há como dissociar o sábio chinês da borboleta, tampouco saber se a arte imita a vida ou a vida imita a arte?!
Vamos indo sentindo, se pudermos um dia quem sabe todos seremos artistas sensíveis, poetas e poetisas!
Amei ler aqui!
Abraços apertados e temos mais essa afinidade, somos canhotos, rsrs, ri com seu comentário por lá!

Ivone disse...

Verdade meu amigo poeta, a poesia tem o poder de melhorar o homem,entendo muito bom o que quis dizer com a sensibilidade transcendental, muitas vezes não sabemos usar palavras para descrever esses sentimentos apurados, é algo que está em nós, em nossa alma, a música diz bem sobre isso, não há como dissociar o sábio chinês da borboleta, tampouco saber se a arte imita a vida ou a vida imita a arte?!
Vamos indo sentindo, se pudermos um dia quem sabe todos seremos artistas sensíveis, poetas e poetisas!
Amei ler aqui!
Abraços apertados e temos mais essa afinidade, somos canhotos, rsrs, ri com seu comentário por lá!

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Muito Obrigado, Dorli. Meu livro em boas mãos. É o meu sonho compartilhado com pessoas do bem.

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Mais uma coincidência muito bacana, Ivone. Piscianos, poetas e canhotos. Obrigado pelos comentários sempre calorosos, sempre atenciosa. Abração.

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Muito obrigado, Cidália. Bj

POESIAS SENSUAIS E CONTOS disse...

A poesia é um poderoso remédio que cura muitos males. Uma preciosa semana e parabéns pela a expressiva escrita.

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Obrigado, amigo. Boa semana aí.

ॐ Shirley ॐ disse...

Que bela postagem, Carlos.
Dizer o que mais sobre Raul Seixas? Adoro suas letras.
Bravo! Gostei de suas palavras.
Grande abraço!!!

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Valeu, Shirley ... muito obrigado! Abração!

Vera Lúcia disse...


Olá Carlos,

A poesia traz algo de sublime, pois parte principalmente de alma sensíveis, que amam a sua arte e sempre procuram tocar outras almas com ela. Não consigo dissociar o poeta do homem. Continue a sonhar este seu belo sonho, Carlos.

Abraço.

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Obrigado, Vera Lúcia. Continuarei sim. Muito Obrigado pelas palavras, me incentivam muito. Abração.

Mundo Holístico disse...

Sensacional Carlos
O que mais dizer, tanto na escrita do Raul quanto na sua escrita revela-se o transcendental e transcendental não se explica, se sente. E como compreendo esse contexto de limiar entre o sonho e a realidade, energia cósmica. Borboletas, seres mágicos que me encantam tanto. Como entendo essa dualidade/unicidade de "homem e poeta", pois não é que um não viva sem o outro, na ve4rdade um não é sem o outro. E você consegue ser o um e o outro num só tempo. Belíssimo! Parabéns!!!
Beijosss

http://mundoholistico500.blogspot.com.br

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Muito Obrigado, Edjane. Você disse tudo e com propriedade, afinal sabe ser borboleta, criou uma dentro de si. Leia e acolha para você a dedicatória no final: DEDICADO ÀS PESSOAS QUE TÊM EM SI UMA BORBOLETA!!! Beijos!

Cia. De Teatro Atemporal disse...

GRANDE Carinhos! Querido Mineirinho!

Que vídeo bacana! Uma reflexão maravilhosa!

PARABÉNS!

...Carlinhos, obrigado por deixar o seu Cruzeiro não ganhar nada neste ano! Ultimamente seu time ganha tudo, mas esse ano você e a massa cruzeirense foram compreensivos e muito generosos! (Risos)

Que você continuem assim, por muito e muitos anos... ou melhor... para sempre! (Muitos Risos)

Abraços espremidos!

Que DEUS abençoe o nosso Menino Beija flor em todos os sentidos!

Clemente.

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Amém, amigo Clemente. Amém, Bemvindo Sequeira. Esse grande ator que acompanho desde os tempos em interpretava o "Bafo De Bode", em "Tieta" uma das poucas novelas que assisti todinha, quando valia a pena ver novelas. Já o vi em várias outras boas novelas, tem sempre um carisma diferenciado. Nos dias de hoje o acompanhei também em " Os Dez Mandamentos, outra novela fantástica, e é muito bom vê-lo lá. Obrigado por prestigiarem esse blog. Muito feliz mesmo! Fiquem com Deus. Sucesso sempre! Abração.

Élys disse...

Raul Seixas,um nome para não se esquecer...
Escrever poesias é deixar a alma sensibilizar o ser e o ser transcender a matéria.
Belíssima postagem.
Amigo, um abraço.

Dorli Ramos disse...

Oi Carlos,
Adoro o seu jeito que escreve, sua alma fala mais alto enobrecendo a natureza em si.
Obrigada pelo carinho.
Beijos
Minicontista2

Marisa Giglio disse...

Carlos , sua escrita é envolvente . Pegou a carona certa . Parabéns ! Beijos