ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

sexta-feira, 24 de julho de 2015

EU SOU UM LIVRO QUE ANDA... ( COM RETICÊNCIAS MESMO )



Que coisa bacana! Já posso ver na internet algumas carinhas de pessoas com meu livro nas mãos. Gente que nem nunca vi, compartilhando, divulgando, recomendando: o amigo, o amigo do amigo, a amiga da amiga. Ainda não são muitas, mas não tem problema, não tenho pressa, meu nome é esperança, o que importa é que o livro existe. Eu sou o próprio livro andando. Isso emociona, anima, incentiva e nos dá, senão a certeza, pelo menos a esperança de que não estamos sozinhos na estrada, pois tudo o que um escritor quer, é ser lido. Vou ser repetitivo, acaba sendo sim uma estrada meio solitária, a época em que vivemos não é para romantismos, respeito aos pais, cordialidade, amizade, altruísmo, fé, brincadeiras, e é isso que mais tem no meu livro, mas ver pessoas divulgando, faz a gente entender que valeu a pena passar as madrugadas digitando e corrigindo textos, e no outro dia ficar cochilando na mesa do trabalho. Um dia, numa feira cultural onde eu também recebia uma premiação, um amigo me vendo no meio dos livros, me disse: “Esse é o mundo do Carlos. Bonito isso aqui! Muito interessante o seu mundo, amigão”.  Então... esse é meu mundo e não vou sair dele, escrever é o que eu sei fazer de melhor,  portanto aos que torcem, eu digo que não vou parar, vêm mais livros aí, pelo menos dois infanto—juvenis, um de poemas sensuais ( sensuais, mas sem baixaria)... e um romance. Romance ainda é uma coisa que estou aprendendo, na literatura a gente  está sempre aprendendo, mas eu chego lá. Já tenho os ingredientes, só preciso montar, acho que estou conseguindo misturar um pouco de Nelson Rodrigues com Dias Gomes, tem um pouco de Roque Santeiro com Tieta, porém ainda em dúvida se coloco ou não, um final feliz para a personagem principal, e pelo que estou vendo, pelo desenrolar da trama, não está merecendo rs rs. Acreditem ou não, eu converso com meus personagens rs rs. Paranoia? Pode ser... mas pobre do homem que não tem uma paranoia, pior é caminhar vazio. Escrever é minha doce paranoia.

Para todas essas pessoas que divulgam, só posso dizer que essas coisas quem paga é Deus... ao escritor ( que palavra bonita), resta  tirar do fundo do coração renovado, um MUITO OBRIGADO bem caloroso.
=
EM TEMPO: Só agora percebi uma coisa. Eu olhando para o livro como se fosse um filho. Por que não?
=
http://www.editorabarauna.com.br/em-breve-lancamento-aventuras-de-um-menino-passarinho.html

9 comentários:

Cidália Ferreira disse...

Parabéns Carlos...
Gostei de ler
Beijinhos
http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Ana Bailune disse...

Parabéns pela força de vontade, espero que você tenha muito sucesso!
Bom final de semana!

MARILENE disse...

Só quem escreve sabe a trabalheira que dá colocar os pensamentos em ordem e gestar um livro. Parabéns pela persistência. Eu lhe desejo um enoooooooorrrrrme sucesso! Bjs.

ॐ Shirley ॐ disse...

Então, que venham mais livros,
que a inspiração nunca lhe falte, Carlos.
Abraços e sucesso!

Ivone disse...

Escrever é tudo de bom, ter quem nos lê é ainda melhor, sei bem da sua grande paixão, portanto desejo que tenhas o sucesso esperado e bem merecido, abraços meu amigo poeta, aproveito e agradeço sempre o seu carinho lá comigo, o meu cantinho onde coloco também a minha alma!
Abraços bem apertados!

Vera Lúcia disse...


E é um filho, Carlos. Brotou de você.
Ainda não tive oportunidade de lê-lo, mas o farei, com certeza. Gosto de prestigiar os amigos escritores e também de conhecer o estilo de cada um. No momento, estou lendo 'Um dia de Domingo', do amigo blogueiro Augusto Sperchi. Já li vários livros de amigos da blogosfera. Logo, será a vez do seu.
E que venham mais e mais livros, todos abençoados pelo sucesso que você merece.

Feliz semana!

Abraço.

Arione Torres disse...

Oi amigo Carlos, parabéns pelo lançamento do livro, muito sucesso!!
Tenha uma excelente semana, abraços e fique com Deus!!

Nanda Olliveh disse...

Rs show amigo... ler você é sempre bom demais!
Desejo sucesso! E espero em breve ter o meu.

Beijinho!

Edjane Cunha disse...

Olá "Livro" ops Poeta rsrs
Ande Carlos, ande muito e o leve a todos os cantinhos desse nosso Brasil. Que ele seja lido e meditado nas grandes e valiosas lições que porta. O li inteiro na pressa de conhecer e agora estou voltando, sentindo as minúcias de cada texto. (sempre leio assim, o livro que não leio pelo menos duas vezes é um livro que não gostei) Te desejo nada menos que muito sucesso e muita andança. Beijo no coração