ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

quarta-feira, 1 de abril de 2015

CUCA COLORIDA



Quando eu tinha uma cuca colorida
era um turbilhão de vibrações.
Meu coração era um arco-íris de sensações
dia e noite, noite e dia.
E todo mundo dizia:
“Menino, você escreve demais
Você fala demais.
Você brinca demais.
Você briga demais.
Você chora demais.
Você ri demais.
Você sonha demais.
Você ama demais.
Você reclama demais.
Você é todo demais".
Eu sorria e respondia:
“O que fazer dessa vida
se eu tenho uma cuca colorida?
O tempo passa, o corpo envelhece,
mas o coração não esquece
e tudo de novo acontece:
“Você escreve demais
Você fala demais.
Você brinca demais.
Você briga demais.
Você chora demais.
Você ri demais.
Você sonha demais.
Você ama demais.
Você reclama demais.
Você é todo demais".
E eu ainda respondo do mesmo jeito
com o mesmo turbilhão no peito:
“Que culpa tenho eu nessa vida
se nasci assim...
com uma cuca colorida?”
/////////////////////////////////////////
Mudar sem perder a essência, é tão raro quanto belo.

==
Por que recordar esse poema? Porque ele fala justamente de uma fase muito divertida para mim, aquela fase que a gente punha a bolsa nas costas, e viajava para qualquer cidade  mais ou menos próxima. O grande detalhe é que a gente ganhava pouco, eu principalmente, mas a gente se divertia se divertia, era feliz sem muito dinheiro. Esse da foto chama-se Walter, dos amigos era o que mais viajava comigo, mas tinha outros: Marcelo, Luisinho, Salvador. Há pouco tempo  encontrei-me com Walter, que é só um ano mais velho que eu, e está com o cabelo todo branquinho. Ele comentou:  "Bem que você dizia que nunca ia ficar velho, você está igual um garoto". Encontrei-me ainda com dona Maria  Preta na casa de dona Maura, e dona Maria Preta me deu dois tapas por não ter ido à casa dela. Sempre brava: "Seu moleque.Você vem aqui e não vai à minha casa". Depois, tadinha, lamentou o falecimento de minha mãe, as três se gostavam muito. Dizem por aí, e vou repetir: Recordar é viver.
===
Em tempo: O que está sentado no banco cheio de banca ( pra variar rs rs) sou eu. E a gente estava em viagem nessa foto.

15 comentários:

lua singular disse...

Oi Carlos,
Belas recordações da infância e da adolescência, isso é sinal de nostalgia.
Tá ficando velho?
O tempo é um ingrato: tira nossa beleza, mas dificilmente tira nossas ideias e as vezes nos pegamos escrevendo um passado que nos é cruel hoje, pois a saudade dói.
Beijos

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Bom dia Carlos
Já muitos passamos por aí mas aprender...NADA...
A vida é mesmo assim e nós gostamos de viver todos os sonhos.

Boa Páscoa

✿ chica disse...

Lindas recordações e é bom ter a cuca colorida, arejada, alegre, mesmo envelhecendo! Lindo post! Feliz e abençoada Páscoa pra ti e teus! abrs, chica

Cidália Ferreira disse...

Apenas recordo o que é bom..

Gostei muito do teu texto. Parabéns

Tem uma Páscoa muito Feliz

Beijinhos

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

A infância sempre nos traz grandes recordações.
Feliz Páscoa a você Carlos.
Abraços-Carmen Lúcia.

Reflexo d'Alma disse...

Carlos,
que delícia de poema!
Bom demais lembrar
nosso poemas de
ontem.
Te espero la
no Espelhando.
Bjins
CatiahoAlc.

Arione Torres disse...

Oi amigo poeta, vim lhe desejar uma Feliz Páscoa, abraços e fique com Deus!!

Zéia disse...

Beijo no coração cuca colorida.

Estrela disse...

"Recordar é viver" e é tão bom lembrar quando a lembrança nos faz bem...
Beijjo, Poeta! Boa Semana Santa!

Rosemildo Sales Furtado disse...

Oi Carlos! Se tudo demais era o bom, por que mudar o bom que era demais? Recordar as belas coisas do passado é ter a felicidade de vivê-las novamente.

Abraços e uma ótima Páscoa para ti e para os teus.

Furtado.

LUCONI MARCIA MARIA disse...

Delícia Carlos, como é bom recordar, tantas lembranças que nos fazem sorrir e ver que valeu muito a pena, bjos Luconi

Arione Torres disse...

Oi querido amigo, vim lhe desejar uma ótima semana, abraços!!

Sandra Botelho disse...

É incrivel meu amigo poeta, como reviver o passado nos tras doces e boas recordações. Tinhamos tão pouco e eramos tão felizes não é?
Então pq deixamos tudo isso se perder?
Tomara que um dia ao acordarmos, decidamos viver novamente na simplicidade e pluralidade de nossa juventude. Quando tudo dava a luz a um sorriso. Bjos achocolatados da amiga sumida que agora resolveu reaparecer,

Edjane Cunha disse...

Oi Carlos
Que bom é ter essas lembranças tão cheias de sentimentos. Trazer a juventude dentro da alma e lembranças de pessoas queridas, e com um detalhe, pessoas de várias idades. Isso mostra seu desprendimento e vontade nata de acolher. Que seria de nós se não tivéssemos esses arquivos de memória.
Amei o texto.
Beijos

Marisa Giglio disse...

Carlos , sua escrita é demais . Sua sensibilidade é demais . Sua memória é demais . Continue com a cuca colorida demais . Parabéns ! Beijos