ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

RE-CRIANDO ASAS


(  imagens google -  horadaspoderosas.com  )


 Borboleta de asa partida não precisa rastejar.
 Recria asa imaginária e sai por aí a voar.
Se você como imagino, se despreconceituar,
Venha! Seja bem-vindo... pode me acompanhar.
Se não... Lamento, mas fique tranquilo. Na boa pode ficar.
Vou seguir minha viagem...
 Entre flores, pássaros, abelhas e amores
para com outras borboletas renascer em outras cores,
pois meu nome é coragem.
 Borboleta de asa partida não conta tristezas para desenhar o seu dia.
Borboleta de asa refeita
coleciona as belezas para bordar a existência com as pedras do dia a dia.
Dias lindos e dias tristes fazem parte da jornada,
 mas o dia aponta em riste o dedo pra alvorada.
Alegrias e tristezas se alternam na crucis via,
mas hoje???...
Nada de TRIsteza... Hoje só TRIalegria.

AUTORA -  EDJANE  CUNHA

11 comentários:

Ivone disse...

Boa tarde Carlos, lindíssimos versos desse poema feito com a alma, ainda bem que estás em bela fase de alegrias, acredite ou não, mas sabes que até nas tristezas eu sinto alegria, rs, sei que entendes o que quero dizer, pois bem sei que és um pisciano também,rsrs!
Ir em frente, mesmo como a borboleta de asa partida, jamais parar, crer sempre que tudo é possível, isso é que é fé meu amigo, amei ler!
Abraços apertados e boa semana!

Wanderley Elian Lima disse...

Se a asa parte, reconstrua, siga em frente, e construa.
Abraço

Cidália Ferreira disse...

Boa tarde Carlos

Fantástico texto, parabéns

Tem um ótima semana,

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Janita disse...

Cair e levantar faz parte do caminhar!
Sol e chuva fazem parte deste mundo que poderia ser um paraíso, havendo de tudo um pouco nesta Via Sacra que percorremos e em cada dia nos refazemos...
Gostei muito que tenhas divulgado este belo texto de outro autor/a, numa solidária partilha.

Entre as flores, as aves e os amores foi criado um TRIângulo muito belo.

Parabéns e um beijo.

Janita

Dorli disse...

Boa noite Carlos
Maravilha de texto escrito com muita criatividade.
Adoro borboletas coloridas
Abç
Lua Singular

MARILENE disse...

Alegrias e tristezas se alternam na vida e creio que todos nós, em determinado momento, precisamos reconstruir uma asa quebrada. Bjs.

Zéia disse...

Oi Carlos. Que interessante... Fui no Culto ontem onde a ministração falava exatamente (não como a poesia escrita... a borboleta de asas partidas...) mas no contexto de seguir em frente com alegria. Superar as provações que são normais no dia a dia. Enfim... Que ciclos se fecham e precisamos continuar no propósito. Muito bem. Um abraço de sua amiga que admira seus versos. Bjs!!!

Rô... disse...

oi Carlos,

sempre tenho um par de assas reserva,
guardadas,
jamais deixo meus voos...

beijinhos

Andre Mansim disse...

Puxa amigo Carlos!
Lindo texto esse. Dá até pra imaginar feito criança!

Rita Sperchi disse...

Boa noite vim deixar uma frase pra vc

¸.•*¨✿✿"Há pessoas que nos salvam sem perceber. Por amor. Por amizade. Por simplesmente querer bem."

Paolla Milnyczul ¸.•*¨✿✿


Bjusss
Rita

Helena disse...

Todos os dias deveriam ser vividos nesta convicção: nada de tristeza, hoje, só alegria!
"Borboleta de asa partida não precisa rastejar."
Ser humano de sonhos desfeitos devia aprender a voar...
Sorrisos e estrelas, amigo, nos teus caminhos!
Com carinho,
Helena