ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

segunda-feira, 11 de julho de 2011

ÊXTASE


Imagem (coração.bazar.com.br- google )

Essa é a palavra para definir o que vivi no dia 07 de julho. Sinceramente, pela primeira vez não estou conseguindo fazer um texto para contar os detalhes, acho que ainda estou no céu. Quando pisar em terra de novo talvez eu consiga. Uma noite mágica. Devo postar fotos e vídeo ainda hoje, no mais tardar amanhã. Vou dedicar essa semana só pra contar aos poucos porque foi emoção demais, me senti muito amado por todos que estavam ali, além disso recebi cumprimentos de várias pessoas desconhecidas. Leiam abaixo meu discurso falando do lançamento do livro. Improvisado, eu não havia preparado nada, mas a emoção estava aflorada em mim, só fiz colocar pra fora o que gritava dentro de mim nos últimos dias que antecederam a grande noite.. Tirando o nervosismo, acho que me saí bem. Esse discurso está em vídeo e postarei breve.

‘Quando escrevi meu primeiro poema... eu era bem garoto... esse poema saiu inteiro, sem rascunhos, sem rasuras, sem ressalvas. Fiquei me perguntando se era eu mesmo que havia escrevido aquilo. Como disse, eu era bem garoto e não entendia. Hoje eu entendo... o poema saiu tão rápido e inteiro porque mais que um poema, era um grito. (desculpem, estou emocionado). E mais que um poema, virou um sonho, uma meta. Enquanto o sonho não acontecia (pausa)... o sonho pode demorar , só não pode morrer dentro de você... enquanto o sonho não acontecia, a poesia foi fazendo outro benefícios em mim. Com a poesia, me senti mais gente, mais homem, mais amigo, mais... crente nas coisas boas. Esse poema começa assim: eu queria ser uma estrela... não no sentido de ser o maior, ou melhor... (desculpem, estou tenso aqui)... mas no sentido de que todo mundo tem brilho, e no caso específico, o meu brilho. Hoje eu estou muito feliz e posso dizer com tranquilidade que estou me sentindo entre as estrelas. Muito Obrigado a todos’.

15 comentários:

Marly Bastos in "palavreados ao vento" disse...

Carlos eu já disse que você é um fofo né? Perai... Se diz "fofo" para um talentoso poeta?? Não sei... Mas você é!
Tem fofura de emoções, tem fofura de sentimentos, tem fofura de carinhos para com os amigos, tem fofura no que escreve, enfim um FOFO!
Parabéns por tudo isso que conquistou Carlos, sinto-me imensamente feliz por você.
Beijokas fofas para um fofo.

Estrela disse...

Carlos! É muito bom saber de tanta felicidade.Fico feliz pelo lançamento do seu livro. Quero vê-lo nas ivrarias do Recife.
Parabéns! Beijos!

rosa-branca disse...

Parabéns meu amigo, você merece e que seja um sucesso. Cá fico à espera de todos os detalhes. Beijos com carinho

ValeriaC disse...

Com certeza deve ter sido super emocionante amigo... que bom ver um sonho realizado...
Boa semana...beijos
Valéria

Esplendor da Criação disse...

Que bom saber que os sonhos existem para serem realizados, com certeza muitas realizações virão. Parabéns vc merece! Bjs.

Marlene disse...

CARLOS PARTICIPO DA SUA ALEGRIA E FELICIDADE,PARABENS MEU QUERIDO VOCE MERECE MUITO MAIS PORQUE VOCE E UMA PESSOA MUITO ESPECIAL PARA TODOS NÓS SEUS AMIGOS,MUITO SUCESSO E MIL ALEGRIAS UM ABRAÇO MARLENE

olhar disse...

Feliz por te ver tão felizzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz!!

bveijos no seu coração!

Bia

Luciane Morais disse...

Uhuuu!!!!!Esse é meu amigo! Estou orgulhosa de você. Um ótimo discurso. Gostei muito de palavras.

E essas plavras finais, emocionante:"Hoje eu estou muito feliz e posso dizer com tranquilidade que estou me sentindo entre as estrelas" *Uau!!!

Parabéns...Parabéns...PARABÉNS!!!

Um forte abraço
Lu

Fatima disse...

Que bom meu amigo!
Bjs.

Majoli disse...

Que bom ter notícias, quero ver fotos, vídeos e tudo o mais.
Parabéns meu querido amigo, por teres tido o privilégio de viver um momento ímpar como esse.

Beijos com muito carinho.

garoto cientista disse...

Você merece meu grande amigo, você de fato é uma estrela a nos iluminar todas as semanas com tuas palavras e teu caráter. Parabéns.

Paula Barros disse...

É emocionante ler, e imagianar a emoção que foi para você. Um momento sonhado, mas que foi sonhado por vários anos, enfrentando várias situações na vida, e sempre junto com as palavras, com a poesia.

Parabéns! abraço.

Maria Emilia Xavier disse...

Seu discurso, cheio de emoção e beleza escorrendo pelas palavras demonstra o quanto foi gratificante ter perseguido o que acreditava e queria. Parabéns, meu amigo.

IT disse...

Merecidamente!!!

Sucesso!!!

Novos tempos, novos dias.

Admirável menino Beija-Flor,ele mesmo
------->Carlos Soares.

Muitos beijos, muitos.

JGCosta disse...

Meu amigo, seu livro já está na página do meu blog, que se chama "Os livros que recomendo".

E para cada emoção que sentiu no dia, desejo-lhe alegria em dobro para o resto dos seus dias.

Creio que você está certo, você nasceu estrela, então que brilhe!!

Abraços renovados meu amigo!