ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

quinta-feira, 27 de novembro de 2008

NÃO É O FIM


Quando pensei que era o fim
assistindo via satélite as tragédias,
a miséria como nossa pior comédia...
O apocalipse quase real
sem sol, sem lua...
Quando vi o eclipse total de mentes e corações,
a burrice exaltada na rua,
reuniões secretas decidindo por multidões
menos escolas, mais celas
crianças jogadas pelas janelas...
quando o mundo parecia sem jeito e sem rumo
barco sem norte, balança sem prumo... eu quase desistia
mas, meu sorriso voltou
quando vi pessoas fazendo poesia.

Nota:Dedicada aos amigos blogueiros poetas e a quem não escreve também, mas que cultiva e aprecia.Cada vez que encontro alguém com sensibilidade meu coração se renova de esperança.

2 comentários:

Salamandra disse...

Olá Carlos

" Cada vez que encontro alguem com sensibilidade meu corçaõ se renova de esperança"

É exactamente o que eu sinto quando aqui chego , a este espaço, meu coração renova-se e volta a esperança.

Muito bonito o seu poema.Embora seija a visão do nosso mundo que eu gostaria que fosse diferente.

Um beijo de alma

Salamandra

mundo azul disse...

Carlos, que bonito o seu texto!

Sim...Enquanto alguém tiver sensibilidade para escrever poesia, o mundo terá sempre algumas luzes acesas...


Beijos de luz e o um ótimo dia!!!