ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

sábado, 26 de setembro de 2020

FESTA DAS JOANINHAS


 Não tem festa junina,

mas tem festa das Joaninhas

Cada uma pegou seu vestido de cor bonina,

nenhuma briga porque a outra vestiu igualzinha,

afinal é a festa das irmãzinhas,

No arraial das amiguinhas não há vaidade,

só a felicidade de dançarem juntinhas.

Festa da natureza, festa de Deus!

Quanta beleza, a enfeitar os olhos meus.
=

Esse foi feito durante o mês de junho, com saudades das festas juninas.




12 comentários:

chica disse...

Que amor de poesia,Carlos! Sabes que adoro joaninhas, então imagina o quanto adorei! abração,chica

Rosa dos Ventos disse...

Que bonita foto e belo poema!

Abraço

Janita disse...

Nossa!! Nunca vi tantas joaninhas juntas, parece que vão de romaria para uma festa popular.
Muitíssimo interessante esta foto.
A Natureza tem muitas formas de nos mostrar o quanto nós, humanos, vivemos isolados e sós.

Um abraço e muita Sorte e Felicidade em sua vida, amigo Beija-Flor.

lua singular disse...

Oi Carlos,

Pensei que nunca mais ia voltar para o Blog. Me diga: Por que voltou??, já deveria estar terminando o 2º livro.
Beijos no coração
Lua Singular

lua singular disse...

Oi Carlos,
Muitas joaninhas. Ficou lindo!
Beijos no coração
Lua Singular

Roselia Bezerra disse...

Boa noite de sábado, amigo Carlos!
Que encanto e logo imaginei a Chica que já passou e viu tal beleza.
Muito lindo o clique na festa da natureza.
Tenha um domingo abençoado!
Abraços fraternos de paz e bem

Maria da Graça Reis disse...

Deve ser aniversário de uma amiguinha. Nem sabem que não pode haver aglomeração. KKK!
São felizes. Nunca tinha visto tantas juntas.

Jeanne Geyer disse...

que doce, adorei a poesia. Bravo!!!
Carlos, eu não sou especialista em poesias infantis, escrevi só duas, não sei se estou preparada para um concurso tão importante, mas me manda o link que vou analisar. Obrigada pelo carinho no blog.

https://virtudesaqui.blogspot.com/

MARILENE disse...

As festas juninas, como outras comemorações, fizeram falta, Carlos. Mas suas joaninhas estão encantadoras, na imagem e nos versos. Abraço.

Lúcia Silva Poetisa do Sertão disse...

Adorei a festa das joaninhas e a imagem é tão bela quanto elas.
Abraços fraternos!

María disse...

No importa no haya fiestas, ya habrá en otros momentos, lo importante es sentir y estar vivos.

Gracias por tu comentario en mi blog.

Un abrazo.

Marli Terezinha Andrucho Boldori disse...

Boa noite, Carlos.
As joaninhas fizeram a festa com muita maestria.
Que foto linda, adoro joaninhas e nunca vi tantas juntas, no mesmo espaço.
Quanto as festas, espero que logo possamos sair sem medo de brincar, cantar e viver. Abraço!