ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

VAI UM MILK SHAKE AÍ ???


Nesse calor, só tomando um milk shake no chopis centis com o mozinho rs rs.
Dá até pra cantar a música dos Mamonas:

 " Eu di um beijo nela
E chamei pra passear
A gente fomos no shopping
Pra mó de a gente lanchar

Comi uns bichos estranhos
Com um tal de gergelim
Até que tava gostoso
Mas eu prefiro aipim... "
=

Quem diria rs rs... tem dia que a gente está no SPFW, ou Londres, Tókio, Paris, e de repente acaba no chopis centis. Vai um milk  shake aí? Vai. Na atual situação, vai tudo... até picolé serve rs rs.



5 comentários:

Nanda Olliveh disse...

No calor que está fazendo aqui no Rio de Janeiro, seria ótimo fazer uma passeio desse! rs


Beijos meus!!!

Cidália Ferreira disse...

Hummmm que delicia de poema :-)))

Beijinhos

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Patrícia Pinna disse...

Bom dia, Carlos. Criativo o seu poema e boa lembrança do Mamonas Assassinas!
Não suporto o calor, passo mal, mas um Milk shake seria perfeito!
Morangoooooooooooooooooo, rs!
Bem descontraída a postagem!
Beijos na alma e tudo de bom!

Andre Mansim disse...

Meu amigo poeta e escritor, tenho notado que você está só na enrolação aqui no blog!!! Hahahahahahahaha, eu também já tive essa fase.

LUCONI MARCIA MARIA disse...

Carlos obrigada pelo texto leve, descontraído, gosto muito do teu jeito de colocar o que sente na hora que escreve, estou retornando ainda dói e muito porque acabou abrindo a ferida do meu companheiro que partiu tem tres anos, mas a vida continua e este mundo virtual onde tenho amigos como você que é tão especial me faz um bem enorme, beijos Luconi