ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

sábado, 24 de maio de 2014

A COPA DAS COPAS ... TEM QUE SER.



Particularmente sou contra a realização da Copa no Brasil desde que ouvi que o Brasil ia se candidatar à sede, por motivos óbvios e redundantes que todo mundo já falou, que nossas prioridades são educação , saúde, segurança e etc etc . Vimos alguns absurdos ao longo desse anos de preparação, por exemplo, construir estádios onde mal existe futebol. Os estados onde realmente estão os maiores clubes são: SP, MG, RJ, RS, nesses até justifica tamanho investimento. Temos ainda estados onde o futebol  é mediano: PE,GO,BA.  Quando o Brasil foi escolhido,  a primeira coisa que pensei é que ficariam obras de benefício para a população, como mobilidade urbana, melhoria nas estradas e outras, e infelizmente não aconteceu, parece-me que BH é a exceção das capitais. Os absurdos culminam com a construção de um estádio bilionário para um clube privado que é o Corinthians,  o governo diz que é empréstimo do BNDES, que esse dinheiro vai ser pago depois... sinceramente não acredito. Por outro lado penso que a reforma dos estádios é necessária, se vamos fazer um evento que seja bem feito. Esse é o ponto principal desse texto. Gostaria que a população brasileira tivesse se manifestado lá no início, quando o Brasil se candidatou, se aquelas manifestações do ano passado tivessem sido no nascedouro da ideia, a copa não aconteceria e não gastaríamos 50 bilhões de reais. Portanto agora é tarde, o dinheiro já foi gasto, resta-nos torcer , querer e ajudar para que seja um evento pacífico, nosso país já é tão mal falado lá fora, não podemos dar aos estrangeiros mais esse prato cheio para falaram mal da gente. O caos se anuncia, estão promovendo o caos no país e isso não é bom, fato é que estão politicando a copa. A quem interessa a quebradeira? Sinceramente tenho medo de derramamento de sangue, isso vai representar um grande atraso do Brasil, vamos perder um certo respeito que conseguimos na opinião pública internacional, mais uma vez vamos ser chamados de “gentinha”, de sub-raça, como chamaram por muito tempo. Muito me incomoda e deixa indignado é ver personalidades envolvidas no evento, que deveriam ser embaixadores do Brasil na copa,  e estão ganhando muito para isso, como ex jogador Ronaldo dar declarações infelizes, como: “Estou envergonhado do meu país”. A função dele no exterior deveria ser exatamente o contrário, devia estar minimizando os problemas que sabemos existir, mas não pode chegar nos microfones internacionais e esculhambar ainda mais, está prestando um desserviço espantando turistas. Claro, Ronaldo está envolvido politicamente até o pescoço, já declarou seu voto para  outubro. Paulo Coelho, um cara que acho chatíssimo andou chamando Ronaldo de imbecil, criticou a copa, mas esteve muito empenhado na campanha para o Brasil ser escolhido... agora vem falar mal??? Pelé é outro que anda dizendo absurdos. Tele jornais e programas de entrevista, indiretamente instigam insatisfação popular num momento perigoso, delicado, parecem querer que a violência aconteça. Para encerrar, sobre a política, penso que: se quem está no poder está roubando... quem quer entrar também já roubou e vai roubar. Tirando raríssimas exceções, não vejo diferença entre políticos, para mim, governo e oposição são iguais. Outra coisa que me inçomoda muito  é ver a figura do Presidente do país achincalhada como é no Brasil, isso é falta de civilidade, em outros países democráticos  se protesta, mas a imagem do Presidente é respeitada, votando nele ou não. O povo brasileiro não soube e não sabe lidar com a democracia, no Brasil ela foi confundida com baderna, com libertinagem . Um de meus orgulhos como brasileiro é ver o país respeitado lá fora, e não podemos perder isso instaurando o caos. Tudo que desejo é uma copa de paz, bonita, nossa seleção ganhando.. e depois  é só votar bonito em outubro. 

6 comentários:

LUCONI MARCIA MARIA disse...

Carlos vou levantar para te aplaudir, isto mesmo, assino embaixo, o povo poderia ter reclamado sem baderna ou desrespeito ao presidente, quando o presidente viajou e por lá aceitou trazer a copa para cá, todos através da tv sabiam o que ele queria e também foi televisionado quando ficou acertado que seria aqui no Brasil. Então, o povo deveria ter se reunido neste tempo, ido às ruas e demonstrado que não queria a copa por aqui, pelo menos, enquanto o governo não se ocupasse dos serviços básicos e tão necessários à população. Calaram-se, alguns até festa fizeram e agora com os visitantes na porta, fazem esta pouca vergonha, um povo muito mal educado que emporcalha o nome do nosso Brasil, reclamasse a tempo, agora? É baderna incentivada por partidos contrários ao governo, que vergonha! beijos Luconi

Maria da Graça Reis disse...

Olá,poeta!
Eles foram lá e pediram para que a Copa fosse no Brasil,mas não perguntaram ao povo se ele queria isso e mesmo que quisessem,o povo não sabia que seria essa roubalheira descarada que aí está.
Um governo que não investe em Saúde,em Educação,em Segurança.em Transporte,em Habitação,etc.não tem o direito de pegar o dinheiro dos nossos impostos e sair construindo por aí estádios milionários e o que é pior na minha opinião é que isso foi mais uma tática para "Saquear os cofres" e encher os bolsos dos corruptos através de obras superfaturadas.
Que ânimo o brasileiro pode ter para ficar feliz com essa Copa?
Como podemos ficar felizes se tantas outras pessoas sofrem e estão infelizes?
Concordo que agora é tarde.Inês é morta,mas a revolta ajuda a desestabilizar o PT que pelo jeito pretende transformar o Brasil em uma nova Cuba.
Um Candidato para presidente " decente" não existe. São todos farinha do mesmo saco.
Tantos anos de Ditadura para chegarmos a isso...
Quanto ao que lá fora vão pensar,não importa...
A opinião deles sobre nós é péssima.
Eles acham que nós somos mesmo é um bando de macacos e há muito jogam bananas para os jogadores brasileiros. Perdoe o desabafo.
Mas estou sentindo na pele o reflexo dessa Copa.
A pacata cidade em que eu vivo foi invadida por marginais e traficantes expulsos do Rio de Janeiro por causa da Copa.
Tiroteio,mortes,assaltos e muita violência.coisa que antes não existia.

Beijo no coração.

Vou mandar uma postagem do meu blog para você ver em que pé está por aqui, a situação

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Confesso-me inculto da politica brasileira assim como da copa do mundo a realizar nesse mundo onde as cores e as paisagens são maravilhosamente belas.
Pensei com os meus botões:
- O povo tem razão. A riqueza do país não pode ser para futebol. Os governantes devem pensar na educação, saúde e bem estar das populações.
Dizem que o desporto é uma estrada que mostra o nível do País. Deixai-os realizar a copa do Mundo e todos quantos passarem por aí verão as necessidades básicas do povo e estarão convosco nas manifestações futuras. (pensamentos meus)

Cidália Ferreira disse...

Bom dia Carlos

Falando de Copa. Que seja limpo lindo e que ganhe o melhor...E sem confusões.


Beijo, e um bom Domingo.

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Estrela disse...

Olá, Menino beija-flor! Bom, já andei expressando meu descontentamento com nossa política.Também ando amedrontada,sem saber o que espera o povo brasileiro nos jogos da Copa. Como você mesmo diz, melhor torcer pra dar tudo certo e que a paz e o acolhimento do povo brasileiro ( também conhecido no exterior ) se sobressaia. Beijos, poeta!

Paula Barros disse...

Seu texto diz muito do que penso.
Desde o início sabia, acreditava, que seria assim, que as obras não ficaram prontas, que ficando prontas o resultado não seria de qualidade, que teria superfaturamento...infelizmente estava certa.
E teria muitos e muitos itens para comentar neste teu texto.
abraço