ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

segunda-feira, 16 de abril de 2012

PÉROLAS AOS PORCOS


( imagem rogeriosampaio.com.br - google )

De vez em quando abro a Bíblia para buscar algum conforto e luz para o meu dia. Eu sei que devia ser sempre, mas a gente não mais tempo para nada. A Bíblia tem muitas filosofias, muitas passagens fortes, e uma das que mais gosto é: "Não jogueis pérolas aos porcos", pois suas palavras e atos serão banalizados por eles, não terão nenhum valor em seus ouvidos, e seu apetite voraz as devorará como fazem com a lavagem que lhes é mais apropriada, serão engolidas sem ao menos sentirem seu delicioso sabor. Isso se não as deixarem esquecidas na lama. Os porcos não entendem de pérolas. No texto de orelha do livro ÁGAPE, de Pe Marcelo Rossi, Chalita diz que "estão coisificando as pessoas", eu concordo muito com isso e estendo com meu pensamento. Estão banalizando o "eu te amo", "o amor é lindo", e glamourizando a violência principalmente na TV. Depois ninguém entende porque crianças e adolescentes estão se agredindo nas portas das escolas, ou porque alunos agridem professores. Por quê? Porque os porcos desprezam as pérolas e acolhem o que não presta. Evidentemente, graças a Deus nem todas as pessoas são como porcos que tratam as pérolas com desdém. Felizmente, a maioria considera as considera. Cuidado, muitas vezes o que parece luxo, pode ser o lixo glamourizado. Para não fugir muito do assunto inicial, deixo este da violência para depois, embora quase se cruzem. Voltemos aos porcos, digo, voltemos às pérolas. Quando a gente tem a impressão de ter jogado pérolas aos porcos, fica um gosto ruim na boca, sentindo-se meio idiota de ter perdido tempo, mas às vezes penso que é bobagem sentir-se assim, afinal a culpa não é da gente se os porcos não entendem de pérolas. A gente faz com boa intenção, só quer enobrecer a pobre e chata vida dos porcos.
Nunca pensei que um dia teria essa sensação com a minha poesia, isso me dá uma grande tristeza, mas andei jogando pérolas aos porcos. Se pudesse voltar no tempo, não teria escrito tantas poesias, abriria mão delas para não viver essa sensação de agora, de ter perdido meu tempo. Mas o poeta não é dono da própria poesia. Quando ela vem, não tem jeito de segurar, porque são pérolas e não podem ficar escondidas.

25 comentários:

Marilu disse...

Querido amigo, eu concordo com você, o importante é jogar as pérolas, existem aqueles que vão fazer delas belas jóias, e outros com certeza vão mastigá-las. Mas sempre algumas vão ser ricamente aproveitadas. Tenha uma linda semana. Beijocas

Marilac disse...

Querido amigo,
Essa passagem da Bíblia é bem forte e verdadeira.Se pudessemos lembra-la sempre evitariamos muito disperdicio de tempo em nossas vidas.Algumas pessoas não vão nos valorizar e é problema delas, não nosso.( demoramos as vezes a perceber isso e sofremos).
Quanto a sua poesia, ela inspira e encanta a tantas pessoas!!!
Quantas vezes venho aqui e mesmo sem comentar ( ah o tempo que não dá para tudo que queremos fazer), então mesmo sem comentar leio seus textos e poemas e como me faz bem!

Abraços
uma semana abençoada e feliz
Marilac

✿ chica disse...

Sempre lindo aqui e aprendemos com tuas palavras! abração,tudo de bom,chica

Mari disse...

Linda mensagem, o que importa é o que a gente faz!!

Tenha uma maravilhosa semana!
Beijos!♥

ValeriaC disse...

Meu querido amigo, penso que todos nós que escrevemos corremos este risco, o importante é fazermos o que dita nosso coração, fazendo sempre o nosso melhor, agora... o como tudo vai ser interpretado e acolhido, fica por conta de cada um que ler.
Aqui recebi e li lindas pérolas sempre, portanto seu poetar jamais foi em vão. Tenho certeza que muitos adoram o que você escreve.
Boa semana Carlos, beijos,
Valéria

Hana disse...

Nada do que fazemos ou criamos é perdido, tem que se arrepender do que não fez, e não se arrepender do que fez, eu acho assim!! Quando um poeta cria uma poesia o mundo se move, vibra no universo, o mesmo acontece quando alguém muda para o bem, o mundo se move1
Com carinho
Hana

Maria da Graça Reis disse...

Olá,poeta!
Sempre leio suas postagens e elas sempre fazem bem para o meu coração.
É muito bom saber que existem pessoas como você.
Quanto a minha postagem que vc comentou,são momentos de fraqueza e depressão.É o fundo do poço que parece não ter fim...e aí duvido de tudo e de todos,mas vai passar...É tudo muito recente.
Obs. Continue jogando suas pérolas,elas têm o poder de fazer com que a vida fique menos dura.
Um abraço

Anne Lieri disse...

Carlos,por que perdeu tempo? Não! Tudo que escreve é tão bonito e verdadeiro,não perdeu tempo!Muitos porquinhos aproveitaram suas palavras!Eu sou um desses!...rss...grande poeta, suas poesias enriquecem sempre nossa blogosfera!bjs e boa semana!

**♥✿Franciete-✿♥** disse...

Carlitos meu querido, eu tenho sido uma amiga desnaturada, mas olha me perdoa porque eu também tenho tido muitos contratempos agora estou um pouquito mais tranquila mas vem ai ainda vendaval pela frente. Mas eu já me ando a preparar ou seja ando a sofrer por antecipação, e depois digo afinal nem valia a pena.
Sebe meu querido gosto muito do ver por aqui adoro todo tipo de escrita sem demagogia, pois se há uma coisa que eu preso é a sinceridade e sou muito dedicada e quando apanho uma rasteira fico muito triste. Perdoo-o sempre, mas não esqueço pelo menos por enquanto não sei se algum dia nem sequer eu sei quem sou. E com isto não o chateio mais e nunca se arrependa de dar pérolas aos porcos, porque há porcos que valem mais que certas damas que usam essas pérolas, beijinhos de luz e muita paz na sua vida...

Janita disse...

Amigo Carlos.
Essa tua última frase sintetizou todo o texto!
Não importa que haja alguém que não saiba dar valor às pérolas que representam a poesia, seja tua ou doutro poeta qualquer.
O importante é que se escreva aquilo que vai na alma e se houver um que não saiba distinguir e apreciar, acredita que haverá mil almas sensíveis que lhe darão o devido valor.
Continua amigo, a poesia está no teu sangue e na tua natureza e isso ninguém te pode tirar.
Força!!
Beijinhos, Carlos.

MA FERREIRA disse...

Não pense assim.
O importante é o tanto de amor que voce coloca no que voce faz.
Nem todos tem o olhar nem a sensibilidade. Não chegaram a este estagio.
Continue fazendo seus lindos poemas...

Eu fazia um trabalho voluntário numa ONG que dava assistencia a crianças com cancer.

Um dia pensei... acho que vou desistir. Aqui é tão pequeno, queria poder ajudar a mais crianças.

Depois parei e pensei..

Se aqui tem poucas crianças, doentes..que bom....

Se eu conseguir ajudar uma que seja..que bom..ajudei uma..melhor do que se não tivesse ajudado nenhuma.

As vezes nossos pensamentos nos levam a lugares muito estranhos..

Temos que ter a noção que as vezes o pouco é melhor que nada.

Um bj....continue com a tua missão...

Edna Lima disse...

Nada na vida é em vão.
Obrigada pela visita.
Beijos. Edna.

Fátima disse...

Bjs querido.

Arione Torres disse...

Carlos,
Faça o que for necessário para ser feliz. Mas não se esqueça que a felicidade é um sentimento simples, você pode encontrá-la e deixá-la ir embora por não perceber sua simplicidade.
Mário Quintana
Tenha um começo de semana abençoado, abraços...

Arione Torres disse...

Carlos,
Faça o que for necessário para ser feliz. Mas não se esqueça que a felicidade é um sentimento simples, você pode encontrá-la e deixá-la ir embora por não perceber sua simplicidade.
Mário Quintana
Tenha um começo de semana abençoado, abraços...

Aleatoriamente disse...

Gostei do texto amigo.
Mas te peço uma coisa:Nunca deixe de escrever.Sua poesia é preciosa.
Não importa se pérolas não animam a céticos.Há sensibilidades nos poetas.

Beijinho Carlos

Janaina Cruz disse...

Carlos, todos nós já jogamos pérolas aos porcos. [ Também gosto muito dessa passagem bíblica e sempre a uso ].

Perdemos tempo sim, pois as bestas não entendem do quão magnificas são as pérolas, serão esquecidas, ou pouco apreciadas, mas nós lembraremos do presente que demos a alguém, e quem sabe, esse alguém algum dia, não passe a apreciar o que lhe foi entregue?

Nunca cale a tua poesia, poesias são filhos, deixe os nascer.

Parole disse...

Saudades de te ler...

Muito pertinente o texto, querido.

Confesso que tb já senti bastante esse gosto ruim na boca, até perceber que nunca terei controle sobre como serei recebida por quem me lê.

Mas, continue jogando suas pérolas.A sua vontade deve prevalecer sempre.

Beijo.

Carla Fernanda disse...

Concordo com o que escreveu Carlos. Deixa os porcos no chiqueiro!!! E que sirva de lição... aprendi sobre isso na pele já.
Qto ao seu comentário no meu blog, lembros im do teu conto. Muito divertido! E vc até comentou que na cidade tinha muita gente linda e eu falei que deviam ser minhas primas...kkk

Beijos e boa semana!!

Eliete disse...

Querido amigo, é verdade :suas poesias são pérolas e não devem ser desprezadas. Continue produzindo-as para nossa felicidade.bjs

Everson Russo disse...

Com toda certeza a Bíblia é um livro de conforto, tenho a minha aqui também, leio sempre, me refugio muito ali nas escrituras sagradas, e realmente essa parte é forte, muitas vezes queremos levar algo pras pessoas, e elas não permitem, claro, nem todas são assim,,,abraços fraternos de bom dia pra ti.

Severa Cabral(escritora) disse...

Meu menino beija-flor!
Sempre sinto falta das tuas escritas,pois todo escritor tem fome de letras.E prá ser sincera tudo que vc já escreveu no seu viver está no livro da vida.Então agradeces a Deus pelo dom da escrita,onde muitos queriam escrever uma palavra,mas como não foram alfabetizados não escreve nada.Então vamos nos olhar de frente e agradecer ao Pai pela oportunidade de ter ganhado de presente o dom inteligível da escrita.
bjssssssssss
Faço votos que quando voltar aqui,encontre uma escrita feliz,pois é assim que te quero ver,sempre feliz!

olhar disse...

Este menino beija flor é mesmo único! Um arraso nas escritas!

Um beijos e muitas saudades daqui!

Eu estava um pouco ausente, mas agora retornei!

beijos em seu coração!

Bia

Esplendor da Criação disse...

Oi amigo poeta!
Pérolas são tua reflexão, uma grande verdade que estamos vivendo, coisificando as pessoas, banalizando o amor e valorizando o poder. Isto é pérolas aos porcos! Mas, quanto a poesia palavras que edificam jamais são perdidas, podes crer poeta. Bjs.

Luís Coelho disse...

As leituras bíblicas são na verdade momentos de profunda meditação.
Na verdade não ganhei o hábito de ler todos os dias mas aos domingos procuro participar na Missa e reflectir em todo o conjunto dos temas apresentados.
É uma boa escola e um projecto de vida edificante além de nos alimentar para a viagem que nos espera.
Viemos sem nada e nada levaremos. Apenas o amor de Deus e aos irmãos nos deverá carregar as malas dessa viagem final.